auravide auravide

A Exigência da Realização


Facebook   E-mail   Whatsapp

"Mire, veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas - mas que elas vão sempre mudando". Guimarães Rosa - Grande Sertão Veredas

Pensemos um pouco no conteúdo de frases como:

- Nada dá certo em minha vida;

- Sempre que penso estar dando um passo para frente algo me puxa para trás;

- Não consigo realizar as coisas que desejo em minha vida.

Sentimentos de desapontamento, desencanto e desilusão são necessários para que possamos modificar aquilo que não nos está ocasionando bem- estar.
É a partir da escuta da frustração que se pode buscar a transformação. Porém, há que se pensar se também não estamos planejando demais e esquecendo-nos de vivenciar e aprender com o presente. Será que seremos felizes só quando estivermos em determinada posição social, ou casados, ou ainda quando criarmos a nossa própria empresa?

Quais são todas estas cobranças que nos guiam? São demandas da alma ou apenas reflexos daquilo que acreditamos que nos trarão visibilidade e afeto?
Questionar se o porquê de todas estas exigências pode trazer o pensamento para o seu presente e refletir sobre qual é o pano de fundo, o que é que está por detrás desta necessidade de realização.

É claro que dependemos de certa estabilidade financeira ou relacional para a nossa sobrevivência, mas o que tenho visto são jovens cada vez mais novos que já estabelecem para si uma lista de conquistas e sucessos que devem ser atingidos o mais imediatamente possível. E ou ainda pessoas de meia idade que se não atingiram todas as suas conquistas materiais pré-programadas estão como que fadadas a sofrer por todo o resto de sua vida como um ser frustrado e incapaz.
O ideal criado mentalmente pode vir a gerar muita insatisfação e uma completa falência emocional, pois ele unilateraliza as possibilidades de crescimento psíquico, enxergando apenas no sucesso as promessas de felicidade. Despotencializar as experiências que não obtiveram aparentes triunfos pode trazer prejuízos ao desenvolvimento emocional.

É importante refletir que mesmo aquelas vivências que não trouxeram êxito físico e concreto imediato podem conter sementes prósperas, desenvolvendo características psíquicas essenciais para lidar com a dualidade da vida. O aprendizado e o desenvolvimento da maturidade psíquica estão contidos em ambas as experiências. Integrar emocionalmente tanto o sucesso como o fracasso pode ser a chave para desfrutar mais amorosamente com si-próprio e com as ocorrências que a vida vai apresentando.

Texto Revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 8


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Ana Maria Collete Chalfun   
Psicóloga CRP 06-128832. Especialização em Arteterapia (AATESP 265/0913). Realiza atendimentos individuais de crianças, adultos e idosos. Psicoterapia de casal, família e grupos. Experiência com grupos de obesidade, transtornos alimentares, ansiedade, síndrome do pânico, depressão, transtornos mentais e grupos de pacientes com câncer.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Psicologia clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa