auravide auravide

ATRAÇÃO, PAIXÃO, AMIZADE ou AMOR?

por Lilia Barros

Publicado dia 19/9/2008 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Emoções. Será que compreendemos o que sentimos? Em relação aos relacionamentos, precisamos rever e analisar alguns conceitos evitando, assim, muita confusão e também muito arrependimento.

Animais irracionais na época do acasalamento atraem-se mutuamente, deixando prevalecer o instinto de procriação, selecionando seu par de acordo com a melhor constituição física, para que seus descendentes sejam fortes e saudáveis. Mesmo nesse segmento iremos encontrar pares que se unem por toda a vida.

Humanos são considerados espécie superior e deveriam, nesse caso, compreender melhor o mundo das emoções. Não é assim que acontece. Permitimos ainda que nossos instintos prevaleçam e, não, nosso pensar consciente.

Quem disse que “atração” está restrito apenas à química entre casais? Atração é sintonia, não somente física. Interessamo-nos por pessoas e não somente pela forma e aparência que elas têm. Essa sintonia pode nos levar não somente a um relacionamento passional, mas também a grandes amizades.

Quando você sentir atração por alguém, pare e analise, se somente é a forma física ou um querer conhecer melhor. Grandes amizades e parcerias começam assim e isso não significa relacionamento passional com intimidade sexual. Afins se reconhecem ou se afinam.

Paixão é elo de aproximação que pode acontecer não somente entre casais. Todos já ouvimos expressões como: trabalho apaixonante, leitura apaixonante, alguém apaixonante, no sentido de ser muito agradável, lugar apaixonante e outros.

Amizade é cumplicidade SEM sexo. Companheirismo, troca, tolerância, bem querer. Também começou com uma atração. Não necessariamente com conotação sexual, mais de amizade, o que é muito diferente.

Amor! Nesse nível superior de emoção e sentimento, convém saber que seu significado é: desejar o bem incondicionalmente de algo, alguém ou alguma coisa. Logo, não está restrito novamente apenas aos casais passionais.

Um esclarecimento fundamental: amar se escolhe. Atração, não. Atrair é conectar energia e acontece sem nos apercebermos. Mas o Amor é um estágio conquistado, independentemente de relacionamentos.

Por que toda essa explanação? Simples. Sofremos muitas vezes por uma ilusão. Queremos tanto nos sentir completos e preenchidos emocionalmente que ainda acreditamos que é um processo externo e que “alguém” precisa nos preencher. Nessa busca não paramos para pensar na FORMA que nos conectamos com outras pessoas e confundimos os sentimentos. Criamos um sonho perfeito sem sermos perfeitos e no menor sinal de atração, colocamos “um rosto” nesse sonho, para depois, na convivência, percebermos que a criação não combinava com a realidade.

Sentiu qualquer tipo de atração? Então, pare e analise o que atraiu você. Estar apaixonado é maravilhoso, desde que não se transforme em busca de perfeição e posse.
Amizade é base para qualquer cumplicidade, seja ela de cunho fraternal ou passional, nos casos de relacionamentos íntimos pessoais.

Ciúme não é somente termômetro de insegurança, mas também de falta de compreensão da linguagem energética. Não confunda também ciúme com decepção. Ciúme é posse, insegurança. Decepção é tristeza por perceber que alguém especial para você, ainda se guia por instintos, não sabendo diferenciar a linguagem energética. Ou seja, tudo o que atrai significa passionalidade e não afinidade.

Que possamos ser atraentes não somente pela forma.
Que possamos sempre nos manter apaixonados pela vida e oportunidades.
Que possamos transformar afinidades em amizades verdadeiras em todos os níveis.
Que possamos compreender de uma vez por todas que Amar é uma decisão e que começa com nossa própria autoestima.
Que cada abraço dado e recebido seja expansão de sentimentos de amor e não de instintos que precisam ser saciados.

Atração, paixão, amizade e cumplicidade com amor, ou seja, desejando o bem incondicionalmente do outro, não deixa rastros de dor e arrependimentos; no mínimo, nos deixa grandes e maravilhosas lembranças.

Lilia Barros
Palestras, treinamentos e consultas motivacionais
Lei de direitos autorais nº 9610
Programas: Horários e temas link
Rádop - Três minutos com Lilia Barros – Amazonas FM 101.5 / Manaus – AM
Edição: Ray Áureo e Sandro Abecassis - Produção: Rádio Amazonas FM
Televisão - 30 minutos com Lilia Barros – Amazon Sat/sábados 14h30 – quartas 22h10
Você pode assistir ao programa link - Clicar "ao vivo" - 1h a menos de BSB.


Texto revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 34

foto-autor
Sobre o Autor: Lilia Barros   
Palestrante Motivacional. Formadora de novos conceitos em ativação pessoal e bioenergia comportamental. Participou de estudos e pesquisas em diversos países, como Inglaterra, Estados Unidos, França e Japão; Introduziu no Brasil, novas técnicas de autotreinamento, baseadas na neurociência.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa