auravide auravide

Reflexão de Natal


Facebook   E-mail   Whatsapp

Quando chega o Natal nos sentimos alegres em compartilhar com familiares e amigos os festejos referentes ao nascimento de Jesus. Ficamos contentes em ver, enfeitada e reluzente, a árvore de natal, símbolo da chegada da época natalina. Enviamos cartões desejando um feliz natal, ansiosos pela ceia da noite e pela troca de presentes. O Papai Noel é esperado com grande expectativa e ansiedade pelas crianças; em muitos locais de trabalho realiza-se o amigo oculto. As ruas adquirem beleza e luz com os enfeites natalinos, as árvores gigantes, o presépio armado. Nos shoppings, Papai Noel passeia distribuindo balas e presentes às crianças.

E uma pergunta nos ocorre então: em que lugar colocamos o menino Jesus em tudo isso? Será que ele representa para nós alguma coisa realmente ou está apenas deitado sobre a palha dos presépios? Será que meditamos em sua grandeza quando nos dispôs a vida através de ensinamentos libertadores? Afora toda a aura de fraternidade que a data natalina representa, onde temos colocado e com que olhos temos visto o Mestre Jesus? Como devemos realmente “enxergar” nosso Mestre Maior?

Meus irmãos, procuremos encontrar o Cristo dentro de nossos corações antes de vê-lo nas festividades e no brilho e luzes dos enfeites natalinos. Que possamos vê-lo na saudade sempre viva das pessoas queridas que passaram por nossa vida e nos ofertaram amor, amizade e carinho. Lembremo-nos daquelas que precisam de apoio e compreensão, as que se vêem enfraquecidas, desanimadas e vazias, esperando alguma ajuda de nossos lábios ou simplesmente apenas compreensão e tolerância.

Que Jesus possa estar presente nas bênçãos que dispomos, não somente na mesa farta e no convívio de familiares e amigos, mas o sintamos também na lembrança daqueles que não dispõem de alimento, de saúde, de um lar; que o vejamos nas crianças abandonadas, sem carinho e orientação, sem perspectivas de presente e futuro; que possamos senti-lo nos idosos, necessitados hoje de descanso e proteção, e que se encontram abandonados, quando não em asilos, dentro de seus próprios lares, por conta da falta de paciência e incompreensão de filhos e familiares.

Procuremos Jesus nos momentos de aflição por que passamos e nos quais nos vimos protegidos e amados; agradeçamos por sermos privilegiados e dispormos de tantas bênçãos em detrimento de irmãos nossos que nada possuem, quiçá nem a esperança. Renovemos nosso modo de pensar, envolvendo-nos nas festividades natalinas com o coração centrado no amor, no bem e na paz que pudermos implantar em nós e doarmos ao próximo. Sorvamos não somente o alimento do corpo, mas procuremos abastecermo-nos com as energias salutares do alimento espiritual, procurando revestir-nos de bom ânimo e coragem, embriagando-nos com o licor da fé, alegria e esperança.

Assim, realmente colocaremos Jesus dentro de nossos corações e vamos enxergá-lo em cada irmão de caminhada, compreendendo afinal o real significado da comemoração de seu nascimento para nós. Que nesse natal seu olhar se volte para o nascimento do cristo dentro de você, no aconchego de seu coração e que esse desejo possa abranger os irmãos sofredores de nosso mundo, ainda tão conturbado e aflito.

Não podemos mitigar a fome de todos, seja ela material ou espiritual, mas podemos tentar olhar para as necessidades do próximo, ajudando de nosso jeito e a nosso modo para que as desigualdades, a violência, a indiferença, o desamor e o preconceito diminuam em nosso mundo. Façamos, então, uma reflexão íntima, olhemos para dentro de nós e nos perguntemos: estamos praticando o Natal com Jesus? A nossa consciência nos responderá...
Então, um feliz natal de muito amor, bênçãos e paz para todos!

Que possamos cantar com o coração:

"Então, é Natal
E o que você fez?
O ano termina,
E nasce outra vez

Então, é Natal.
Para o enfermo e para são,
Para o rico e para o pobre,
Num só coração

Então, bom Natal!
Para o branco e para o negro,
Amarelo e vermelho,
Para a paz, afinal.

Então, bom Natal!
E um Ano Novo também!
Que seja feliz quem
Souber o que é o bem.

Então, é Natal.
E o que a gente fez?
O ano termina,
E nasce outra vez.

Então, é Natal.
A festa cristã,
Do velho e do novo,
Do amor, do amanhã.

Então, bom Natal!
E um Ano Novo também!
Que seja feliz quem
Souber o que é o bem!"

John Lennon/Yoko Ono

Texto revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 232


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Guilhermina Batista Cruz   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa