auravide auravide

Quem briga com a mãe, briga com o sucesso


Facebook   E-mail   Whatsapp

O sucesso tem uma relação direta com um relacionamento bem resolvido com a mãe. Para chegar nisto, Bert Hellinger observou e analisou vários casos.

Sei que para as pessoas que tiveram uma infância mais complicada, pode gerar revolta, frustração e raiva.

Mesmo assim, a natureza é amoral e por mais que a infância tenha sido difícil, se esta pessoa não resolver isto internamente, passará a vida com peso e dificuldade.

Se este é o seu caso, permaneça comigo até o final, vou sugerir possíveis caminhos, caso queira tratar esta questão na raiz.

A vida surge por meio do útero de uma mulher.

Não existe uma incubadora de seres humanos, como no filme Matrix, pelo menos não agora.

E não sei se isto, algum dia, será possível. Mas em se tratando desta realidade atual, todos nós viemos do útero de uma mulher.

Esta mulher que se tornará mãe será uma mãe possível, o resto é ilusão do ego, que tem o modelo de uma mãe ideal.

Ou seja, um modelo da mãe perfeita.

Por mais que uma mãe faça, ela está sujeita a erro. E os erros acontecem constantemente, afinal, não somos robôs, somos seres humanos.

Os problemas acontecem, por conta dos julgamentos e críticas do ego infantilizado, que não aceita a realidade como foi.

Obviamente, se a pessoa tem alguma dor mais profunda ou trauma, sugiro que faça terapia. Pois pensar que isto, se resolverá num passe de mágica, é uma ilusão imensa.

O tempo não cura nada, ele só adia o que lá na frente precisará ser visto, limpo, elaborado e integrado. Quer o ego goste ou não.

O ego tem escolhas, em perdoar ou não?

“Sim”, pode adiar este processo de autocura até que o corpo, tenha somatizações. Ou seja, manifeste vários tipos de doenças.

Estes dias, alguém entrou no meu direct e perguntou: E se a mãe negar o filho, como é que fica?

A mãe não precisa do filho, mas o filho precisa da mãe.

Basta olhar para a natureza.

O rio não sobe cachoeira acima, ele flui com a correnteza, que vem de cima para baixo.

Em outras palavras, os ancestrais são como as cachoeiras, que alimentam o rio e o fluxo da vida.

Nadar contra correnteza é uma aberração.

A mãe por mais humilde que seja, ela é a fonte, pois a vida veio dela.

Digo a mãe, mas o pai também é uma fonte muito importante.

Precisamos deste alinhamento com os dois.

O pai representa a ação, o fazer, a troca com o mundo, o dinheiro e o trabalho.

A mãe tem a face do sucesso.

Então, por mais que a pessoa tenha dificuldade com os pais, se ela deseja ter sucesso, leveza e alegria, seria prudente, olhar para as pendências internas com humildade e trabalhar, no que se requer, para resolver as dores emocionais com ambos.

Se a vida não se apresenta como a pessoa gostaria, basta olhar a para a relação com os pais, tem alguma coisa que precisa ser vista, elaborada e integrada. Senão a pessoa teria de VERDADE facilidade e alegria, em todos os sentidos.

Não adianta pensar que se tem uma boa relação com os pais, necessariamente é preciso sentir.

Sem julgamento, nenhuma crítica, exigência ou condenação.

Você pode estar pensando que isto é impossível, mas eu posso afirmar que não.

Pode dar um certo trabalho, mas quando se tem técnicas, abordagens e ferramentas terapêuticas adequadas, este salto acontece.

E caso queira trabalhar estas questões com a minha ajuda, vou deixar alguns possíveis caminhos para você.

Mas antes disso, gravei uma palestra bônus, no meu canal do YouTube, para ter acesso a este conteúdo exclusivo, sobre a Reconexão com a mãe CLIQUE AQUI aproveite e se inscreva no canal, vou adorar te ver por lá também.

Fiz um Workshop sobre: Minha mãe, eu e o meu ego, para ter acesso a ferramentas, técnicas e processos, adquira o seu acesso CLIQUE AQUI

Cuide-se com amor!

Grande abraço.

Instagram CLIQUE AQUI

Adriana Mantana

Texto Revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 246


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Adriana Mantana   
Terapeuta Junguiana, Consteladora, Renascedora, Terapeuta de Integração Emocional®, Especialista no Arquétipo da Grande Mãe, Facilitadora do Jogo Maha Lilah, Terapeuta ThetaHealer®, Terapeuta de Barras de Access, Floral de Bach, Radiestesista, Cromoterapeuta, Mestre em Reiki Usui, Cristaloterapeuta, Giver Deeksha, Ativista Quântica.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Psicologia clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa