Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Preparando-se para o sucesso!

por Paulo Salvio Antolini

Publicado dia 6/3/2012 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Sabemos que é baseado no que acreditamos que, de fato, canalizamos os nossos esforços. Não podemos nos enganar. Nossos pensamentos nem sempre são coerentes com nossos discursos e com nossas ações. Pensamos uma coisa, dizemos outra e fazemos outra ainda mais diferente.

Mas a base de nossas ações está em nossas crenças. Todos possuímos crenças, algumas limitadoras, outras propulsoras. As que nos limitam são aquelas que nos impedem, nos tolhem em nossas ações. "Ganhar dinheiro honesto é muito difícil!". A pessoa pode ter uma excelente idéia, cujo retorno seria fantástico, mas só por acreditar que não pode haver ganho fácil e  honesto, ela simplesmente elimina esta idéia. As crenças propulsoras são aquelas que nos impulsionam para frente. "Eu tenho muita sorte!". Tudo o que se vai fazer, por maior que seja a dificuldade, a crença nos induz à calma, o suficiente para analisar a situação e ver as possibilidades e, portanto, faz a melhor escolha. É bem sucedida e diz: "eu tenho muita sorte!".

Nossa cultura há muito nos prepara para o "fracasso", para o insucesso, para a dor. Poucos são preparados para o sucesso. Um exemplo disso: "Amanhã vamos chorar, pois hoje estamos rindo muito". Como se não fosse possível haver dois dias de alegria e felicidade seguidos. Motivos baseados na necessidade do controle, do dominar e do comandar as pessoas, são um dos responsáveis por essa herança que recebemos.

Mas isso pode e deve ser mudado. Se a pessoa acha que sua vida é infeliz, que nada dá certo, que ninguém a ama, deve então parar, refletir sobre suas crenças, sobre como está se vendo e "virar a própria mesa". Propor-se firme e seriamente a construir sua felicidade, agir de maneira a fazer com que as coisas comecem a dar certo e fazê-lo também e, principalmente, por amar a si mesma, é passo primeiro para se alcançar o respeito e a admiração dos demais.

Deve-se ter a consciência de que para algumas pessoas as coisas podem ser mais fáceis de se atingir do que para outras, mas que em todos os casos, sem exceção, há esforço e dedicação envolvidos, mesmo para aqueles que julgamos ter recebido tudo "de mãos beijadas". Lembrem-se de que o que é esforço para um pode não ser para outro.

Percebam que o título deste artigo não é "Preparados para o fracasso". E tem uma razão de ser: é o que se sugere para iniciar agora uma mudança de mentalidade, onde a percepção se renova para o aprendizado de se buscar conquistas e realizações. Obras de auto-ajuda dizem constantemente: "Pensem positivo para que os resultados sejam positivos". A razão de ser desta afirmativa está no que se acredita. Não basta apenas pensar, tem que se estar sintonizado com o acreditar no que se está pensando. Lembram-se do artigo "Tome uma Atitude"? Nele dizemos: "...tomar uma atitude é muito mais do que simplesmente fazer alguma coisa. Para que isso ocorra de forma eficaz, é preciso primeiro que a pessoa se posicione frente à situação, verifique o que, de fato, acontece, veja no que realmente acredita e aí sim, aja de acordo com as suas convicções".

O sistema de crenças de uma pessoa está baseado, principalmente, nas experiências já vividas, além do que foi assimilado do meio em que vive, e se estas experiências não foram felizes, a tendência é passar a ter crenças negativas. Cuidado, pois um ou vários resultados "infelizes" não significam que sempre será assim.

Pesquisas realizadas com pessoas de grande destaque e consideradas de sucesso, revelam que elas não encaram um resultado negativo como fracasso, mas como erro. O erro pode ser corrigido. Depende de quem o comete. Sai do domínio externo para ficar totalmente sob o poder de quem faz. Vejam que importante isso. Alguns podem dizer: "isto é uma questão de ponto de vista". Concordo. Pois como já disse, a crença é a forma como se vê algo.

Aqui cabe a pergunta: Como preferimos ver as situações? De forma a nos prejudicar ou a nos beneficiar?

Decida-se e, se ainda não se sente um sucesso, faço votos de que comece a se preparar para tal!

Texto revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 8

Autor: Paulo Salvio Antolini   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa