Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
Home > Psicologia

Diferença entre Ego e Autoestima

por Valter Cichini Junior
Facebook   E-mail   Whatsapp


Sempre ouvimos que não devemos ter um grande ego e isso faz muito sentido, mas aí lhe pergunto: qual a diferença entre ter um ego grande ou uma boa autoestima?
Você sabe a diferença? É importante entender esta diferença, pois muitas vezes podemos cair na armadilha de sabotar nossa autoestima, às vezes chegando até a depressão, com o discurso bonito de que estamos trabalhando para não ter um grande ego.

Vamos começar definindo as duas coisas. Para isso usarei o apoio do dicionário online Michaelis e lembro que se observarmos a teoria psicanalítica há algumas diferenças na definição de ego e que não é o objetivo deste texto abordar essas diferenças.

Em ego, usaremos a definição de egocentrismo que é a atitude do indivíduo cuja concepção do mundo se caracteriza pela extrema concentração da atenção sobre si, chegando à egomania que é a exacerbação das suas potencialidades nesta concepção.

Agora em autoestima, temos um sentimento de satisfação e contentamento pessoal que experimenta o indivíduo que conhece suas reais qualidades, habilidades e potencialidades positivas e que, portanto, está consciente de seu valor, sente-se seguro com seu modo de ser e confiante em seu desempenho.

Olhando as definições fica a questão: onde está o limite entre um e outro? Para ajudar a identificar esse limite listarei algumas diferenças para que você possa se nortear.

O primeiro ponto a observar é a admiração que você tem de si mesmo. No caso de ter um grande ego, essa admiração é excessiva visitando o narcisismo que consiste basicamente e, em linhas gerais, supervalorizar de maneira distorcida suas características se colocando acima dos demais. Já a autoestima, consiste em reconhecer de maneira realista e consciente suas virtudes e não há neste caso a intenção de esconder ou minimizar os defeitos, eles são reconhecidos e administrados de forma a tentar encontrar a solução quando eles geram dificuldades.

Outro ponto para diferenciar é a preocupação consigo mesmo e com os demais e, neste caso, é mais simples perceber as diferenças. Uma pessoa com ego grande sempre terá suas preocupações focadas em si, nunca nos outros, ela usará de todos os artifícios que puder para ser o centro das atenções, para captar todos os olhares e atenção, para ser o destaque do grupo e, caso não consiga, sentirá irritação em algum grau, já que tem autoestima além de se preocupar consigo mesmo, o que é importante, também se preocupará com os demais. Saberá se posicionar e aparecer quando necessário, mas não tentará monopolizar a atenção sabendo dividir esse espaço com os demais e exercitando a empatia.

Outro fator a observar é que uma pessoa com grande ego não consegue enxergar além de suas crenças, ela não refletirá sobre suas atitudes e dificilmente se questiona. Já alguém com alta autoestima tem suas opiniões, mas sabe escutar argumentos e analisá-los. Note que ouvir um argumento e analisá-lo não significa necessariamente concordar com o mesmo, se você tem boa autoestima não terá problemas em questioná-los fazendo contrapontos para chegar à melhor conclusão, sendo a sua, a nova apresentada ou uma mescla das duas.

Também podemos observar a lida com críticas. Alguém com um grande ego terá muita dificuldade em lidar com elas, pois ao encará-las, fatalmente aquela imagem distorcida que ele mantém será ameaça e aqueles defeitos que são escondidos com tanto esmero ficam em evidência, enquanto alguém com boa autoestima observará essas críticas, as avaliará, e identificará possíveis ajustes que deverão ser trabalhadas para promover as mudanças necessárias.

Conforme citado anteriormente, uma pessoa com grande ego se coloca em primeiro lugar, logo quando ela se dispõe a ajudar alguém não há prioritariamente o objetivo de beneficiar esse alguém, a atitude é tomada com a intenção de beneficio próprio e, caso não haja essa possibilidade também, não haverá a intenção da ajuda, por outro lado, quem tem autoestima saudável não toma a atitude de ajudar com a intenção de se beneficiar, busca ajudar e crescer com essa experiência.

Alguém com grande ego se vê acima dos demais, seja porque se considera mais forte, mais inteligente ou qualquer outra característica e, por estar acima dos demais, todas as situações têm que girar ao seu redor,  segundo os seus interesses. Por outro lado, alguém com boa autoestima não vê as pessoas como superiores ou inferiores, mas como diferentes, com características próprias.

Citei até aqui alguns parâmetros para auxiliá-lo na identificação desta diferença que lhe permitirá realizar uma auto-observação e promover ajustes no seu comportamento caso considere necessário.

 Paz e luz.
 Atendimentos em psicanálise
 Qualidade de vida envolve corpo, mente e espírito.
 
Texto Revisado

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

Avaliação: 5 | Votos: 34
Atualizado em 28/03/2020

Veja também
Quando nossa vida voltará ao normal?
Uma nova percepção
Quem são os pais omissos na trama das mães perversas
Alimentos antifisiológicos: anti-vida!

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.






Energia do Dia
Plenitude. Dia para concluir tudo que for possível e planejar metas futuras. Combata qualquer sensação de derrota e cultive o otimismo e a autoconfiança. Aja de boa vontade.
Faça sua numerologia


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa