Home > Autoconhecimento

Tarot terapia e os segredos da prosperidade
por Rosana Ferraz Chaves

Tarot terapia e os segredos da prosperidade

Já faz um tempo que mudei minha forma de jogar Tarot. Aprendemos que os bons tarólogos são aqueles que falam tudo, sem que o consulente diga sequer porque veio jogar, mas reparando bem nas pessoas que eu atendia, percebi que isso trazia muito mais ansiedade, do que qualidade.

A pessoa na maioria das vezes procura um tarólogo para saber no máximo duas questões de muita importância. Então, para mim não faz sentido ficar vários minutos falando sobre a mandala inteira, sendo que a pessoa só vai mesmo prestar atenção naquilo que veio para ouvir.

Atualmente, eu prefiro jogar usando o método de “taroterapia”. Por esse método, passamos todo tempo explorando aquilo que realmente trouxe o consulente até nós. É um estudo que visa sanar o problema, estudando a origem de tudo, usando pirâmides e metáforas.

Vou dar um exemplo, de um estudo para atender uma pessoa com problemas de prosperidade, usando a parábola (metáfora) dos talentos, que está na Bíblia.

Um fazendeiro que precisava viajar, resolveu deixar todos os seus bens aos cuidados de três empregados. Além dos bens, confiou-lhes também algum dinheiro, conforme a capacidade de cada um.

Ao primeiro empregado confiou cinco moedas.
Ao segundo empregado, confiou duas e ao terceiro, apenas uma moeda.
Passado um tempo, o fazendeiro retorna e chama os empregados para conversar, sobre o que cada um fez com o dinheiro que foi deixado com eles.

O primeiro e o segundo empregado de alguma forma, conseguiram dobrar as moedas e as entregaram ao fazendeiro.
O terceiro empregado, com medo de se arriscar e perder a única moeda que tinha, resolve enterrá-la e depois devolvê-la ao patrão, já que ele se achava bastante honesto.

A sua justificativa foi que, como o patrão, além de não ser lá muito honesto, tendo em vista que ele colhia de onde não tinha plantado e juntava onde não havia espalhado, era também muito duro, por esse motivo ele preferiu enterrar o dinheiro, a correr algum risco.

O fazendeiro então retruca, dizendo que se ele o achava assim tão desonesto, poderia ser menos negligente e entregar sua única moeda aos bancos e assim, pelos menos a moeda renderia juros.

O fazendeiro retira então dele sua única moeda e a dá àquele que recebeu a maior quantia.

Essa parábola está em Mateus, versículo 25. A frase mais significativa desse texto, é a que aparece após o fazendeiro ter se decepcionado com a “honestidade” do empregado que enterrou a moeda: “Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem ser-lhe-á tirado. Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores”. Porque nas trevas interiores, ele já está.

Existem muitas lições ocultas aqui, se você conseguir juntar as muitas informações que o texto oferece.

O primeiro empregado, é o 1. O uno, aquele que trabalha sozinho na Cabalá, e o Mago do Tarot. Por algum meio, que o texto não diz qual foi, ele consegue dobrar o dinheiro.

O Mago é aquele que se arrisca, que não tem medo de começar várias coisas, mas que tem dificuldade para terminá-las, portanto, dobrar o dinheiro seria uma tarefa bastante difícil para ele. Ele se junta com o cinco, que é o Papa, que é aquele que fala o que as pessoas querem ouvir. É o arcano que trabalha a prosperidade que vem muito mais do prestígio, do que do esforço. É assim que o um consegue obter o dobro do dinheiro. Ele não perde sua característica, pelo contrário. Ele usa sua criatividade para seduzir o Papa, e usar a sua credibilidade, porque isso o um não tem. E a parceria que parecia impossível, é a mais lucrativa de todas.

O segundo funcionário, representação da Papisa que é o dois, ganha mais dois, ou seja, ela reforça a própria personalidade e de alguma forma, também consegue dobrar a quantia.

Se juntar com mais dois, pode ser a indicação de que ela faz uma parceria com os próximos dois arcanos, que por sinal, são os dois mais ricos do Tarot, a Imperatriz e o Imperador ou apenas o Imperador, que é o quatro.

Mas,  por que então, o funcionário dois não consegue faturar mais que o funcionário um? Porque para ela conseguir dobrar o dinheiro, ela precisou reforçar a própria personalidade, que é fechada, mas que também transborda poder. É esse poder que ela usa para seduzir o casal real. O dois fornece conhecimento e ganha aquilo que precisa, porque a riqueza da Papisa está na sabedoria e não na materialidade.

O terceiro empregado, então, seria a personificação da Imperatriz, que como acabamos de citar, é a mulher rica e poderosa do Tarot.

Como, então, justificar o pior desempenho de todos?

Porque ela simplesmente não faz aquilo que nasceu para fazer, influenciar pessoas. A Imperatriz trabalha muito no social e muito nos bastidores. E de forma indireta, ela faz tudo dar certo, mas o terceiro personagem da nossa história, amedrontado pelo poder do patrão (Imperador), se cala, nada faz e resolve enterrar a moeda, ou seja, olhar para baixo.

A Imperatriz é o três e na história, não se junta com nada. Não fala, não usa sua influência e usa sua única moeda, para olhar para baixo, como o Enforcado.

Às vezes, para descobrir o real motivo de um consulente estar com problemas de prosperidade, você precisa estudar apenas aquele aspecto e cada personagem que faz parte dele.

Texto Revisado


Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Autor: Rosana Ferraz Chaves   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   
Publicado em 13/05/2019

Veja também
A mensagem das Brumas
A vida pede isso: esqueça o passado!
Qual é o rumo da minha vida?
O sofrimento dos pleiadianos encarnados
Inteligência espiritual, o que é isso?
Amar a si mesmo!

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.



Energias para Hoje
quarta-feira, 22 de maio de 2019

energia
I-Ching: 42 – I – AUMENTO
Momento de crescimento, que significa melhora não só no aspecto material mas também no espiritual. Ele acontece quando as ações e, acima de tudo, os sacrifícios são feitos em favor dos outros.


energia
Runas: Eihwas
50% já está conquistado, o resto e com você. Aja!


22
Numerologia: Idealismo
Dia para dedicar-se a obras que beneficiem todos ao seu redor. As atitudes devem ser abrangentes enfocando grupos de pessoas. Mantenha os pés firmes no chão e aja de forma a melhorar as coisas para os outros.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes




+ Lidos da Semana anterior
1. Como diminuir a carência e a solidão
2. Como aumentar a conexão com quem você ama em apenas 2 minutos!
3. Como enfrentar os efeitos de Urano em Touro
4. Por que não me identifico com o meu signo solar?
5. Abandone a expectativa
6. 3 razões pelas quais você ainda não está vivendo o amor que deseja!
7. A mente e a realidade
8. 10 sintomas que mostram como está sua autoestima!

 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa