auravide auravide

Outra pessoa vive e realiza os meus sonhos!


Facebook   E-mail   Whatsapp

Vou relatar a história de Paulo, a partir daquilo que capto na interação oculta que ocorre entre as consciências, como uma forma de mostrar que esta interação inconsciente -apesar de parecer absurda pelos aspectos negativos que contém-, determina os fatos em nossa vida e que o que acontece na "realidade física", nem sempre tem a ver com o que acontece nesse mundo oculto. Antecipo-me dizendo que a mãe de Paulo,  na "realidade física", sempre foi muito amorosa e acolhedora, uma boa mãe.

Paulo hoje é terapeuta holístico. Finalmente conseguiu chegar a esta condição, depois de muitos anos "fugindo" de sua missão de vida, por medos inconscientes relacionados às suas vidas passadas, que foram ativados em suas experiências no ambiente familiar, desde o seu nascimento. Ele trabalha a partir de seus dons, não precisa estudar, porque "veio pronto", e tudo o que precisa é se entregar ao momento de seus atendimentos e deixar fluir. Apesar de sentir a força de sua conexão com seu Eu Superior, sente muito medo e tem grande sentimento de incapacidade, com a forte sensação de que não pode ir além e não pode ser bem sucedido. Sempre que se abre para experiências mais elevadas -em seu processo ou em seus atendimentos-, ele se sente maravilhosamente pleno e satisfeito. Mas logo após se retrai, esconde-se, sente um medo extremo e afasta tudo de si, inclusive os clientes.

No trabalho que realizamos, pudemos constatar que quando decidiu vir para esta encarnação, escolheu, para ser sua mãe, uma pessoa com quem teve uma experiência de vida passada com questões graves, em que ela o "odiava". Com medo deste ódio e para ser aceito ao nascer, fez um acordo inconsciente com sua mãe, onde ela exigiu que ele a ajudasse em sua tarefa de mãe e esposa -para que pudesse ter liberdade e provar que era poderosa e superior à sua própria mãe- e, para isso, ele teria que absorver as energias negativas e de conflitos entre os familiares -tem 4 irmãos e é o 2º filho-, e também oferecer a todos tudo o que precisassem, mesmo que isso significasse ficar "sem o que é seu", pois ela sabia dos seus dons e que isso significava que ele sempre poderia buscar mais daquilo que criou/gerou; ela entendia que os outros irmãos não tinham os mesmos potenciais e poderes de Paulo e, por isso, o mandato era que ele nunca poderia ser e ter "mais que os outros".

Na verdade, isto era necessário para as experiências de vida que o Espírito de Paulo escolheu, pois numa polaridade oposta, ele tem um grande sentimento de superioridade e arrogância e, se tivesse livre expressão de seus dons e poder sobre os outros, teria se perdido em sua missão.

Quando Paulo nasceu, seu irmão Jairo tinha 2 anos, com uma relação intensa e simbiótica, com sua mãe, que piorou com o avançar dos anos. Jairo tem uma necessidade intensa de ter sua mãe só para si e de ser superior aos outros, tem uma personalidade muito instável, é agressivo, controlador e autoritário, e sua mãe sempre sentiu medo de contrariá-lo. Como isso a afetava demasiadamente, assim que Paulo nasceu ela o "ofereceu" a Jairo, como se fosse um "brinquedinho", para que ele pudesse extrair tudo o que precisasse da energia de Paulo e depositasse nele todos os seus males, limitações e sua "loucura". Jairo exigia isso de sua mãe e Paulo entendeu que precisaria ser "menos", para agradá-lo.

Nos trabalhos, Paulo acessou momentos de sua infância, em que se sentia aterrorizado, paralisado e em pânico, quando sentia a aproximação de Jairo, quando este tinha intenções de extrair um pouco mais de tudo o que Paulo criava e gerava. Paulo tem uma energia muito "forte", sempre foi muito criativo e cheio de vida. Porém, sempre que ele "inventava" e criava uma brincadeira/energia, Jairo "farejava" e imediatamente avançava para extrair todas as ideias, energias, brinquedos e recursos que ele criava. Paulo ficava sem energia, vazio, distante, sem vida, enquanto observava Jairo se deliciar com tudo o que era seu.

Ao deparar com a raiz das questões, Paulo conseguiu perceber o que lhe ocorre nos dias atuais. Jairo é psicoterapeuta e atua há mais de 20 anos. Paulo, que nunca estudou psicologia e que havia feito um caminho profissional muito distante do atual, após um "despertar" que lhe ocorreu espontaneamente há alguns anos, começou a se embrenhar pelos caminhos das terapias alternativas. Hoje, como ele "veio pronto", sabe fazer trabalhos terapêuticos que Jairo, com toda a sua experiência, não consegue fazer. Jairo já passou em consulta com Paulo e pôde sentir seu "poder" e isso o deixou muito irritado e, obviamente, passou a "perseguir energeticamente" todos os passos de Paulo, ele está sempre em seu encalço, lendo todos os textos que Paulo escreve em seu blog, usando isso como uma terapia, para estar à frente de Paulo. Sempre que Paulo cria uma nova condição que pode lhe colocar firme em sua trajetória de vida, sente um NÃO interno que o faz recuar, jogando fora suas oportunidades, para que não se supere e não ultrapasse Jairo. O desenvolvimento de Paulo depende do de Jairo, ele só pode subir para um próximo patamar, quando levou Jairo para um patamar acima do seu.

Ele percebeu que, apesar de se esforçar e trabalhar intensamente em sua jornada interior, nunca se sente satisfeito e dentro de um nível de "sucesso" que sente que poderia já ter alcançado, enquanto que Jairo, que não se esforça, é materialista, fútil e vazio, sem nenhum comprometimento com seu crescimento interior, está crescendo e se desenvolvendo nos últimos tempos, de forma "meteórica", enquanto ele mesmo não consegue sair do lugar. Paulo percebeu que tudo o que fazia de esforços para alcançar o que desejava e buscava, Jairo obtinha! Paulo, com toda a sua criatividade, tinha muitos projetos e sonhos e, com todos os seus potenciais, gerava condições e energias para alcançar o que desejava, mas Jairo "pegava" tudo isso para si e estava realizando e vivendo os SEUS sonhos e ideais! E estava se tornando bem sucedido às custas de Paulo! Como um parasita, está instalado no corpo mental de Paulo, extraindo tudo o que precisa.

Agora, consciente dessa realidade oculta e com profunda aceitação, Paulo poderá trabalhar-se no sentido de "encerrar o acordo" que fez com sua mãe e se libertar de seu jugo, além de se libertar de Jairo, criando ferramentas para "tirar Jairo de seu corpo mental", pegando de volta energias que são suas e devolvendo a Jairo seus conteúdos negativos que Paulo tomou para si, para deixar Jairo mais equilibrado. Cada um terá que lidar com o que é seu. Paulo estará livre para permitir-se ser e fazer tudo aquilo que sua alma anseia.

Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 20


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Teresa Cristina Pascotto   
Atuo a partir de meus dons naturais, sou sensitiva, possuo uma capacidade de percepção extrassensorial em níveis transcendes. Desenvolvi a Terapia Transcendente, a qual objetiva conduzir à Cura Real e à libertação integral do ser. Sou uma pesquisadora do inconsciente profundo, para descobrir seus mistérios e as chaves para a libertação real.
E-mail: crispascotto@hotmail.com | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa