auravide auravide

Culpa


Facebook   E-mail   Whatsapp

Dentre as linhas de psicologia existentes, sempre gostei muito de Jung, pois ele teve um belíssimo trabalho sobre os símbolos.
No meu trabalho como psicoterapeuta, sempre gostei também de pesquisar os símbolos que aparecem em algumas dinâmicas que faço com meus clientes.
Um dos diversos símbolos que pesquisei foi o da culpa. A culpa é simbolizada pela figura mitológica grega da Medusa.
No mito, a Medusa ao ser contemplada, transforma o ser em pedra.
Assim é a culpa em nossas vidas. Se contemplada demoradamente, ela nos paralisa no ponto onde julgamos ter "pecado".
A culpa, assim como todos os sentimentos, existe em nós com alguma função. Todos os sentimentos (mesmo aqueles que julgamos negativos, como por exemplo a raiva) tem uma função, e ficar lutando para que não mais tenhamos estes sentimentos é um tremendo desperdício de tempo e energia.
A culpa tem a função de nos chamar a atenção para o erro que cometemos. Só. Uma vez identificado o erro, deveríamos continuar nossa caminhada apenas trazendo a aprendizagem desse erro para não mais cometê-lo.

Mas infelizmente o que fazemos frente a esse alerta que a culpa dá vem sempre carregado de punição.
Uma vez que "pecamos" temos de ser castigados. E com essa crença, vamos ficando presos numa roda eterna de erros e culpas sem fim!
Não acredito num Deus punitivo e vingativo, mas as religiões (em maior ou menor grau), vão nos passando essa crença.
Alimentados dessa crenças, vamos nos deparando com "A Medusa" que nos petrifica e aprisiona.
E o perdão desse erro, nem sempre vem fácil! Como é difícil nos perdoarmos e perdoarmos aqueles que julgamos ter cometido o erro!

Presos a essas crenças de pecado e punição, alimentamos um ciclo vicioso de castigos e vinganças.
Ora queremos nos vingar de alguém, ora queremos nos vingar de nós mesmos. E assim vamos criando situações que justifiquem e alimentem esse sentimento. Ai vem os sofrimentos sem fim!
Alguns seres humanos, para se manterem no poder, adoram nos manipular, principalmente, nos fazendo sentir culpa e medo.
Façamos uma reflexão profunda em nossas vidas e vamos tentar descobrir o que nos mantém presos aos ciclos viciosos de culpa e vingança. E a quem estamos entregando nosso poder, nos deixando ser manipulados e controlados.
Já é hora de nos perdoarmos e perdoarmos aos outros. e nos libertarmos enfim!

Verônica Dutenkefer
14/04/2014

APROVEITANDO O TEMA, ABAIXO UMA ORAÇÃO DO PERDÃO QUE APRENDI:

"Perdoai-me ó Divina presença,
Perdoai-me eu vos suplico
pelos erros que cometi contra o amor.
Ajudai-me para que o mais puro amor reine em meu coração...
Que toda a culpa se extermine
Até que o Eu Sou seja divinamente livre.
Perdoai-os ó minha Divina Presença;
Não vejais os humanos pelos erros que cometeram contra o amor.
Ajudai-os para que o mais puro amor reine em seus corações.
Que toda a culpa se extermine,
Até que todos sejam divinamente livres!"

Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 3


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Verônica Dutenkefer   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Psicologia clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa