auravide auravide

PERDOA VIDA!



Perdoa vida
Por muitas vezes não sentir
Tua presença querida
Aqui, bem dentro de mim.

Perdoa se desperdicei momentos,
Se joguei-os de encontro aos ventos,
Esquecendo-me do pulsar constante
Onde cada segundo é importante,
Esquecendo-me do quanto és perfeita,
Se perdi preciosas lições...

É que, às vezes,
Dentro desses limites humanos
Eu me esqueço de olhar
A tua perfeição:
Os teus dias se passarem
Trazendo a chuva, a tempestade
Que lava e irriga o chão
E no outro dia, risonho,
O sol chegar
E a terra ir secando,
Com o seu calor, com o seu amor,
Dando-nos preciosa lição
Para transcender os limites
E saber que o que existe
É tão perfeito e faz sentido:
Se hoje chove lá fora,
Amanhã o sol tornará a brilhar,
Se hoje eu estou chorando,
Com certeza, amanhã irei sorrir...
Se eu vejo alguém partir,
Com certeza,
No novo sol a raiar
Com esse ser querido
Eu irei reencontrar!

Porque nada é perdido
E tudo faz sentido
No teu constante pulsar,
Tudo é um eterno caminhar,
Que nos leva
Para as trilhas da sabedoria,
Só é preciso saber e querer
Estes caminhos percorrer...

Vida, tu és constante
Em teus movimentos,
És sábia em tuas lições
Vida, só não te entende
Quem não te sabe apreciar
Só não te valoriza
Aquele que desaprendeu a amar.

Rita Palhares
Publicado dia 6/2/2009
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 10




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa