auravide auravide

Usamos a força negativa para vencer o medo?


Facebook   E-mail   Whatsapp

Não nos lembramos das tristezas, mas sabemos que qualquer prece vai nos trazer tristeza e vai nos trazer meditação. E da meditação é que nós fugimos, daquele julgamento que poderemos fazer de nós mesmos e em saber que somos culpados, é disso que nós fugimos.

Realmente somos eternos covardes, nós usamos a força negativa para vencer o medo e ela nos dá o que é de melhor, o amor da família, o amor pelos amigos, o amor e compreensão dos conhecidos e a admiração dos demais, para que algum dia aconteça algo importante para nós, porque apesar de termos tudo, acabamos percebendo que não temos nada.

Tudo que nos causa pavor, fugimos, e procuramos na bebida ou em qualquer outro prazer. É uma fuga silenciosa para esconder a nossa dor, do sorriso aberto para os amigos e todos batendo nas nossas costas e pedindo a nossa companhia, à vezes, até clamando a nossa companhia e nós vamos novamente nos enganando e sendo levado para o lado negativo, se aprofundando mais nesse abismo, por que ?

Por conveniência e por prazer. Preste bem atenção e não confunda, o conforto não é o dinheiro que nos dá, é a nossa consciência. Temos que ser nós mesmos, ser fortes e sabendo lutar, mas de repente como ficar sem dinheiro, ficar sem os meus amigos, sem meus parentes, sem aquelas pessoas que me rodeiam e me querem?

Aí continuamos mais uma vez a percorrer esses caminhos obscuros e tristes, sem que nós percebamos este vazio que vai em nossas almas.
"Está faltando algo! Que dor! Esta dor não sai! Essa solidão! Meu Deus, o que significa isso? Tenho tudo, dinheiro, uma grande posição social e política, não consigo eliminar essa dor que me corrói por dentro. Onde está meus entes queridos encarnados, porque os desencarnados já se foram, eu nem sequer lembro-me de um e nem de outro. Mas é a minha posição. Aonde fica a minha posição, eu quero ser, eu quero vencer."

Então, tem momentos que a gente na dor da solidão do momento, do nosso maior negativismo, temos medo e queremos nos esconder, queremos retroceder na nossa vida, ser pequenos e entrar nas entranhas das nossas mães e se esconder, dentro do útero materno e lá ficar quietinho, esperando retornar aos braços de nosso Pai e Mãe santíssima.

São só pensamentos, a realidade é bem outra e a ganância faz esquecer os pensamentos e o ser humano se entrega nas bebidas e nos prazeres, e esquece de Deus, da mãe e da família. Esquece de tudo porque pensa que é filho de Deus mais que os outros.

Não é por aí.

É como aquele casal, que vive em ordem negativa porque ela tem o vício de fumar e proíbe determinantemente que ele tome um aperitivo, e ela não larga do seu cigarro. Isso é a força do pensamento negativo e nós nunca devemos ficar e conseguir viver na parte negativa.

Temos que procurar viver também na parte positiva. "Como meu Deus? É difícil, dividir as nossas riquezas!"

Não é por aí, ninguém está falando em pegar o seu dinheiro e dar e sair distribuindo, a riqueza é aquele amor que nós temos dentro de nós, é aquele amor que temos que dividir e dar, não ficar cobrando que o marido não pode beber um aperitivo salutar e você não deixa de fumar. Como se pode cobrar?

Nunca! Está errado! Não devemos viver essa parte de cobranças, nós devemos procurar nos doar, mas, nós procuramos cobrar os nossos erros e das outras pessoas, como este casal que citei, ela procura esconder dela mesmo o seu vício de fumante para proibir o companheiro de beber o seu aperitivo.

Isso é verdade? Isso é uma vida mentirosa que não leva a nada, só a uma vida que está se enganando a si própria. É uma vida que está levando para um abismo infinito do mundo.

Até para educar os filhos é muito difícil porque nós cobramos deles posições e nunca o carinho, o amor e o afeto. Nós os ensinamos a ter ganância e a só ter...

Nós almejamos tudo e colocamos neles também uma grande responsabilidade de levar mais o nosso nome perante a nossa sociedade.

Nunca ensinamos a eles ter uma religião, mas ensinamos a frequentar uma religião socialmente com postura e com firmeza.

Sabemos que há muitas pessoas que vivem no lado negativo e são super educadas. Educadas para representar a uma sociedade aquilo que realmente não são.

Neste momento, os pensamentos não são firmes é a educação que basta, às vezes o ódio que destrói e corrói até nas profundezas do ego, o importante é o orgulho.

Nosso endereço: Amor Entre os Povos, Rua São José, 247 - Centro - Ribeirão Preto - SP, fone: 16 3625-0574.

Abraços

Florêncio Antonio Lopes
Mestre Espiritualista
Site: www.aep.org.br
florencio.al@gmail.com

Texto Revisado


Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 113


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Autor: Florencio Antonio Lopes   
FLORÊNCIO ANTONIO LOPES Mestre Espiritualista graduado "Senhor-Mestre" Ribeirão Preto - SP
E-mail: florencio.al@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa