auravide auravide

As sequelas da repressão emocional.


Facebook   E-mail   Whatsapp



As sequelas da repressão emocional, são variadas. Algumas são sutis outras nem tanto.

Todo ser humano aprendeu desde a tenra idade que determinadas emoções não são "boas", reprimindo comportamentos, atitudes e sensações que fazem parte da psique humana.

E o preço a ser pago na idade adulta por tal ato, costuma ser bem caro.

Não sei como foi a sua infância, mas na minha eu não podia ficar com raiva, chorar ou desobedecer, caso contrário a resposta era: Se você fizer isto, o papai do céu não vai gostar de você. Ou o homem do saco, virá te buscar.

Até hoje me pergunto de onde veio esta história do homem do saco.

Também me perguntava como as pessoas sabiam, que o papai do céu não iria gostar de mim. Será que elas perguntaram para Ele?

Me recordo também da música: Boi, boi, boi, boi da cara preta pega esta menina que tem medo de careta. Se você sabe que música é esta, provavelmente tenha ouvido em sua infância também. Infelizmente lamento dizer, que o medo foi inserido em nossa psique com esta "inofensiva musiquinha".

Aonde eu quero chegar com tudo isto?

Na repressão emocional e as suas tão famigeradas sequelas.

Infelizmente quando falaram sobre o papai do céu e o homem do saco para mim na infância, isto gerou o medo terrível, e consequentemente ansiedade, pois temia nunca mais ver as pessoas que eu amava.

Entenda que os adultos transmitiram aquilo que sabiam, e como eles próprios tinham dificuldades em lidar com as próprias emoções, o que eles faziam para "educar" as crianças? Reprimiam, através do medo.

E por conta do medo, as crianças aprenderam que o certo, era ser igual e fazer tudo bonitinho.

E toda autenticidade e espontaneidade, foi jogada para debaixo do tapete.

Hoje em dia, atendo inúmeras pessoas que tem medo da opinião dos outros, estão em relações de Co dependência, possuem o medo do abandono, da rejeição e não sabem do que verdadeiramente gostam de fazer.

Algumas inclusive trabalham em algo só para ganhar o dinheiro e pagar as contas, ou seja, não sentem nenhum prazer em fazer o que fazem.

Eu não sei você, mas eu cresci e aprendi perfeitamente o sistema de auto repressão, ou seja, mesmo com vontade de fazer ou falar determinadas coisas, eu não falava, pois tinha medo do que os outros pensariam de mim.

Em suma representei um papel de menina boazinha, para evitar perder o amor da minha mãe e do papai do céu, é claro.

No entanto, isto não deu muito certo e me deparei com o fundo do poço algumas vezes. Confesso que este lugar não é muito agradável, afinal não dá para ver nem a luz do sol direito, quando estamos neste lugar.

Foi então que eu percebi que tinha que existir outra forma de viver, pois estava cansada de trabalhar para pagar as contas. Era uma vida sem alegria e propósito.

Quando eu virei a chave?

No dia em que olhei para dentro de mim, enfrentei o medo do homem do saco e vi que o papai do céu na verdade, ama de forma incondicional todos os seres.

Obviamente falar é fácil, tive que passar pelo processo. Terapia, cursos, livros etc.

E quem já fez terapia e cursos, sabe que é uma jornada, que não é do dia para noite.

Afinal de contas a música do boi da cara preta ainda ecoava em minha mente.

Então quais são as sequelas da repressão emocional?

· Medo

· Ansiedade

· Insegurança

· Tristeza

· Carência

· Angústia

Estas são somente algumas pois a lista é bem grande.

A boa notícia é que nosso cérebro possui neuroplasticidade, que em outras palavras quer dizer que ele desaprende. Ou seja, passar por um processo de reconstrução emocional.

Não sei até que ponto você já fez terapia, cursos e técnicas, o fato é que muitas vezes, para você pode não ter funcionado de forma tão eficaz. Não quero dizer com isto, que estas técnicas e abordagens não são relevantes, não me entenda mal por favor.

Trabalho com várias metodologias, pois sei que muitas vezes algumas pessoas não se adequam, ou não tem um resultado satisfatório com uma técnica específica.

Pensando nisto, criei um Programa Individual de Integração Emocional, com a união de várias técnicas e abordagens que vão do Renascimento (ressignificar o trauma de nascimento), constelação familiar até o complexo materno negativo e a integração emocional.

São encontros que farei individualmente, com as pessoas que sentirem o chamado.

Abro poucas vagas por temporada, pois como disse é individual.

São 10 encontros + o acompanhamento diário. Se você gosta de minha abordagem e dos meus textos, e deseja dar este passo CLIQUE AQUI para fazer parte deste programa.

  Gravei uma meditação no meu canal do youtube de limpeza e centramento, para ouvir CLIQUE AQUI aproveite e se inscreva no canal, vou adorar te ver por lá também. Cuide-se com amor!

Grande abraço.

Instagram CLIQUE AQUI 

Adriana Mantana


Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 2


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Adriana Mantana   
Terapeuta Junguiana, Consteladora, Renascedora, Terapeuta de Integração Quântica do Ser®, Facilitadora do Jogo Maha Lilah, Terapeuta ThetaHealer®, Terapeuta de Barras de AccessT, Floral de Bach, Radiestesista, Operadora de Mesa Quântica Radiônica, Cromoterapia, PNL, Mestre em Reiki Usui, Cristaloterapeuta, Giver Deeksha, Ativista Quântica.
E-mail: adrianagcl@gmail.com | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Psicologia clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa