auravide auravide

Vida e preocupação



Muita gente, muito mais gente do que se possa imaginar, pensa que ser feliz é não ter preocupação. Crasso engano. O caráter precípuo da existência é a preocupação.
Os filósofos há séculos assinalaram isso, realçando mesmo que se por felicidade entendemos a ausência de preoucpação, não há dúvida de que a felicidade não existe, Martin Heidgger, prestigioso filósofo alemão, escreveu que a preocupação "é o caráter precípuo da existência humana".
Com efeito, se nos demorarmos um pouco em pensar sobre a vida a conclusão não pode ser outra: a vida seria impossível sem preocupações, dada a insipidez insuportável gerada pela sua ausência. E a grande preocupação humana é precisamente a conquista da felicidade. A ilusória conquista de algo que se não consegue - e nem é possível - conquistar-se de uma só vez, como um todo, como algo que se possa tomar posse integral. E ainda bem que assim é, porque essa permanente preocupação de busca da felicidade constitui o fundamento do significado da Vida Humana.
Como ensinam os filósofos, a felicidade deve, assim, ser buscada dentro da condição humana que, sabemos todos, é imperfeita. Imperfeita e insuficiente. Consiste ela - a felicidade - em satisfazer nossas inclinações, que se afirma e se desenvolvem apenas diante de um obstáculo, de uma resistência. Consequentemente, não há prazer sem dor, vitória sem combate, repouso sem fadiga. Por isso somos felizes quando conseguimos expandir nossa personalidade, quando somos nós mesmos e não peões do jogo de outrem ou vítimas de uma situação que nos oprime.
Os que meditam sobre o tema assinalam a existência de uma possibilidade concreta de ser feliz desde que se entenda a felicidade em termos humanos e históricos. É a felicidade de quem compreende não existirem soluções definitivas, mas tentativas, sempre renovadas, de dominar e resolver problemas que se apresentam.
Felicidade - na lição dos sábios - significa, em suma, aprofundar nossa humildade, afrontar e vencer as contradições que tornam nossa Vida estupidamente difícil, inutilmente humilhante e desumana.
Dessa forma, em vez de um direito, a felicidade e, ao contrário um dever, uma obrigação que assumimos todos perante conosco mesmos e para com os demais.


Espaço Dandara Terapias e Cursos
Antoinete Boutros Choumar
Fones: 11 3452 9426 / 9577 99 04
Visite nosso site:
link









Publicado dia 12/2/2004
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 4




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










horoscopo

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa