auravide auravide

Um mergulho em si mesmo: o processo de intuição


Facebook   E-mail   Whatsapp

Por Claudia Sampaio

Acontecia sempre. Durante a tarde, depois da aula, batia uma vontade insana de tomar água de côco, ou comer pamonha, ou qualquer outra coisa por mais inusitada que fosse.

Sabe-se lá como, Papai, meu Docinho de Côco (cabelinhos brancos), num bairro distante, após o trabalho, de noite, voltava para a casa trazendo exatamente com aquilo que eu tinha desejado secretamente. Como o senhor adivinhou de novo, meu Anjo???

No processo intuitivo, nossa percepção dá saltos no tempo e no espaço, e subvertendo o caminho linear da lógica, apresenta um panorama geral através da compreensão, impressão ou sensação prévia sobre algo, seja uma individualização, dinâmica ou um contexto.

Neste Novo Ciclo, com o acesso à quinta dimensão, onde não há tempo, nem espaço, sem dualidades, sem arestas, tudo se integraliza, longe do medo, então a intuição encontra o campo fértil para crescer.

Não é à toa também, que esta é chamada a Era da Informação, e também Era da Transparência. Já que estaremos cada vez mais nítidos vibracionalmente uns aos outros, mesmo nossas camadas mais profundas. Perceberam como emitimos e captamos informações o tempo todo através do nosso inconsciente? E todos os inconscientes se comunicam.

Para o Codex, o conjunto de Leis que regem o Novo Ciclo:

- “Informação é energia e energia é informação”.

- “Toda energia finaliza-se numa forma”.

- “Não existe nenhum tipo de energia emitida — e isto compreende ideias e sentimentos — que não vá se finalizar numa forma”.


Isto é tão verdadeiro, que fizeram um experimento criativo com nossas lágrimas. Colhendo-as em momentos diversos, vertidas em função de determinadas emoções: raiva, alegria, expectativa de mudança.

Tiveram a brilhante ideia de evaporar a água das lágrimas e fotografarem a configuração do que restava, pois elas são formadas também por alguns componentes sólidos (sais, por exemplo). Cada emoção que é algo intangível gerou uma forma totalmente tangível. Uma forma física e manifesta nesta terceira dimensão.

“It’s as though each one of our tears carries a microcosm of the collective human experience, like one drop of an ocean”.*

"É como se cada uma das nossas lágrimas carregasse um microcosmo da experiência humana coletiva, como uma gota de um oceano".*


Bem, isto é uma das n! consequências do sentir. Imaginem quantos sinais que não conseguimos racionalmente codificar, nosso inconsciente sabe ler com propriedade?

Se cada informação (pensamento, sentimento, emoção) gera uma forma e todas elas estão imersas no Inconsciente coletivo, onde todos os inconscientes se comunicam, como rios que desembocam num grande oceano, a intuição é como uma navegação.

Um navegar, na escuridão, por nossas águas do inconsciente, portando uma lanterna - a consciência.

Também, no Codex, pela Lei da Correspondência:

“Assim como é em cima, é embaixo, mas assim como é dentro, é fora. E assim como é no presente, é no passado e no futuro. E assim como é no futuro é no presente e assim como é no passado é no presente. E assim como é para um lado, é para outro”.

Pistas abundantes de nossa realidade.

Alguns boiam na superfície, restritos, olhando de longe, contemplando vez ou outra reflexos nebulosos. Outros pescam informações aqui e ali.

E tem quem mergulhe nas águas abissais, manancial de origens.

Na etimologia, intuição é o olhar para dentro. Guardar dentro.

"Do latim intuitione, formado a partir da união de "in-" (em, dentro) e "tuere" (olhar para, guardar)". - Wikipedia.

E o que fazemos quando amamos alguém? Guardamos dentro. Temos consciência de que este alguém está dentro de nós, bem guardado. A intuição sobre este ser é muito maior, pela conexão, que o diga o sexto sentido das mães. O que fazemos quando nos amamos? Olhamos para dentro de nós, com mais consciência e capacidade de percebermos nossa realidade e potenciais.

Há um modo bem eficiente de se turbinar nossa lanterna.

É irradiar a Luz de nossa centelha sagrada, o coração, através do Amor que exercemos e manifestamos, compreendendo que somos UM. Esta Luz tem um alcance muito potente. Ela torna a navegação bem segura e infinitamente mais produtiva.

Um mergulho audaz e abençoado a você em você mesmo. Honre suas águas, com Amor.

Seja Luz!

P.S.: Convido a todos a praticarem o Exercício do Espaço do Coração e sentirem a diferença no seu padrão intuitivo.

Claudia Sampaio é articulista no Blog do Movimento Era de Cristal e escreve às segundas-feiras

Texto revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 4


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Movimento Era de Cristal e Unaversidade   
O Movimento Era de Cristal e Unaversidade desenvolvem práticas de crescimento pessoal, com vistas ao desenvolvimento coletivo através dos princípios do Codex. Todos os nossos artigos estão no site unaversidade.org/movimento Junte-se ao grupo no Facebook, procurando por Era de Cristal. Seja Luz!
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa