auravide auravide

Os estragos dos traumas de infância na vida de uma pessoa


Facebook   E-mail   Whatsapp

Os traumas de infância em muitos casos são esquecidos, mas os efeitos que trazem para a vida adulta são visíveis e permanentes, enquanto estes não forem vistos, limpos e elaborados.

Toda criança deseja desesperadamente o amor e a atenção da mãe. Quando este não é concedido seja por um motivo ou outro, a criança estará fadada a levar esta desnutrição emocional durante toda a sua vida.
Muitas pessoas me procuram para aliviar um sintoma atual, o que é totalmente plausível, mesmo porque quando a dor bate à porta em muitos casos, esta dor já está insuportável.

O que oriento em meu consultório é que este sintoma vem de um passado longínquo, em muitos casos “esquecidos” e “suavizados” pelo tempo.

Assim como a desnutrição física pode gerar a morte, a desnutrição emocional também. Mas, trata-se de uma morte em vida, onde a pessoa perde a vitalidade, alegria, paixão e gosto de viver.

Uma planta quando não é adubada e irrigada, ela morre; o ser humano passa pelo mesmo processo, por falta de amor. E este amor é bem específico, pois me refiro ao amor materno.

O que a mãe fez não foi suficiente para a criança, embora tenha parecido ser suficiente pela mãe.

Quando a pessoa cresce, ela se torna carente, insegura, ansiosa, medrosa, com baixa autoestima, agressiva etc.

Um bebê nasce ávido por amor, carinho e atenção, mas, ao chegar neste mundo, a primeira coisa que consegue é o trauma de nascimento.

Pois a maioria dos partos são cesáreas e normais no hospital.

O único parto que é mais leve e amoroso para o bebê é o parto natural, feito em casa e na presença dos familiares.

O útero é o lugar perfeito para todos os seres humanos, dentro dele o ser encontra alimento e contato direto com a mãe, durante os 9 meses. Um verdadeiro Éden.

Ao nascer a ligação visceral entre mãe e filho é imediatamente rompida. Imagine o desespero da criança? Você também passou por isto, mas não se lembra.

Hoje pode se achar insegura (o), ansiosa (o), com muito medo e baixa autoestima, por conta deste primeiro trauma.

Não subestime o trauma de nascimento.

Depois do nascimento, todos os bebês foram submetidos à primeira infância, que normalmente não teve os nutrientes afetivos necessários da mãe.

Como eu sei disso?

Pelo fato de você estar lendo este artigo, e por todos os anos de atendimento que trago. Além de minhas próprias experiências.

Não existe um único ser humano que não deseja ser amado.

Esta é a ferida principal, falta de amor.

E por conta desta ferida, as pessoas se tornam agressivas, passivas, carentes etc., embora tentem de “tudo” para melhorar.

Tudo isto para ter o amor da mãe.

Então, quando uma pessoa se sente desvalorizada por alguém, a verdade é outra.

A criança não tem culpa nenhuma, mas ela assume a responsabilidade e se torna leal a mãe. O que gera outro problema para ela.

Em outras palavras, quando uma pessoa se sente desvalorizada pelo parceiro (a) por exemplo, ela na verdade busca a valorização, que ela não teve da mãe na infância.

Parece complicado, mas saiba que se isto for restaurado, a pessoa se libertará deste grilhão que a prende, no medo de perder, medo de não ser aceita ou amada pelo outro.

Pois aquilo que estava machucando, com relação à
mãe, foi suprido.

Uma pessoa que tem traumas por rejeição, abandono, desvalorização, abuso, falta de importância, não ter sido ouvida na infância pela mãe, pode desenvolver uma série de problemas:
  • Vícios
  • Gula
  • Álcool
  • Drogas
  • Carências
  • Sensação constante de solidão
  • Insegurança, medo, ansiedade
  • Baixa autoestima e baixa autoconfiança
A lista é grande.
Tudo começou no nascimento e perdurou na infância.

Algumas pessoas passaram por dores tão difíceis em sua fase infantil, que se esqueceram, ou seja, o ego levou tudo para o inconsciente.

Exatamente por isto, a pessoa possuiu sintomas, e provavelmente tentou várias abordagens terapêuticas sem sucesso.

Onde há o esquecimento na infância, existe muita dor inconsciente.

E os resultados financeiros, profissionais e afetivos, só vão mudar quando a pessoa escolher ir até a raiz do problema.

A boa notícia é que felizmente existe uma saída, uma pessoa não precisa ficar sofrendo eternamente.

Estamos vivendo em uma época maravilhosa, com vários recursos terapêuticos com aprofundamento nas sombras psíquicas.

Pensando nisto abri uma vaga para o meu programa individual de integração emocional®.

Um programa com 10 sessões individuais, mais o acompanhamento diário. Justamente porque sei, que navegar nas águas profundas da psique requer um acompanhamento bem próximo.

Caso tenha interesse em entrar no programa individual CLIQUE AQUI
 
Gravei uma meditação no meu canal do youtube de limpeza e centramento, para ouvir CLIQUE AQUI aproveite e se inscreva no meu canal, vou adorar te ver por lá também.

Cuide-se com amor!

Abraços.

Instagram CLIQUE AQUI
 
 Adriana Mantana
 

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 229


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Adriana Mantana   
Terapeuta Junguiana, Consteladora, Renascedora, Terapeuta de Integração Quântica do Ser®, Facilitadora do Jogo Maha Lilah, Terapeuta ThetaHealer®, Terapeuta de Barras de AccessT, Floral de Bach, Radiestesista, Operadora de Mesa Quântica Radiônica, Cromoterapia, PNL, Mestre em Reiki Usui, Cristaloterapeuta, Giver Deeksha, Ativista Quântica.
E-mail: adrianagcl@gmail.com | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Psicologia clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa