auravide auravide

O novo marketing: o marketing das sensações



Estamos numa era onde as pessoas cada vez menos pensam por si só. Não há mais tempo para a observação verdadeira. Cada um em sua correria diária está somente preocupado em cumprir tarefas. O mercado mudou e continuará mudando num ritmo super acelerado e vender nesta nova era é algo que precisa acontecer de forma rápida e moderna, principalmente através de imagens de vídeos.

Hoje em dia aquele que vende mais não é mais aquele que é necessariamente o melhor e sim o que aparece visualmente na frente. Com a falta de tempo, as pessoas mudaram seus hábitos de consumo. O novo marketing consegue vender muito mais através de sensações, ao invés de informações como era antigamente. As pessoas estão em um ritmo muito acelerado e, portanto, ninguém mais tem tempo nem paciência para pesquisar e analisar. As pessoas só querem resolver seus problemas. Ticar mais um item em suas listas.

Marketing hoje funciona quando a propaganda gera uma sensação direta e imediatista nas pessoas. As emoções que são geradas nas pessoas, levam-nas para o consumo. A apelação nunca esteve tão forte. Vídeos que mostram histórias que emocionam, por exemplo, causam uma sensação de algo mais verdadeiro, algo que as pessoas buscam lá no fundo e, portanto, as empresas que patrocinam histórias desse tipo vendem muito mais. Vendem um valor humano, não somente um valor monetário.
Com a questão do tempo reduzida, as pessoas querem tudo mastigado, ninguém tem mais paciência para ler um bom artigo, elas preferem que a lição esteja mastigada e resumida em poucas palavras ou através de alguém ou um vídeo que vá diretamente ao ponto. Aquele marketing explicativo já era, é preciso aprender a vender de forma indireta.

Gerar sensações de resolução de problemas faz com que as pessoas comprem os produtos. As embalagens precisam transmitir a sensação de algo bom, gostoso, belo, confortável. Se não for dessa forma, não se vende. É por isso que estamos na era do improviso nas redes sociais onde pessoas vendem mais por serem sinceras e irem direto ao ponto falando de suas experiências pessoais e gerando assim a sensação de igualdade, alguém que "é como eu" ou alguém que tem "o mesmo problema".

Tudo mudou e é preciso continuar mudando, faz parte da evolução. Hoje o que se vende é a ideia gerada através da sensação de que algo ou alguém me entende ou vai me ajudar. Portanto, se você deseja vender mais, renda-se à nova fórmula ou vai ficar de fora. E lembre-se: hoje o importante é aparecer primeiro, isso significa ser achado rápido e facilmente e a qualquer hora. Esteja nas buscas da internet, esteja ao alcance do celular, no whattsApp etc.. Ao fazer uma busca, as pessoas querem logo a resolução. Se não conseguem fechar logo negócio em um lugar, procuram facilmente outro e acabam com o problema.

Estamos numa nova era que pode e deve ser usada a nosso favor.

www.cristinalonghi.com.br

Publicado dia 11/5/2018
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstar Avaliação: 3 | Votos: 251



foto-autor
Autor: Cristina Longhi    
Sou Terapeuta, Programadora Neurolinguista, Escritora e Comunicadora da Rádio Mundial. Atuo como terapeuta nas questões relacionadas a baixa estima, medos, ansiedades, traumas e questões relacionadas a relacionamentos no geral. Atendo adultos, adolescentes, casais e crianças. Autora do livro Anjos e Mentores, Lei da Atração para Crianças e outros.
E-mail: jornadasdaalma@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa