auravide auravide

Por que temos medo de Espírito?


Facebook   E-mail   Whatsapp

É incrível o elevado número de pessoas que já foram atendidas por mim, nestes longos anos de carreira como terapeuta, que afirmavam sentir medo de espíritos. E ao perguntar "por quê?" nenhuma delas conseguia definir os verdadeiros motivos.

Muitas diziam num primeiro momento não sentir o medo, somente um leve receio, mas se recusavam a aprofundar o assunto quando convidadas a fazê-lo.

Outros diziam não se incomodar com o tema, porém, ao serem questionadas sobre os mistérios que envolvem o assunto mudam rapidamente o rumo da conversa.

Interessante observar que boa parte, a maioria, eram freqüentadores habituais de casas espíritas kardecistas e ainda alguns trabalhavam nos grupos de passes.

Ao realizar uma pesquisa direta para tentar entender as causas desse medo coletivo, obtive alguns sinais desse temor cuja origem, aparentemente, é desconhecida.

Pouco se sabe a respeito do mundo espiritual porque a ciência não reconhece os fenômenos mediúnicos que acontecem comumente nas casas espíritas ou outras práticas. A ciência como organismo sistemático admite somente casos com comprovações materiais ou possíveis de serem medidos por algum aparelho reconhecido pelo mundo científico o que torna impossível sua comprovação em razão de que os acontecimentos do mundo espiritual são fatos que estão num padrão vibratório muito longe da realidade física, material, aceita pelo mundo científico.

Tanto é assim que a própria Organização Mundial da Saúde, o órgão regulador as entidades médicas do planeta, já admitiu no ano de 1998 a existência de fatos espirituais incidindo sobre a saúde de seres humanos e incluíram no CID, código internacional de doenças, no item f.44.3, a doença "obsessão espiritual".

Apesar disso, os médicos e órgãos governamentais de saúde do mundo todo desconhecem esse fato não sei por quais motivos, mas, o fato é que se perguntar a qualquer medico sobre este assunto, como eu tenho feito todos esses anos, a resposta de 99% deles é de total desconhecimento do assunto.

Os casos de processos obsessivos espirituais são tratados com medicamentos que causam dependência, no entanto, nada é modificado nesse sentido. Rotula-se as doenças como Síndromes diversas, depressão, e outros nomes cujo diagnóstico é fechado de forma subjetiva já que não existem exames ou aparelhos científicos que possam ser utilizados para identificar tais anomalias do corpo humano.

A doença é identificada pelos sintomas e são tratados somente os sintomas e não as causas que são impossíveis de serem identificadas pelos equipamentos disponíveis no mercado.

Temos a cultura de valorizar o corpo físico e tudo que ao nosso redor possa ser identificado pelos nossos 5 sentidos que somente consegue captar a sintonia de matéria física.

Somos um espírito antes de ser um ser humano, ter um corpo físico, que é formado a partir de nosso programa de vida, cujo projeto fazemos antes mesmo de virmos para este planeta e nos incorporar a um corpo físico que é construído por nós mesmos através da energia eletromagnética que nos empresta nossa mãe, com seu corpo físico, único veículo capaz de captar esta energia proveniente da Terra.

Nossa educação nos limita quanto aos conhecimentos sobre nós mesmos. Aprendemos desde crianças que somos um corpo e que tudo gira em torno desse corpo físico e suas manifestações.

As atribuições do espírito, que somos, é relegada a um segundo plano, ou completamente esquecida, omitida, com objetivos óbvios de controle da massa humana.

Nesse sentido, somos orientados e motivados a competir que é totalmente contra nossos instintos.

O espírito milenar que habita nosso corpo físico não entende o que é competição, por esta razão precisamos ser educados, disciplinados a aprender a competir.

Somos um espírito que nasceu do amor que é a energia proveniente da fonte Suprema e só estamos felizes quando estamos na sintonia do amor que é a energia primária, fonte da vida.

Quando somos felizes, estamos seguros, confiantes, realizadores e donos de nossas próprias idéias, pensamentos. Não temos medo de nada nem de ninguém.

Já percebeu que todas as vezes da sua vida em que você esteve apaixonado por alguém ou por alguma coisa, não apareciam na sua cabeça pensamentos de medo ou situações de insegurança?

Porque na paixão, que é o amor com impulso da ação realizadora, estamos inteiros. Não há como medir a paixão, não há equipamentos científicos que possam intensificar o volume de um amor.

O amor é sentido não é possível ser medido. Porque o amor é emoção e toda emoção é uma ação do espírito manifestada no corpo físico e não uma função fisiológica material.

Quando sentimos medo de espíritos, estamos do mesmo modo que medicina tradicional, tentando interpretar ações emocionais com nosso intelecto, de forma lógica, racional o que não é possível. A razão não sente.

É o mesmo que tentar explicar uma cor para outra pessoa por telefone do outro lado da linha, não há como explicar, um vermelho pode ter muitas nuances e cada um de nós vai "sentir" e interpretar a cor de acordo com seus padrões emocionais e não com a razão.

Quando sentimos medo de espírito somente estamos tentando interpretar com os 5 sentidos físicos e como não conseguimos, por razões lógicas, tendemos, por educação a rejeitar o que não compreendemos porque não temos controle sobre tais acontecimentos. E nossa educação nos incentiva a ter medo de sensações que estejam fora de nosso controle.

Da próxima vez que você sentir medo de um espírito, tente se olhar no espelho, bem no fundo de seus olhos e se pergunte: Afinal, quem sou eu? Homem ou espírito? Qual a diferença entre eu e esse espírito?

Talvez você perceba que um espírito quando se comunica com você só está na sua sintonia, como se fosse uma linha telefônica e o resultado é somente uma conversa silenciosa, sem voz.

Talvez, você consiga perceber que se trata somente de um sistema de telepatia, simples, como uma conversa informal com qualquer outro espírito que como você também esteja dentro de um corpo físico.

O corpo físico que seu espírito ocupa neste momento, um dia, vai ficar aqui na Terra porque é feito de matéria do planeta, mas, você espírito vai continuar vivo e vivendo aqui ou em outra dimensão de acordo com seu livre-arbítrio, sua escolha.

Você é um espírito!

Até a próxima.



Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 217


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Dárcio Cavallini   
Terapeuta do INSTITUTO BIO SEGREDO, com cursos de especialização em Filosofia, Metafísica da Saúde, Reiki, Apometria, Impulsoterapia, Radiestesia, Radiônica e Quantionica, além de Cromoterapia, hipnose, Leader Training, Bioprogramação Mental, entre outros. Atua terapeuticamente e ministando cursos principalmente de Apometria e Biotoque.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa