Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Solte-se e solte a sua mãe!

por Wilson Francisco

Publicado dia 22/2/2020 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Dia desses, estava conversando com a Giulia, uma cliente. Em quinze minutos ela pronunciou, pelo menos, umas oito vezes o nome da mãe, repetindo insistentemente que a mãe invade e decide que atitude ela tem que tomar.
E eu repeti pra ela as palavras do Gasparetto: desincorpora essa mãe. Sobe, sobe mãe!

O público ri e gosta dessas atitudes do psicólogo. E é isso mesmo, há mulheres e homens que precisam desligar e impedir a manifestação da mãe, como se esta fosse um encosto.
Nesta estória, entre Mãe e Filha, não há inocentes, não há culpados.
Há filhas ou filhos, que teimam em ficar no colinho, amedrontados, acomodados.
E há mães que dominam, interferem.
Outras amam que libertam.
Pense nisso:
Sua mãe é uma criatura divina, escolhida por Deus e por você para lhe dar a sagrada oportunidade de renascer.
Agora, a mulher do seu pai é uma pessoa como outra qualquer, com dificuldades na vida, nos relacionamentos e necessidades básicas. Como mulher, traz seus traumas, seus costumes, seus talentos e pode querer realizar, na vida dos filhos, caminhos que ela ansiava percorrer e não pode ou então tomar decisões que ela gostaria de ter tomado, na sua juventude, e não conseguiu.
Esse pode ser o momento de você distinguir a mãe da mulher.
Ame sua mãe intensamente, entregue-a nas mãos de Deus e deseje para ela felicidade e paz!

Agora, quanto às atitudes da mulher, estas podem e devem ser contestadas ou apoiadas. O importante, é que você, fazendo esta separação, eliminará de seu coração a culpa, o medo, porque você agirá com energia contra a mulher e continuará amando a mãe.
É difícil esse caminho? Pode ser, entendo como o único que conheço para solucionar esta peleja desagradável entre filhos e mães dominadoras.

No livro A Profecia Celestina, há uma abordagem interessante, quanto à relação pais e filhos. O autor expõe com objetividade e clareza casos em que os pais exercem um domínio tão intenso sobre os filhos, que sugam suas energias, inviabilizando neles atitudes de coragem e determinação. E eu conheço casos de mães que algemam seus filhos em processos energéticos tão profundos, ao ponto de irradiarem para o corpo deles doenças que estão em sua tessitura energética. É possível isto? Sim.

Será, portanto, necessário desenfaixar seu corpo e sua alma dos domínios da família e da sociedade para decidir, por sua responsabilidade e risco, caminhos, projetos e sonhos próprios, oriundos de seus desejos e necessidades.
Redescubra você, e siga com determinação suas metas. Há em você o seu mapa original.

Observe, há outras mães que não algemam, nem amordaçam seus filhos, ao contrário, abrem as portas do mundo para que seus pequeninos possam andar pelo mundo com consciência e amor.
E seguem ao lado, como Sentinelas, apoiando e sinalizando decisões e consciências, sem interferências mórbidas.
Faça seu caminho. Seja feliz.

Texto Revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstar Avaliação: 3 | Votos: 62

Sobre o Autor: Wilson Francisco   
Terapeuta Holístico. Desenvolve processo que faz a Leitura da Alma; Toque Quântico para dar qualidade à circulação e aos campos vibracionais; Purificação do Tronco Familiar e Cura de Antepassados para Resgatar, Atualizar e Realizar o Ser Divino que há em você. Agendar pelo WhatsApp 011 - 959224182 ou pelo email [email protected]
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.








horoscopo



auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa