auravide auravide

Excluir a Mãe causa um mau efeito e leva ao fracasso


Facebook   E-mail   Whatsapp

Não conseguimos excluir ninguém de nosso sistema familiar, sem causar um mau efeito em nossas vidas.

Agora com relação à exclusão da mãe, este movimento se agrava ainda mais.

Gostaria de citar as 3 leis do amor que Bert Hellinger deixou como legado, no trabalho desenvolvido por ele, das Constelações Familiares.

Estas leis são naturais e amorais, em outras palavras não dependem do consentimento ou não da pessoa, para funcionar. O sistema familiar é inteligente e autorregulável.

As três leis do amor são:
  1. Pertencimento
  2. Ordem
  3. Equilíbrio
O que acontece normalmente é que uma pessoa por vários motivos racionais, ou não, adquire na infância alguns bloqueios com relação à mãe.

E ao aprender o julgamento, crítica e condenação, passa a exigir da mãe uma atitude diferente, e se afasta da mãe.

Sei que é um assunto doloroso para algumas pessoas, gostaria de deixar minha empatia em relação a isto.

Se este for o seu caso, seria interessante fazer um processo terapêutico, para alinhar este relacionamento, pois como citei acima, estas leis são amorais, e, portanto, mesmo que tenha todas as razões do mundo para excluir sua mãe...

Se uma destas leis forem violadas, a pessoa colherá o efeito em sua vida, normalmente fracassando, tendo uma vida pesada e adoecendo.

A mãe representa a vida, nela a vida se manifesta após 9 meses, no nascimento da criança.

O oposto da exclusão, obviamente é a inclusão.

Quando uma pessoa concorda com o jeito da mãe, e com toda a história como ela foi, consegue receber tudo o que a mãe pôde dar.
Ao fazer isto sentindo, ela se abre ao sucesso.


Pois quem se alegra com a mãe é capaz de se alegrar com a vida e, consequentemente, o sucesso se torna constante em sua vida.

Este movimento para a mãe é difícil, não vou lhe enganar. Claro que olhar para as feridas, e para o ego, não é fácil. No entanto, é simples.

Se formos voltar para o passado, a criança de 2 aninhos de idade, só queria estar perto da mãe, afinal, a mãe é o mundo da criança.

E todas as pessoas passaram por isto, o desafio é voltar a ter este tipo de postura perante a mãe.

Sem arrogância, que de forma sucinta representa a dificuldade de pedir, ou de ser humilde.

Afinal, na presença dos pais, somos pequenos.

O que vejo na imensa maioria das constelações que faço e nos atendimentos em terapia, é que a pessoa sente pena, mágoa, raiva e exige da Mãe outra atitude.

Pessoas que têm muita dificuldade de pedir, e se colocam acima dos pais...

Elas muitas vezes se sentem vazias, solitárias e carregam um grande peso.

Sempre em busca de reconhecimento dos outros, e se esforçam muito, para terem pouco ou nenhum resultado efetivo.

Este é o resultado, quando se exclui a mãe, gera-se um mau efeito e leva a pessoa ao fracasso.

Como resolver?

Voltar-se para a postura da infância e para isto é preciso abaixar as barreiras, do julgamento, queixa, exigência, crítica, pena, raiva e mágoa. Para conseguir tomar, ou receber tudo o que a mãe deu, de forma integral.

Pois se cada pessoa tem uma mãe específica e um lugar exato na ordem dos irmãos (mais velho, do meio e caçula)...

Deve existir uma razão maior para isto acontecer, não é mesmo?!

Mas, lembre-se, a vida é amoral, e para ter sucesso, leveza, alegria e abundância, necessariamente é preciso avaliar se nenhuma lei está sendo ferida.

Para ver se está ferindo alguma lei, repare nos seus resultados.

Comece pela base, a vida se inicia na mãe.

Receber a mãe é estar aberta para receber o sucesso.

Caso queira a minha ajuda para tratar esta questão, vou deixar alguns possíveis caminhos.

Mas, antes disso, gravei um vídeo no meu canal do Youtube, que é uma Aula Experimental sobre a Reconexão com a Mãe, para assistir CLIQUE AQUI aproveite e se inscreva no meu canal, vou adorar te ver por lá também.

Fiz um Workshop Teórico Vivencial, com exercícios terapêuticos, voltado para trabalhar o relacionamento com a mãe, através da visão sistêmica ele se chama Minha mãe, eu e o meu ego para adquirir CLIQUE AQUI
 
Caso queira agendar uma Constelação Familiar com Bonecos comigo CLIQUE AQUI 
 
Cuide-se com amor!

Abraços.

Instagram CLIQUE AQUI
 
Adriana Mantana
 
Texto Revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 183


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Adriana Mantana   
Terapeuta Junguiana, Consteladora, Renascedora, Terapeuta de Integração Emocional®, Especialista no Arquétipo da Grande Mãe, Facilitadora do Jogo Maha Lilah, Terapeuta ThetaHealer®, Terapeuta de Barras de Access, Floral de Bach, Radiestesista, Cromoterapeuta, Mestre em Reiki Usui, Cristaloterapeuta, Giver Deeksha, Ativista Quântica.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Psicologia clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa