Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Psicologia Transpessoal no KennaZ

por KennaZ Centro de Terapias Integradas
Psicologia Transpessoal no KennaZ

Publicado dia 13/5/2009 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


A Psicologia Transpessoal

Como é a Terapia Transpessoal no Espaço KennaZ 

Pois bem, esta compreensão aprofundada do "espectro" da consciência é melhor dada por uma área bastante recente da Psicologia denominada Psicologia Transpessoal ou a Psicologia dos Estados de Consciência, sendo que a denominação "Transpessoal" significa "para além dos limites do pessoal". Este pessoal entenda-se como uma pequena parte de nossa consciência "consciente", classicamente denominada "ego".
Expliquemo-nos: a abordagem Transpessoal é uma área da psicologia que estuda as possibilidades psíquicas (mentais, emocionais, intuitivas e somato-sensoriais) do ser humano pelos diferentes estados ou graus de consciência pelos quais passa a pessoa. Para se ter idéia do que seja estados de consciência, lembre-se que o estado de consciência de quando se está acordado é diferente do estado de consciência de quando se está dormindo; que o estado de consciência de quando se resolve um problema de matemática é diferente de quando se assiste a um filme, etc. Em cada um desses estados de consciência (que são vários, alguns ainda desconhecidos) é experimentada uma forma diferente de se perceber ou interpretar a realidade; quando estamos com raiva ou frustrados percebemos o mundo de uma maneira muitíssimo diversa da de quando estamos apaixonados.
A Psicologia Transpessoal, portanto, volta-se para o estudo desses diversos estados, não os encarando como contrários, mas como complementares, dando, porém, especial ênfase àqueles estados de consciência superiores, espirituais ou "transpessoais", porque em tais estados o sentimento de separação e de egoísmo tornam-se segundo plano em relação a um sentimento e identificação mais ampla, cooperativa, fraternal, transpessoal para com todos os seres vivos (consciência crística, búdica, nirvânica, universal ou ecológica). E foram exatamente os grandes mestres, quer religiosos (Cristo, Buda, Francisco de Assis), quer científicos (Einstein, Tesla, Heisenberg), quer políticos (Gandhi, Luther King), quer artísticos (Bach, Da Vinci) que experimentaram, em graus variáveis, picos de "Consciência Cósmica" que mudaram não só suas próprias percepções da realidade, como ajudaram a outros - embora de modo diferente, pois a experiência não pode ser facilmente posta em palavras - a atingirem ao menos uma intuição desta "outra maneira de ver e sentir" o mundo, natural e humano.
Vejamos a descrição, feita por Stanislav Grof, de experiências correlacionadas com o declínio de uma patologia (extraído, com comentários meus, de Fadiman & Frager, 1986, página 168):

"No estado de consciência normal ou usual, o indivíduo se experimenta existindo dentro dos limites de seu corpo físico (a imagem corporal), e sua percepção do meio ambiente é restringida pela extensão, fisicamente determinada, de seus órgãos de percepção externa; tanto a percepção interna quanto a percepção do meio ambiente estão confinadas dentro dos limites do espaço. Em experiências psicodélicas (área explorada por Grof em fins dos anos 50, na Tchecoslováquia, e nos anos 60 nos EUA) de cunho transpessoal, uma ou várias dessas limitações parecem ser transcendidas (este fenômeno também se encontra, de modo esporádico, nas várias terapias psicológicas, tendo recebido nomes como "Experiências Oceânicas" em Freud, "Experiências Culminates" em Maslow, "Consciência Cósmica", em Weil, "Experiência Mística", etc).  Em  alguns casos, o sujeito experiencia um afrouxamento de seus limites usuais de ego e sua consciência e autopercepção parecem expandir-se para incluir e abranger outros indivíduos e elementos do mundo externo. Em outros casos, ele continua experienciando sua própria identidade, mas numa percepção de tempo diferente, num lugar diferente ou em um diferente contexto. Ainda em outros casos, o indivíduo pode experienciar uma completa perda de sua própria identidade egóica e uma total identificação com a consciência de uma outra entidade. Finalmente, numa categoria bastante ampla dessas experiências psicodélicas transpessoais (experiências arquetípicas, união com Deus, etc.), a consciência do sujeito parece abranger elementos que não têm nenhuma continuidade com a sua identidade de ego usual e que não podem ser considerados simples derivativos de suas experiências do mundo tridimensional."

Dra.Annah Carollyne é sensitiva e facilitadora dos grupos reconexão.

Espaço KennaZ possui grupos de trabalho na linha transpessoal

Informações [email protected]

Texto revisado por Cris


Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 9

Sobre o Autor: KennaZ Centro de Terapias Integradas   
Terapeuta Experiente atende Individualmente e Instituições. Atua na linha Transpessoal & Arquetipica,tem formação como Psicopedagoga,Psicologa,Astropsicóloga e é Dra.em Antropologia Social,e Facilitadora em Biodança pela Internacional Biocentric Foundation Escola de SP.Radiestesista e kabashterapia. Kabalista e Engenheira dimensional numeróloga
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa