Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Saindo do esconderijo e enfrentando a vida

por Teresa Cristina Pascotto
Saindo do esconderijo e enfrentando a vida

Publicado dia 3/5/2012 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Em alguns artigos escrevi sobre a questão de sermos aprisionados e interditados por pessoas e situações, que fazem com que nos mantenhamos limitados e impossibilitados de manifestarmos a expressão de nossa alma. Falei também sobre o fato de que somos nós que permitimos que isso ocorra.

Damos essa permissão e, muitas vezes, "pedimos" inconscientemente para que as pessoas nos aprisionem, porque sentimos muito medo de enfrentar a vida, de enfrentar os desafios de sermos e vivermos a expressão pura de nossa alma. Nosso inconsciente está carregado de memórias de dor e sofrimento ou de nosso abuso de poder provenientes de outras vidas, e isso faz com que tenhamos medo dos perigos que venhamos a correr se fizermos o que está determinado dentro de nossa missão de vida ou que venhamos a errar novamente, abusando do poder e autoritarismo. Por essas e outras tantas questões que abrigamos em nosso inconsciente, tudo o que mais desejamos - desenvolver nossa missão de vida integralmente -, é também tudo o que mais tememos.

Para que não tenhamos que assumir nossos medos e responsabilidades na escolha de perseverarmos em nosso caminho de luz, precisamos nos sentir prisioneiros em calabouços ou cativeiros escuros e sombrios - é sempre esse tipo de imagem que capto no inconsciente das pessoas -, para que acreditemos que somos vítimas das circunstâncias e de cruéis carrascos, para não termos que enfrentar a dura realidade: somos nós que usamos essas estratégias só para podermos nos esconder da vida. Todas essas prisões não passam de esconderijos, muito secretos, criados por nossa mente.

Quando somos capazes de sermos humildes o suficiente para constatarmos essa realidade, somos também capazes de nos libertarmos desses calabouços e, finalmente, nos erguermos com dignidade, saindo do vitimismo, e nos colocando diante da Vida, "olhando em seus olhos" e dizendo a ela que estamos prontos!

A Vida se enche de encanto por tamanha coragem, honestidade e humildade em nosso coração e começa então a "sorrir" para nós, trazendo-nos todos os recursos e situações que precisamos para finalmente pisarmos firmes na estrada que não "enxergamos", mas que com certeza está pronta energética e espiritualmente, somente aguardando para nos dar "chão" se e quando resolvermos dar os passos necessários. A cada passo, essa estrada se firma sob nossos pés e só nos cabe olharmos para frente, com firmeza e seguindo nosso coração. A sincronicidade acontece de forma divina, nossa atitude firme e determinada - mesmo sem termos a certeza na mente, mas sim no coração -, nos leva a outros patamares, a outras situações, condições e encontros divinos, fazendo com que tudo flua de forma natural e segura. São os "passos da fé", nos conduzindo com determinação.

Reforço que quando estamos realmente dispostos e fazendo um esforço consciente em prosseguirmos em nossos intentos de cumprirmos nossa missão de vida, mesmo que ainda não saibamos exatamente qual é essa missão, tudo começa a fluir e toda a segurança que necessitamos vêm a nós de forma natural. É somente quando deixamos a mente assumir o controle, que as dúvidas nos acometem e nos sintonizamos com as velhas crenças. Se estivermos atentos, perceberemos as manobras da mente, antes que ela nos influencie negativamente.

Dessa forma, de pobres vítimas, passamos a responsáveis. Com esta responsabilidade assumida, deixamos a vida acontecer e recebemos as condições necessárias ao nosso desenvolvimento, que ativam em nós aquilo que estava oculto: tanto nossas forças e poderes de luz, quanto nossas negatividades e medos profundos.

Sentindo-nos mais fortalecidos justamente por termos nos libertado dos calabouços, a coragem que há em nós também é liberada e isso faz com que lidemos de forma sábia com tudo aquilo que a vida nos trouxer e que nos causa medo e angústia - por crenças trazidas de outras vidas -, não que as situações sejam mesmo ameaçadoras, são situações adequadas, boas e saudáveis, mas é nossa mente que cria todos os fantasmas relacionados àquilo que está chegando em nossa vida. Assim, enquanto estamos nos "instalando" em nosso novo momento e lugar de mais poder pessoal, nossos medos mais profundos e ocultos, são liberados pelo ego, na tentativa de nos fazer desistir de nosso firme propósito. E, obviamente, não devemos desistir, nem lutar contra, mas devemos enfrentar, com aceitação, e com nosso observador interno ativado, para que possamos perceber o fluxo de imagens e pensamentos destrutivos e negativos que são liberados. Podemos sentir um medo extremo, beirando a uma sensação até mesmo de pânico, enquanto as crenças limitantes são liberadas juntamente com todos os medos e angústias. Desde a nossa infância, nos momentos em que mais "brilhamos intensamente", algumas coisas negativas aconteceram e fizemos uma associação direta e errônea entre o expressar de nosso brilho interior com o mal que nos ataca.

Assim, fora de nosso esconderijo, onde nos sentíamos "protegidos" dos perigos da vida, tudo nos parecerá ameaçador, as crenças nos "atacarão" intensamente e precisaremos estar muito conscientes disso, para que possamos nos firmar, mantendo-nos muito atentos, para sermos os expectadores seguros e tranquilos do "espetáculo de horrores" que o ego promoverá. Nesta firmeza, assistiremos a todas as cenas mais terríveis que possamos imaginar e, sabendo que tudo não passa de ilusões criadas pela mente pelas suas percepções distorcidas acerca da realidade, então não nos sentiremos verdadeiramente ameaçados. Para alguns de nós, pela força de algumas crenças mais negativas, relacionadas a um mal físico que possa nos ocorrer, algumas situações na "realidade física" poderão acontecer - como um susto no trânsito ou uma sensação de que seremos ‘atacados -, tudo isso será apenas fruto das crenças. Se compreendermos e aceitarmos que isso irá aflorar em nós, mas que é tudo fruto das ilusões da mente, estaremos protegidos e nada de ruim nos acontecerá. Para nos libertarmos das crenças no mal, precisamos deixar que elas se mostrem a nós, enquanto somos a parte consciente que assiste a tudo e que mantém tudo sob um saudável e firme controle. A mente é colocada à prova, se ela quer nos fazer desistir e libera tudo o que há de mais temeroso em nosso inconsciente, a parte consciente em nós estará firme para confrontá-la, sem luta, como a lhe dizer: sei que tudo isto é fruto de suas ilusões, nada disso é real, posso enfrentar tudo o que a vida me trouxer e sei que serei muito bem sucedido em meus intentos. Sei que sou protegido pelos Anjos e pelas Forças Superiores e nada de mal irá me ocorrer. Aceito tudo o que você, mente, vier a manifestar, enquanto aproveito para fazer uma verdadeira limpeza e purificação de minhas crenças limitantes e destrutivas.

E, então, o lugar de luz que é criado quando resolvemos sair do esconderijo, vai se fortalecendo e se formando de forma cada vez mais firme, quase "visível", nos dando segurança e força divina para prosseguirmos em nossos intentos na luz e no amor.

Texto revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 69

Sobre o Autor: Teresa Cristina Pascotto   
Atuo a partir de meus dons naturais, sou sensitiva, possuo uma capacidade de percepção extrassensorial em níveis transcendes. Desenvolvi a Terapia Transcendente, a qual objetiva conduzir à Cura Real e à libertação integral do ser. Sou uma pesquisadora do inconsciente profundo, para descobrir seus mistérios e as chaves para a libertação real.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Mensagem Para A+Cor+Dar
artigo Desacelerar
artigo Será que a mãe ou o parceiro abusivo sabe o que está fazendo?
artigo A estrela e a canção: Presentes de Brahman

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa