auravide auravide

Pensar com Exatidão

por Keli Soares

Publicado dia 5/6/2012 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Se quer ser bem-sucedido, precisa aprender a pensar com exatidão. Este hábito é o fundamento de todas as realizações de sucesso. Entender a diferença entre raciocínio indutivo e dedutivo parece ser interessante para quem quer instalar esse hábito em sua vida.
O raciocínio indutivo é utilizado quando não há fatos para embasar o seu pensamento. Neste caso, temos que agir a partir de hipóteses ou simplesmente pelo que você pensa que são os fatos. É preciso ter cuidado com este tipo de raciocínio porque a realidade não é o que vemos. O que vemos é somente o que vemos.
O raciocínio dedutivo é usado quando temos os fatos para embasar nosso pensamento.
Precisamos separar o que é evidência e o que é boato e ter clareza de quando estamos lidando com hipóteses e quando estamos lidando com fatos reais.

Com essa clareza, de acordo com Napoleon Hill, a gente deve separar o que é importante do que não é importante. Não vai ser surpresa alguma se descobrirmos que gastamos muito tempo com o que não é importante.
Mas o que de fato é importante?
Qualquer fato que o ajude a cumprir o seu propósito, viver feliz, realizar seus sonhos é um fato importante. Todos os outros não o são.
Afinal, "você quer ter razão ou quer ser feliz?" Às vezes, esquecemos que queremos ser felizes e nos agarramos à infelicidade. Dedicar espaço em sua vida para um amontoado de coisas não importantes nos afasta do bem-estar.

Outra coisa em que precisamos estar atentos diz respeito às opiniões das pessoas. Quanto mais bem-sucedida é uma pessoa menos inclinação ela tem para ficar emitindo opiniões desvairadas e sem fundamento.
Quando ouvir alguém fazer uma afirmação que você não sabe se é confiável, faça a pergunta: como você sabe? E permaneça firme até obter a resposta e poder avaliar se essa opinião é baseada em evidências ou em boatos. Tudo nesta vida é passível de prova e se esta não é apresentada é melhor decidir que ela não existe.

Estou transcrevendo para vocês neste post os ensinamentos de Napoleon Hill e ele propõe algumas regras que nos ajudam a burilar nossa forma de pensar:

1- Nunca aceite opiniões de outras pessoas como se fossem fatos até que conheça as fontes e evidências.
2- Lembre-se de, antes de colocar em prática, deve fazer um exame rigoroso nos conselhos que recebe, não importa de quem.
3- Alerte-se imediatamente quando ouvir alguém falando de maneira desrespeitosa ou maledicente de outra pessoa. A fala é tendenciosa e deve colocar em observação o falante. Se fala do outro pode também falar de você.
4- Faça perguntas neutras quando quiser uma informação, evite passar com a pergunta o que deseja. Por que nós, pessoas, temos uma tendência, em situações assim, de querer agradar.
5- Lembre-se que tudo no universo é capaz de prova e portanto quando esta prova não está disponível é mais seguro assumir que nada existe.
6- Tanto a mentira quanto a verdade carregam consigo um meio silencioso, invisível de se identificarem como tal. Desenvolva sua intuição para que SINTA o que é falso e o que não é.
7- Pergunte sempre que precisar buscar evidências: Como você sabe?

Lide com cada fato como ele é e não permita que seus desejos ou sentimentos tornem-se pais dos fatos. A sabedoria de Confúcio cabe aqui: "Não faça aos outros o que não gostaria que fizesse com você". Jamais julgue alguém ou uma situação baseado em boatos, ficção ou opiniões que não trazem consigo as fontes e evidências da informação. E é claro que diferencie o que é importante do que não o é.

Pensar com exatidão lhe ajuda a abrir o envelope de riquezas e fechar o das penalidades. Ajuda-o a criar e manter relacionamentos saudáveis, a se sentir íntegro, fortalece a auto-estima pois é uma atitude de integridade.

Vamos todos os dias exercitar o pensamento com exatidão?

Abraços a todos!

Keli

Texto revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 35

foto-autor
Sobre o Autor: Keli Soares   
Pós-graduada em Gestão de Pessoas; Graduada em Psicologia; Formação na Abordagem Ericksoniana, Abordagem Estratégica; PNL e Coaching. Psicoterapia, hipnoterapia, terapia breve. Analista de PI (Predictive Índex) – Arquitetura Humana – Brasil. Treinamento e consultoria na área de Gestão de Pessoas.
E-mail: kelisoares@hotmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Pontes Imagináveis
artigo Auto avaliação
artigo Recado espiritual de um Amparador Budista
artigo O que significa viver no presente?

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa