Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide
Home > Psicologia
Cure a sua relação com a sua mãe, cure a sua mulher ferida

Cure a sua relação com a sua mãe, cure a sua mulher ferida

por Adriana Mantana
Facebook   E-mail   Whatsapp


A mãe representa o portal do não manifesto para o manifesto; por este fato, já merece a nossa gratidão. Por que sem ela não teríamos nem chance de reclamar dela. O que mais vejo no consultório, nos atendimentos presenciais ou online, são as inúmeras dificuldades com relação à mãe. São vários casos, inclusive, casos tristes de espancamentos, por exemplo.
 
O fato é que de alguma forma é necessário curar esta relação. O que eu costumo dizer é que não necessariamente você precisará ir até a sua mãe pedir perdão ou declarar amor eterno. Tudo deve ser feito por dentro, no silêncio do seu próprio coração, exatamente onde a verdade mora.
 
É preciso sair do processo de jogar a culpa na mãe (não estou dizendo que o que você passou foi fácil), pelo fato de que isto não funciona. Lembrar-se do fato que antes de ser mãe ela é mulher e recebeu o mesmo tratamento na maioria imensa dos casos, ou até mesmo viveu situações bem piores.
 
Eu escolho contribuir com você de alguma forma com este texto, que sei que é delicado e para algumas pessoas este assunto é extremamente doloroso. Então vou procurar ser de alguma forma mais gentil que eu puder ser, para respeitar primeiramente a sua dor.
 
A dor de não se sentir importante, não se sentir amada, de ter sido rejeitada, comparada, humilhada, espancada e violentada. Em suma, a dor que viveu na relação com a sua mãe.
Como primeiro passo, o importante é olhar para a ferida, por que nesta ferida dorme a sua mulher ferida. E esta mulher estando ferida, todo o resto é impactado, ou seja, você poderá buscar em uma relação afetiva o reconhecimento, a aceitação e o amor que você não teve de sua mãe. E, consequentemente, sufocar o parceiro de forma inconsciente, ou em alguns casos atrair um parceiro que fará o mesmo ou até pior do que ela fez.
 
Fora que tudo aquilo que você rejeitou ou rejeita em sua mãe, você acaba vivenciando por um processo de repetição de padrão. Isto é muito comum nos movimentos que faço junto às minhas clientes na Constelação Familiar.
 
Você começa a fazer algo do cotidiano e “do nada” repete a mesma coisa que ela fazia. Inclusive, se tiver alguém perto, a pessoa até diz: nossa, você está fazendo igual à sua mãe!
Sei que parece uma armadilha daquelas de rato, os labirintos difíceis de achar a saída, mas acredite, existe a saída. E fugir, negar, reprimir esta dor original, com certeza, não é a saída.
Bert Hellinger foi claro ao dizer que a mãe é a cara do sucesso. E, antes de tudo, gostaria de dizer que você não precisa acreditar nele e nem em mim, mas vou pedir para você abrir os olhos e ver isto na prática.
 
Na prática do meu dia a dia, vejo claramente que quando a pessoa tem alguma questão com a mãe (seja ela qual for) pode ser aquela mais escabrosa ou uma “simples”. Isto impacta em algum lugar: pode ser na vida afetiva (tudo aquilo que se criticou na vida afetiva de sua mãe, geralmente, vive-se a mesma coisa com algumas alterações, mas na prática, similar), ou na profissão, no dinheiro, na saúde e nas relações interpessoais.
 
Existem alguns casos em que a situação foi muito dolorosa na infância e a pessoa tem todas as áreas da vida impactadas.
 
Gostaria de relembrar que reclamar da mãe, gritar com ela, falar mal etc., não funciona... Tenho certeza que já sabe disto.
 
Portanto, o meu convite aqui é: pare de nadar contra a correnteza e reconheça que é preciso curar esta relação, para que a sua parte feminina seja curada. Não existe atalho, é preciso começar por onde dói, na sua relação com a sua mãe.
 
A boa notícia é que ao curar a sua relação com a sua mãe, a sua vida em todos os sentidos vai fluir com leveza e prazer. Não quero dizer com isto que vai ser rápido, tudo depende da sua história e do que você viveu com ela nestes anos todos.
 
Vou sugerir que procure um lugar perto de você na sua cidade para fazer o movimento de Constelação Familiar, para você perceber no seu campo sistêmico o que há. Caso queira fazer este movimento comigo online pode entrar em contato AQUI para agendar a sua Constelação Familiar com bonecos. O efeito é o mesmo, eu vejo isto na prática, pois faço a Constelação presencial ou online e por isto afirmo com convicção.
 
Agora, caso já saiba quais são as dificuldades para serem trabalhadas e deseja fazer sessões de terapia comigo fale AQUI para verificar a possibilidade de agendar sua primeira sessão.
Para finalizar este texto, vou deixar aqui uma sugestão de meditação, que eu gravei no meu canal do YouTube. Uma meditação do perdão utilizando os códigos Grabovoi e os comandos EU SOU. Sugiro fortemente que faça pelo tempo que achar conveniente para trabalhar o perdão com relação a sua mãe.
Basta CLICAR AQUI. Aproveite e se Inscreva no canal, vou amar ver você por lá.
 
Desejo para você amor, cura, sucesso, perdão, saúde e muita prosperidade.
 
Grande abraço,
 
Adriana Mantana
 
Texto Revisado

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 16
Atualizado em 28/01/2020

Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo

auravide auravide

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa