Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Uma grave obsessão: a silenciosa!

por Bruno J. Gimenes
Uma grave obsessão: a silenciosa!

Publicado dia 31/7/2009 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Uma das mais graves obsessões: a silenciosa A ação das situações extremas, negativas, adversas na vida é algo que se pode notar e imediatamente perceber os malefícios. A exemplo de um acidente, uma perda, notícia ruim, demissão, doenças, etc. Trata-se de uma interferência negativa que pode ser facilmente detectada, entendida e imediatamente combatida, pois a consciência de que um mal ocorreu é grande e esclarecedora.

E os males sutis do dia a dia, como ficam? Quem os percebe?
A falta de persistência, a vontade de desistir, a intolerância, a preguiça, o egoísmo, entre outros aspectos tão presentes no dia a dia que navegam plenamente por cada ser, com impunidade absoluta. Por quê?

O mal latente não é exclusivamente aquele que se mostra com grande impacto e concentração. Ou ainda, manifestado-se por situações ou acontecimentos negativos de grande intensidade. É aquele que emerge sorrateiramente, e que aos poucos vem ganhando terreno silenciosamente.

Uma mudança abrupta de conduta pode ser detectada imediatamente e corrigida. Principalmente, se alguém com bons hábitos alimentares, sem vícios, de um dia para outro começar a se alcoolizar. As atenções se voltarão para esse fato ocorrido, onde será considerado um fenômeno, uma anomalia, algo fora do normal da pessoa.

A ação do mal poucas vezes ocorre dessa forma, mas silenciosa e discreta. Aos poucos vai criando mecanismos para mudar os hábitos e atitudes. Estrategicamente o indivíduo vai recebendo impulsos de interferências negativas que vão produzindo pequenas e quase imperceptíveis mudanças no seu comportamento. Diante disso, o autocontrole mental do indivíduo, sua consciência do todo diminui, sua frequência cai passando a tornar-se solo fértil para obsessões, tendências negativas e fraquezas.

Dificilmente, há o choque direto entre uma energia densa e uma energia de luz. Suas polaridades são tão opostas que naturalmente não permitem essa aproximação. O mal atua de forma intensa, rapidamente é percebido pelo indivíduo e combatido. Quando ele age silenciosamente, vai recriando comportamentos, emanando influências e alterando lentamente o percurso da jornada de evolução de cada ser. Valendo-se de uma forma ardilosa, seduz pacientemente a pessoa para um caminho de densidades, fraquezas, inferioridades e vícios dos mais diversos.

As interferências negativas lentas e sutis podem vir a atuar por 10, até 20 anos. Estas, reprogramam o poder mental do indivíduo e constroem alicerces firmes para suas investidas em alguns casos mais curtos, em outros mais lentos.

Existe uma Técnica simples, prática e rápida para você alcançar seus objetivos e metas. Descubra mais: Clique Aqui

Texto revisado


Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 17

Sobre o Autor: Bruno J. Gimenes   
Professor e palestrante, ministra cursos e palestras pelo Brasil.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa