auravide auravide

Queremos paz, porém, somos violentos e críticos internamente


Facebook   E-mail   Whatsapp

Se você está vendo violência externa e sente rejeição, se isso o afeta e você sofre, é prova de que há um lugar interno onde deve se conectar mais consigo mesmo e encontrar e curar esse espaço em que está sendo violento ou está constantemente se julgando por tudo; esse lugar onde você é agressivo consigo mesmo (e também com os outros) ou balança na passividade. Seja como for, é importante que você se conecte, porque isto tem seu início dentro de você.

Quantos de nós estamos constantemente nos criticando? "Não o fiz o suficientemente bem", "todo mundo faz melhor do que eu", "eu não me enxergo bem", "as pessoas não gostam de mim". Se você começar a perceber a programação gravada internamente, esses pensamentos que desde sempre teve e que são como se tivessem sido congelados no tempo, irá ver como, de fato, lá dentro existe uma cópia exata do que acontece lá fora.
Então, quando finalmente a gente vê isso, pode se conectar com alguma coisa:
"Ahhh, sim, eu vejo isso, vejo por que estou vivendo essa situação constantemente", ou "agora sei por que isso me afeta tanto", ou "vejo por que eu reajo assim por coisa tão insignificante" etc.. E assim, você poderá assumir sua parte e crescer, mudando para além daquele lugar.

Todos criticam o que acontece do lado de fora, a insegurança, a violência em todos os setores, os abusos, a corrupção.
Mas quando você realmente se conectar dentro de si mesmo, sem se criticar, mas vendo com o objetivo de evoluir, você poderá transformar a insegurança interna, poderá deixar de ser violento internamente em resposta a coisas de menor importância ou nos pequenos erros da vida cotidiana; irá se tratar bem e com respeito, consumindo o que lhe convier, cultivando sua saúde, exercitando seu corpo, e -o que é mais difícil de ver- irá acabar com a mentira interna, irá eliminar o autoengano --o que é dito e feito para agradar o outro-- sem sinceridade, que em seguida transforma-se em ressentimento e que mantém viva a batalha interna.

Isto lhe diz alguma coisa? Vejo que o compromisso não é no exterior. Se você for se conectando internamente, irá ver que esse compromisso é algo seu, irá verificar que quando não se comprometem consigo é porque não está se amando, sendo que, no fundo, você acha que não merece.
Isto se passa com todas as pessoas; não temos consciência dessas coisas e como temos essa ideia tão arraigada de que não merecemos, começamos a procurar lugares lá fora que reflitam isso e continuamos criando isso, pensando: "Por que essa pessoa não me ama"? "Por que essa pessoa não não se envolve?"
Ao se conectar internamente, você encontrará finalmente o lugar onde você sentia que não merece para transmutá-lo e poder se amar ali.

"Ahhh, esse é um lugar onde eu não me comprometo comigo mesmo, eu não estou me amando a mim mesmo, eu não estou me valorizando". Então, tudo que você vê do lado de fora é um convite para se conectar com seu interior e se abraçar ali, isto é o que eu chamo de cura: colocar harmonia onde há disfunção. É se amando que se estabelece essa paz, amando-se e dizendo SIM à experiência interior.
A gente diz SIM recebendo o crescimento que nos traz tudo o que a vida mostra. Tudo pode ser usado para em nosso interior e curar-se. E por isso sempre digo, "quando a gente sara a sim mesmo traz a paz para o mundo". Imagine cada pessoa fazendo isto em nível planetário, em vez de vivenciar o constante combate externo, micro ou macro, que no final é uma batalha de qualquer jeito.

Imagine cada pessoa se amando e dizendo SIM sobre todos os aspectos, que estarão evoluindo, como receberá o próximo que apresenta os mesmos problemas? Amando-o, compreendendo-o, compartilhando experiências, evoluindo junto, colaborando para criar o melhor para todos. Imagine se nós ensinarmos isso para as crianças desde o começo! A violência na escola, como reflexo da educação familiar falha sumirá e, desde cedo, aprender-se-á a força de um NÓS em ação, cooperando, vibrando no amor, criando a paz nessa unidade. Deixo-os hoje com este sentimento, até a próxima.

Texto revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 26


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Isha Judd   
Isha é mestra espiritual reconhecida internacionalmente como embaixadora da paz. Criou um Sistema para a expansão da consciência que permite a auto-cura do corpo, da mente e das emoções. Site oficial www.ishajudd.com
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa