Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Corpo, ponte para o divino

por Marisa Petcov
Corpo, ponte para o divino

Publicado dia 29/6/2012 em Oráculos

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


A cabeça possui sete orifícios, associados aos sentidos. O lugar central ocupado pela boca evoca o poder da palavra e o uso correto da boca é um canal central de luz para vivificar o corpo. As religiões baseiam-se na palavra; portanto, atribui-se grande importância ao ouvir. Mas, enquanto símbolos, os ouvidos estão relacionados à escuta mística, interior, à abertura da pessoa à inteligência cósmica, à capacidade de situar-se no espaço e no universo. Assim, a orelha representa a obediência, a palavra divina.

A boca

Constitui o órgão da palavra e do sopro. É considerada um símbolo feminino do poder criador e proporciona a manifestação dos graus mais elevados da consciência. Originalmente, a palavra é sagrada, e todos nós poderíamos produzir maravilhosos benefícios em nossas vidas exercitando, no cotidiano, essa primorosa qualidade.

Os olhos, que também absorvem o alimento energético e sutil de seu ambiente, são interpretados como um instrumento de unificação com a divindade e da pessoa humana. Segundo algumas crenças, o homem possui olhos para desenvolver a visão da divindade.

Os olhos são símbolos ígneos de atenção e intenção e correspondem ao coração-centro, ativado no estágio do ser.

O crânio

É na câmara nupcial do crânio que o ser humano se encontrará com a divindade, com sua divindade interna, descoberta pela sua abertura a realidades mais interiores, mais pessoais, na busca de seu próprio coração. Não se trata de um encontro impulsionado por fatores externos.

O pensamento, na matriz craniana, é antes de mais nada a consciência de si, bem como a consciência do universo que se abre diante do ser. E é permanecendo na abertura infinita do mundo que a consciência de si mesmo descobre sua imensidade, casamento entre o íntimo e o infinito. Essa abertura é o verdadeiro lugar do homem, seu lar, ele que é destinado ao infinito.

Assim, podemos concluir que uma das maiores estratégias da divindade, ao criar a nossa espécie, foi depositar dentro de cada ser a essência de tudo aquilo que devemos saber para restituir a nossa autêntica natureza. E o corpo, como um impressionante mapa da ação do divino em nós, é a constatação mais palpável dessa promissora possibilidade.

Baseado na obra de Evaristo Miranda, Corpo, território do sagrado.

Marisa Petcov

Elder da Tradição Diânica Nemorensis, Contadora de histórias e Terapeuta holística

Tel.: 11 9212 81 69

blog: bruxaqueconta.blogspot.com

Texto revisado

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 5

Sobre o Autor: Marisa Petcov   
Presidente da AME - Agência de Místicos e Esotéricos Contatos: 11 2021 6788 / 9 5980 2467
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa