auravide auravide

Som Alto


Facebook   E-mail   Whatsapp

Nas grandes cidades o silêncio é bem raro! Tudo é tão barulhento e impositivo. Há tão pouco respeito pela presença do outro que nem sempre está disposto a ouvir a música que você escolheu pra ouvir bem alta, seja em seu carro, seja em sua casa, seja numa festa que faz em algum condomínio, sem respeitar o horário de repouso das outras pessoas.
Os carros, ônibus, principalmente as motos - que barulho fazem - o tempo todo, de dia e de noite...

Nada mais ensurdecedor do que o trio elétrico, que durante muitos dias – agora várias vezes por ano – fere o silêncio com ruídos altíssimos, incomodando muito, principalmente as pessoas que não gostam dos ritmos que embalam.

Que saudade do campo, das fazendas, onde somos acordados com o trinar doce dos passarinhos, com o canto do galo anunciando a chegada do Sol, com o respirar suave da Natureza que docemente vai trazendo um novo dia.

Músicas que berram nos nossos ouvidos um ritmo tribal, com pouca harmonia, e que nos dão nostalgia das melodias românticas de tempos atrás, com letras belíssimas, bem construídas, que chegavam até nossos corações e nos marcavam para sempre.

Vivemos cercados de poluições, no mundo moderno, mas talvez a mais enervante seja a sonora. Precisamos de silêncio para nos encontrar, para meditar, para orar, para amar. Sabemos que em torno de nós existem pessoas de todos os níveis de preferências, mas, por isto mesmo, precisamos respeitar o outro!
O ruído alto e constante é causa de muito estresse e doenças várias da alma. Irritação, insônia, ausência de harmonia e paz.

Tendo a vontade de ouvir música alta e ritmada, que esta seja tocada em um local específico, para aquelas pessoas que a apreciam e buscam. Mas não podemos continuar aceitando que nos sejam impostas, como está acontecendo, pois são levadas para as ruas, nos bairros residenciais, onde o barulho terrível que fazem nos impede de gozar da paz que merecemos pra viver, pelo menos em nossas próprias casas.

É um desabafo de uma baiana que já não suporta mais tanto barulho, tanto ruído, todo o tempo. Sempre o mesmo ritmo, mudam um pouco as palavras, mas é uma mesmice de estarrecer. E agrada tanto, a tantos, rende dinheiro e por isto aumenta, ao invés de diminuir com o passar do tempo.
Há músicas que embalam, como as de Caymi, no balanço do mar... Mas há ritmos que enervam e agridem, ferindo a nossa sensibilidade.
Sei que vou ser condenada por muitos, pelo que estou dizendo, mas não me importa. Nada contra gostar de barulho, mas que se respeite quem também está vivendo e não pode ser obrigado a ouvir sem parar, o que não aprecia.

O mundo vai ficando mais violento a cada dia e as músicas que vão aparecendo não ajudam nada a diminuir isto. Exacerbam o frenesi, o desequilíbrio, a desarmonia e de tão altas, nas baladas e festas de rua, podem até adoecer as pessoas, sem que elas se deem conta disto.

Talvez você concorde comigo. Música não foi feita apenas para remexer o corpo, mas pra tocar a nossa sensibilidade, para acalmar o nosso coração e harmonizar a nossa alma!

Será que é pedir muito – sonhar com um mundo onde o Carnaval não invada os bairros residenciais, onde idosos e doentes ficam sem dormir por uma semana, mas aconteça num local próprio para isto, com a participação de pessoas que gostem dele?

Será que é demais querer que as Leis que proíbem sons altos a partir das 22 horas sejam respeitadas, para que possamos dormir em paz?
Penso que quanto mais somos em número, mais precisamos aprender a respeitar o direito do outro, ou ficará impossível viver!

Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 272


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Maria Cristina Tanajura   
Socióloga, terapeuta transpessoal.
E-mail: tinatanajura@terra.com.br | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa