auravide auravide

Sobre o propósito de perdoar


Facebook   E-mail   Whatsapp

Por conta de toda a tradição judaico-cristã de nossa sociedade, o perdão tem uma forte relação com a religiosidade em nosso contexto cultural. Um dos momentos marcantes desta construção de Significante é registrado no Novo Testamento quando Jesus se expressa: “Pai, perdoa-lhes: não sabem o que fazem” (Lucas, 23, 34).
A frase é extremamente significativa quando examinamos as condições em que ela teria sido dita. Um homem em extremo sofrimento, sendo atacado e injuriado, ao invés de se revoltar, abre mão de seu próprio Ego e entra em contato com o Pai (o Self, sua conexão com o sagrado mais profundo de si) para se livrar de um último apego de sua realidade imediata.
Ao dizer que “não sabem o que fazem”, faz-nos reconhecer o quanto nos deixamos confundir pelo nosso Ego, que na maioria das vezes se torna o legislador em causa própria para garantir suas cotas de prazer ou de pura vingança, uma vez que se sente fragilizado na construção da imagem que tem de si, não se permitindo olhar para dentro, no fundo da própria alma, para reconhecer-se muito além das aparências que a construção social de nossas máscaras nos impõe.
Não seria errado fazer uma sutil paráfrase e afirmar, sem medo de errar, que o propósito de Jesus teria sido de dizer: “Perdoai-vos uns aos outros, como eu vos tenho perdoado”. O perdão, por assim dizer, tem uma forte conexão com o Amor incondicional. É diferente de desculpar (tirar a culpa). Tem mais a ver com doar, entregar, ceder, ou seja, abrir mão de seus próprios desejos e pulsões em favor de uma libertação.
Quando alguém perdoa está exercendo o amor incondicional. Francesc Torralba diz que o perdão é uma escolha, um estilo de vida e um processo. Ou seja, é um movimento em direção ao outro e a si mesmo.
E o filósofo espanhol toca num ponto nevrálgico da questão ao afirmar: “O propósito primordial do perdão é nos libertar dos efeitos devastadores da raiva e do rancor” (TORRALBA, 2015, p. 126).Uma paciente comentou comigo: “Já perdoei a traição de meu marido, mas quando entro no período pré-menstrual volto a lembrar de tudo”. Certamente que a lembrança vem acompanhada de todas as emoções negativas que ainda estão presentes em seu íntimo (a raiva e o rancor).
Quando lhe perguntei se ela não pensava também em perdoar-se, olhou-me com uma cara de espanto. Teria ela alguma culpa de toda aquela situação ter acontecido e por isso ainda não se perdoara? O perdão não é dirigido apenas ao outro, para fora de si, mas principalmente para dentro, para perceber que nosso olhar, quando fixado apenas no Ego, é extremamente limitado e limitador.
Para se ter uma compreensão maior do significado do perdão é preciso estar disposto a reconhecer as próprias faltas, as próprias ausências, seus vazios, para neles encontrar o silêncio necessário para a expressão do amor.

REFERÊNCIAS DA BÍBLIA DE JERUSALÉM. Novo Testamento e Salmos. São Paulo, Edições Paulinas, 1985.TORRALBA, Francesc. O valor de ter valores. Tradução de Camila Bogéa. Petrópolis, Vozes, 2015)
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 13


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Camilo de Lelis Mendonça Mota   
Terapeuta Holístico, CRT 42617, Psicanalista, Mestre de Reiki, Karuna Reiki, Terapeuta Floral. Atendimento terapêutico em Araruama-RJ, São Pedro da Aldeia-RJ e Saquarema-RJ com hora marcada Tel. (22) 99770-7322. Visite também o site www.camilomota.com.br
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Psicologia clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa