Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

O Solo da Inocência

por Alessandra França
O Solo da Inocência

Publicado dia 6/11/2012 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Enquanto estamos mergulhados na singela inocência, podemos experimentar a doçura de uma vida alegre, perfumada pela naturalidade das descobertas infantis. Um mundo novo se desnuda a cada instante, a cada brincadeira, a cada toque e em todos os sabores... Ah! Como é bom ser criança...
Como é bom viver com o frescor do desabrochar de uma criança! Como é bom poder brincar, falar, ser e viver como criança.
Como é boa a sensação de ter todo o tempo e o mundo a ser desbravado, sem pressa nem pretensão.

É possível aos adultos pisar novamente no solo da inocência?
Acreditar que existe uma criança interna que necessita de brincadeiras, de carinho, afagos e poder deixá-la surgir pode ser um verdadeiro presente para todo adulto.

Quando vemos as atrocidades que alguns adultos vêm cometendo quando sofrem suas perdas, é possível perceber a grande falta das vivências da infância.
Crianças que não brincam exercendo os papéis de mocinhos e bandidos em seu mundo de imaginação, quando não aprendem a decidir sozinhas quem será o líder em suas brincadeiras, quando não aprendem a lidar com as frustrações das perdas, quando não aprendem a ceder à decisão da maioria dessas escolhas, crescem adultos intelectualmente desenvolvidos e emocionalmente infantilizados onde seus atos diante das frustrações se apresentam como birras daquilo que não foi corrigido no devido momento. As consequências de suas pirraças podem vir a ser danosas, muitas vezes cruéis, é o que vemos em crimes passionais cada vez mais comuns.

O que fazer para mudar essa situação?

É preciso cuidar das emoções, exercendo um profundo conhecimento de si mesmo, pois somente desta forma é possível ao ser humano exercer controle sobre os impulsos que surgem.

As emoções e sentimentos devem ser um ponto a ser cuidado com grande zelo por todos, principalmente nas nossas crianças, caso contrário, encontraremos adultos cada vez mais infantilizados que resistem em amadurecer.

Ser uma criança com tantas atribuições e responsabilidades desenvolve adultos infantilizados, ou seja, homens com um bom intelecto e bem desenvolvidos no campo mental, mas que diante de suas frustrações e dos "nãos" recebidos pela vida reagem com uma agressividade descabida e incontrolada ou com a depressão de quem não quer reagir pela superação que a circunstância exige.

Ser criança é "ser criança", é brincar no mundo do faz-de-conta, experimentar os papéis da vida, representando a futura vivência familiar, ora sendo o papai ou a mamãe, ora sendo o super-herói, ora sendo o vilão, pois experimentando esses arquétipos, é possível amadurecer emocionalmente de forma saudável e viver com mais plenitude a alinhamento mental-emocional.

As crianças que crescem sem conhecer os "nãos" chegam à vida adulta inseguras, sentindo-se vitimizadas diante das situações em que a vida lhes nega seus intentos. Não há mal em dizer "não" ao filho, não há mal em permitir que eles lidem com as frustrações escolares, fraternais e familiares, pois essas crianças serão adultos muito mais resilientes na vida adulta e estarão muito mais preparados para vivenciar as experiências.

Para o adulto que faz do obstáculo o fim da linha e vive à espera de um pai e de uma mãe que lhe resolvam os problemas (mesmo sabendo que isso não ocorrerá) resta a revolta ou o desânimo. No entanto, quem faz dos obstáculos degraus para seu desenvolvimento alcança resultados muito mais otimizados e duradouros.

Que os momentos da infância sejam uma verdadeira celebração a essas sementes do futuro, e que nós, adultos, possamos viver com a expectativa e espontaneidade de uma criança e o amadurecimento e sabedoria que a vida pode trazer.

A todas as crianças ansiosas por felicidade, que trazemos dentro de nós, dedico este texto.

Participe da palestra on line gratuita Avante! Como aumentar sua Qualidade de Vida. Onde abordaremos esse tema com mais detalhes. Inscreva-se neste link  https://www.eventials.com/pt-br/Auditoriodalma/avante-como-aumentar-sua-qualidade-de-vida/

Texto revisado
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 33

Sobre o Autor: Alessandra França   
Life Coach, especialista em Inteligência Emocional nos Relacionamentos, Ativista Quântica, Escritora, Prática em Filosofia e Metafísica Aplicada, Técnicas energéticas e vibracionais (Quantum Touch, Florais e Reiki Integrativo Quântico). Fundadora do site Auditório da Alma com a missão de levar Desenvolvimento Humano sem fronteiras.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa