Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Usar o tempo

por Paulo Salvio Antolini
Usar o tempo

Publicado dia 12/6/2012 em Psicologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


A mãe pede para a filha arrumar sua cama. Está armada a confusão. Muitas reclamações, muitas chamadas de atenção e algum tempo depois a garota vai, mesmo que a contra-gosto, tira todos os lençóis da cama e os joga na cadeira, estende o lençol de baixo, prende-o no colchão, balança o lençol de cima e vai dando a volta na cama, alisando e tirando as pregas, deixando-o liso e arrumado. Bate o travesseiro e coloca-o na cabeceira da cama. Pronto, está arrumada. Quanto tempo gastou? Para arrumá-la, menos de cinco minutos, mas quanto desgaste e "bate boca" inútil para decidir fazê-lo!

A garagem está um tumulto, ferramenta solta por todos os cantos, parafusos e porcas misturadas. Está assim há muito tempo. Ele levantou cedo, foi para lá. Começou recolhendo as ferramentas e pondo-as em um canto. Passou para a separação de parafusos e porcas, assim como de outros pertences e espanou a bancada, começou a guardar tudo em seus devidos lugares e então lavou a garagem. Olhou no relógio e assustou-se com o tempo que levou. Muito pouco para o que achava que daria um trabalhão.

Na escrivaninha, não há espaço para que se possa assinar um cheque, pastas e papéis amontoadas de tal forma que achar algo ali leva tempo. Sempre o mesmo refrão: "Não tenho tempo para colocar as coisas em ordem", "Tenho muito trabalho, estou sobrecarregado". Mas há uma que realmente atrapalha demais: "Não sei nem por onde começar". Esta afirmação tira a energia de qualquer pessoa.

O orçamento está estourado. Tanta coisa para pagar e tão pouco dinheiro entrando, mas ante a indagação de qual será o montante a ser acertado a resposta é: "nem sei, preciso somar". Se nas citações acima existe a desorganização interior atuando, aqui soma-se o temor, o medo que impede de olhar o quadro todo, como se isso mudasse a realidade: o valor total a ser pago.

Fazer o que precisa ser feito, organizar-se, dar direção útil às nossas ações. Estamos fazendo isso? Observem quanto tempo é desperdiçado em queixas e reclamações, em se buscar culpados e dar justificativas, como uma que ouvi de um gerente há muito tempo: "Estou trabalhando muito e produzindo pouco!".

Se a vida está um caos, pare e faça uma lista de tudo que você precisa realizar. Não tenha receio de ela fique demasiadamente grande e comece observando o que é prioridade. Veja se você pode fazer algo efetivo para resolver o item analisado. Se não, passe para outro item. Mas inicie e termine o que começou. Começar muitas coisas ao mesmo tempo e terminar todas é privilégio de muito poucas pessoas. E pelo jeito, o dono desta relação não é uma delas. Comece e vá até o final.

Evite ficar se queixando, lamuriando-se. Apenas faça o que é preciso. Ao terminar o dia, observe se ele está melhor do que quando começou. Veja o quanto você avançou. A dificuldade para fazer as coisas está atrelada à indisciplina interior. Aja dependendo apenas de você mesmo. Não fique esperando dos outros o que cabe a você resolver. Na casa, faça um cômodo de cada vez. No trabalho, faça uma gaveta de cada vez, mas o segredo é: FAÇA! Use bem o seu tempo na construção efetiva de sua vida.

Não é fácil. Muitas vezes nos depararemos com situações que não consideramos justas, mas fazer a vida justa depende muito da interpretação dada pelas pessoas às situações vividas.

Reafirmo aqui que não tenho pretensão de escrever auto-ajuda. Portanto, experimente e, se realmente perceber que o que estou dizendo procede, aplique em sua vida. Se não, desconsidere e busque outra forma, mas não fique parado ou girando em círculos. Usar o tempo a nosso favor, tê-lo como nosso aliado e não nosso algoz é o que realmente importa. E quando sentir que algo interno está atrapalhando, não desista. Siga agindo e tenha a convicção de que saberá distinguir o que é importante do que não é. Vida e tempo não se separam, por isso usufrua de forma adequada do tempo que você tem e, com certeza, sua vida será bem melhor vivida.

Texto revisado
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 10

Autor: Paulo Salvio Antolini   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Você tem realmente esse tal Livre Arbítrio?
artigo Contrato com a morte
artigo Estesia
artigo A mudança deve ser interna

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa