auravide auravide

O NÃO que liberta

por Maria Ivone Neto Mourão

Publicado dia 11/12/2008 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Sempre tive muita dificuldade em lidar com o NÃO. Em aceitar e dizer o NÃO. Felizmente, dei um salto enorme e aprendi que o NÃO é tão ou mais saudável e necessário que o SIM.


O NÃO me conduziu com serenidade ao caminho do desenvolvimento que começa com a decisão e a quebra de bloqueios. A certeza lhe dá forças para lutar, definir metas, traçar estratégias e tecer um processo de reprogramação de seus projetos e da sua vida. É outra postura, uma nova atitude com o NÃO que ensina e amadurece.


Muitas vezes temos medo de magoar com o NÃO e vamos adiando decisões importantes. A intuição vem, sinaliza, chama e mostra que a oportunidade é agora. É no presente que construímos as bases do futuro. O NÃO traz o SIM como a noite, o amanhecer.


Aprender a dizer NÃO para si mesmo é um dos passos mais importantes que aprendi na minha vida. Hoje vejo quantas vezes esse bloqueio me travou e como o NÃO verdadeiro liberta. E que maravilha essa convicção!


Abri uma janela para um horizonte amplo e sei que tenho potencialidade para voar. Sinto-me em uma trilha de evolução e o topo da montanha não me assusta; pelo contrário, me desafia a seguir andando com persistência. Outro elemento essencial que por tantas vezes deixei de lado, a intuição, é fator determinante hoje em meu cotidiano. Disciplina para cultivar a espiritualidade é outro ponto vital.


O NÃO pode até lhe paralisar por um tempo, mas traz inquietude e reflexão e esse ciclo, que pode até ser muito conturbado, é uma ponte que precisamos atravessar. O abismo está dos dois lados dela, mas há a possibilidade de seguir adiante e muito mais fortalecido. É aqui que entra a força e a gratidão, principalmente, com amigos que não apenas afagam, mas que o motivam a acreditar no seu poder de mudar.


Atravessei a ponte e sei que muitas outras virão. A vida é assim, recheada de acontecimentos para nos fazer crescer em todos os sentidos. Revendo os fatos e emoções da experiência do NÃO, constato que há “um divisor de águas” nesse capítulo especial de minha história: Como eu enxergava e lidava com o NÃO antes e agora. E como é saudável e belo o aprendizado de que somos mais fortes, inteligentes, intuitivos e criativos para vencer as dificuldades e superarmos até nossas próprias expectativas.


O NÃO traz o compromisso com o SIM. O SIM que nos indica que somos os roteiristas do nosso filme e que cada cena é um passo para conquistarmos nossos sonhos. Obrigada de coração por todos os NÃOs.

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 17

foto-autor
Sobre o Autor: Maria Ivone Neto Mourão   
Sou aprendiz escrevendo o roteiro de minha estrada. ivonecordeiro.blogspot.com www.marcosturbo.com.br
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa