auravide auravide

Os Fantasmas da Projeção da Mente


Facebook   E-mail   Whatsapp

A projeção psicológica é um mecanismo de defesa que poucas pessoas reconhecem como sua. A maioria delas possui esse tipo de comportamento para esconder uma certa carência psicológico-emocional advinda de resultados de experiências emocionais e desafios relacionados a elas.

Estas experiências ficam registradas nos corpos astral e mental. Diante de determinada pessoa, então, projetamos nosso inconsciente nela para interpretar o que ela nos passa de positivo ou de negativo.

A repressão emocional pode ser uma das causas dessa projeção. Gera raiva, agressividade, culpa e frustração. Pode ocasionar problemas na expressão emocional, na criatividade e na comunicabilidade, pelo fato de que a pessoa reprimida não se conecta com a sua essência, pois nega a própria expressão emocional quando é tocada pelo objeto de sua projeção.

A idealização de um amor perfeito pode gerar na pessoa amada um ar de princesa ou príncipe encantado que com o tempo tende a se dissipar porque seres perfeitos não existem e um casal precisa vivenciar momentos desafiadores para se aperfeiçoar.

Jogos de poder carregam uma sensação de impotência que precisa ser compensada. O que quer dominar se julga sem poder; o dominado pode na realidade ser o mais poderoso deles. E quem está impotente precisa dominar para estar à altura ou melhor que o dominado e assim ganhar poder. A verdade é que ganhando ou perdendo sempre haverá um que nos suplante mais cedo ou mais tarde.

Um dos casos mais comuns é quando enxergamos algo de bom ou de ruim em alguém ou algo. Só podemos reconhecer essas qualidades quando nós mesmos temos isso dentro de nós. Nem sempre podemos ser esses bonzinhos ou esses vilões, mas podemos assumir esses papeis quando estamos sendo mal ou bem interpretados.

Por último, podemos citar os exemplos do ciúme e da inveja. Assuntos tabus. No ciúme, a pessoa sente que a outra é sua posse e de mais ninguém. Na inveja, a projeção é no sentido de que o outro tem ou é mais do que ele e quer tomar o seu lugar, ter pra si o que não se tem.

Uma análise profunda do inconsciente pode levar à cura de carências, traumas e desafios da infância de forma a fazer com que enxerguemos o outro como ele realmente é, sem os véus que recobrem a consciência.

Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 7


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Daniele Alvim   
Daniele Alvim é Escritora, Terapeuta e Professora de Aura-Soma
Visite seu Blog, Twitter e minha comunidade de Aura-Soma no Orkut.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Psicologia clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa