auravide auravide

A garota selvagem: uma de suas muitas faces


Facebook   E-mail   Whatsapp

Embora nós falemos d’Ela como sendo a Mãe Terra, a Deusa não é apenas como uma mulher madura, cuidando de suas crianças.

Da mesma forma que cada mulher passa por diferentes idades em sua jornada através da vida, a Deusa é vista como uma jovem mulher, uma mulher na plenitude de sua vida, uma mulher de meia-idade, uma mulher velha e uma venerável anciã com mais anos do que podemos contar.

Algumas vezes, a mesma Deusa aparece de várias idades; em outras, diferentes deusas representam os diferentes momentos cronológicos da vida de uma mulher.

Muitos escritores contemporâneos que escreveram sobre a Deusa se referem a Ela como Donzela, Mãe e Anciã. Essa Deusa Tríplice é encontrada em algumas culturas, mas não em todas. Mesmo neste caso, Ela nem sempre tem idades diferentes. Por exemplo, os celtas (ancestrais dos irlandeses, escoceses e galeses de hoje) retratavam a Deusa como três mães, toda aparentemente da mesma idade. Outras culturas retratavam a multiplicidade da Deusa como sendo mais que trindades, como as Valkírias escandinavas, uma turba de mulheres guerreiras; ou as Ninfas gregas, aquelas sereias sedutoras.

Embora as definições da Deusa como Donzela, Mãe e Anciã sejam comuns atualmente, elas são apenas uma parte da grande variedade de suas imagens.

Nesta série de escritos, examinaremos uma imagem da Deusa que é encontrada em muitas culturas: a Deusa Jovem. Ela não é necessariamente uma Donzela ou Virgem, pois pode ter uma intensa atividade sexual, por sua própria iniciativa ou sem sua permissão. Sua idade varia: algumas vezes tem 10 anos, noutras tem 15 ou, ainda, 20 anos. Ela, geralmente, vive com sua família, mas, às vezes, está sozinha em sua “selva”. Ela pode ser encontrada em cada continente, entre pessoas de todas as cores e raças.

O que é importante sobre essa imagem da Deusa é que ela representa a busca, parte audaz da alma da mulher. Esta Deusa está sempre livre para seguir seu próprio coração. Isso não significa que ela rejeite as responsabilidades familiares ou não se preocupe com os outros – na verdade, a maioria das imagens da Deusa a retrata como amorosa e doadora e, ao mesmo tempo, heroica. Mas, até mesmo em seu heroísmo, Ela é motivada por seus próprios impulso e desejo.

Ela é a Garota Selvagem. Nós assim a chamamos porque, como as selvas naturais, Ela segue suas próprias leis. Ela é parte de todos nós, não importando nossa idade ou nosso sexo. Homens, mulheres, garotas e garotos, podem encontrar uma parte da Garota Selvagem em seu próprio interior.

Ela é liberdade e alegria, o amor pela busca e pela mudança. Ela é criatividade e serenidade. Ela é a primavera, cheia de potencial e energia. Ela é a semente e o broto irrompendo em vida. Ela é o caminho através da floresta, e Ela é a própria floresta.

Honrando a Deusa você mesma

O caminho da Garota Selvagem não é passivo. Ele é um encontro ativo com você mesma e com as grandes tradições espirituais das quais a Garota Selvagem é uma parte. Nós honramos a Deusa através de atividades que expressem nosso respeito e amor por Ela e por nós mesmas. Essas atividades formam as bases da prática espiritual da religião da Deusa.

Ao contrário das religiões que são baseadas em igrejas com hierarquias e liturgias fixas, a religião da Deusa é uma infindável mudança e evolução.
Você pode servir à Deusa como sua própria sacerdotisa, criando ou determinando rituais apropriados a Ela. Não é necessário ter um grupo para seguir o caminho da Garota Selvagem.
Se você for uma iniciante e não conhecer mais ninguém que se interesse por este assunto, crie sua própria prática que inclua meditação, esforços criativos e estudo. Você poderá, mais tarde, encontrar outros com quem desejará compartilhar sua experiência espiritual, mas a Garota Selvagem é, ela própria, frequentemente solitária e seus esforços individuais são suficientes para se conectar com a energia d’Ela.

Adaptado do Livro Garotas selvagens – O caminho da Deusa jovem – Patricia Monaghan

Marisa Petcov

Sacerdotisa e Mestra em diversos sistemas de cura

Comunicadora da MKKWEB RADIO

Contatos

WhatsApp: 11 99212 81 69

Instagram: @marisapetcov

Youtube: A bruxa que conta

https://www.youtube.com/channel/UC0f54NdhVoM504Jadrz29hw

Texto Revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 51


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Marisa Petcov   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Oráculos clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa