Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Tome uma atitude

por Paulo Salvio Antolini

Publicado dia 12/2/2012 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


É muito comum ouvirmos estas frases e até mesmo dizê-las: "É preciso tomar uma atitude.", "Tenha uma atitude!", "Que falta de atitude!". Ao contrário do que possa parecer, tomar uma atitude é muito mais do que simplesmente fazer alguma coisa. Para que isso ocorra de forma eficaz, é preciso primeiro que a pessoa se posicione frente à situação, verifique o que, de fato, acontece, veja no que realmente acredita e, aí sim, aja de acordo com as suas convicções.

Estamos falando de crenças. Só é possível tomar uma atitude se acreditamos no que estamos fazendo. Do contrário, será apenas uma ação qualquer, para a qual não haverá continuidade se a resposta do outro lado não for receptiva. A pergunta: "Que atitude você tem frente a este fato?" quer dizer: "Frente a este fato, em que você acredita?".

É por isso que se torna mais fácil brincar com as expressões: "vou tomar uma atitude", "deixe comigo que tomo já uma atitude!" e depois, no entanto, partir para uma brincadeira qualquer que desvie a atenção do ponto crucial. O ponto crucial é exatamente aquele que nos faz questionar sobre qual é a nossa postura diante da atitude a ser tomada. Qual é nossa crença?
Tomar uma atitude é "decidir-se por um parecer ou procedimento" e agir coerentemente. É um dos principais fatores que direcionam os bem sucedidos.

Encontrei uma pessoa por acaso e ao conversarmos, ela contou-me que abandonou quinze anos de "carteira assinada" após perceber que quem determinava o quanto ela podia ganhar e o quanto ela devia gastar era seu patrão, através do seu salário. Com uma filha prestes a nascer e sem enxergar um futuro promissor, disse-me assim: "Sabe, foi uma questão de atitude. Comecei a pesquisar e optei por investir no negócio em que hoje estou. Pedi minha demissão e lancei-me de corpo e alma no que hoje faço". Sabem o que ele faz? Montou um negócio pela Internet, entrou no mundo virtual (muito falado e pouco acreditado) e pasmem: o dinheiro que começou a entrar não foi virtual, foi a remuneração merecida pela atitude tomada. Por ter investido na sua crença - FOI UMA QUESTÃO DE ATITUDE. Ele acreditou e agiu.

Quando se tem um problema sério na família, alguém dominado pelo vício, pela droga ou se engendrando por caminhos tortuosos, mais ainda se faz necessário que se tome uma atitude. Acreditar que é possível uma pessoa se recuperar é condição primeira para que se atinja o alvo desejado. Ações desordenadas por parte dos familiares do tipo "agir por desencargo de consciência" são muito comuns, infelizmente.

Muitos devem conhecer a história de Nelson Gonçalves, cantor já falecido e que, em determinada época da vida, envolveu-se com o uso de drogas. Os médicos já não acreditavam na possibilidade dele se recuperar. Seu dinheiro estava se esgotando. Sua esposa então, alugou uma casa isolada, colocou grades nas portas e mobiliou-a apenas com o que não pudesse ser usado para destruição. Levou-o para lá e o deixou trancafiado. Ela não se lembra de quantas vezes apanhou dele, tantas foram as surras que ele lhe deu cada vez que ela ia levar comida. Tive a oportunidade de assistir várias entrevistas desse cantor e em todas, era comovente seu depoimento de agradecimento à sua esposa pelo que ela havia feito por ele. Ela não desistiu. Ela teve uma atitude. Ele se recuperou.

A falta de atitude faz com que as pessoas entreguem os pontos, pois suas tentativas acabam por se basearem no "vazio". Quantas empresas "quebram" porque as pessoas que as dirigem, dos donos aos diretores e gerentes não acreditam que determinadas mudanças são necessárias e urgentes. Não tomam atitudes. Deixam as coisas acontecerem. Elas acontecem sem o direcionamento necessário. E depois ainda dizem que tentaram de tudo. Discurso oco, pois a ação não correspondeu.

Se o Ser Humano passar a fazer apenas aquilo que acredita, sobrará tempo para cuidar da sua qualidade de vida, terá muito mais retorno, pois suas ações serão baseadas em crenças interiores que darão solidez e estrutura para o que será construído.

Não perca tempo. Não deixe as situações chegarem a pontos irreversíveis.

Tome uma atitude!

Texto revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 15

Autor: Paulo Salvio Antolini   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa