auravide auravide

ALCOOLISMO E VIDAS PASSADAS


Facebook   E-mail   Whatsapp

Sessões de regressão demonstram que quando uma pessoa consome bastante álcool nesta vida é porque já consumia álcool em vidas passadas. 

O consumo de álcool parece ser um padrão de comportamento que se repete vida após vida. 

Cada vida é uma sequência da vida anterior e o prejuizo que o álcool causa no organismo é cumulativo, pois tudo fica gravado no perispírito e é repassado para o novo corpo a cada nova reencarnação. 

O álcool é um veneno que mata as células do cérebro, fígado, pâncreas, esófago, estômago, coração e é também um cancerígeno. 

Se o indivíduo não quebrar o seu padrão de consumo de álcool, a cada nova reencarnação, o indivíduo nasce com o corpo e a mente cada vez mais lesados. A  pessoa pode reencarnar com doenças físicas e mentais graves já desde o nascimento. 

Pessoas que eram normais nas suas vidas iniciais, à medida que repetem o padrão de consumo de álcool,  sofrem uma decadência física, moral e intelectual a cada nova reencarnação. 

A dependência de álcool interrompe os comandos do centro da vontade tornando seu usuários verdadeiros farrapos humanos. Como o álcool faz adormecer a consciência cada vez mais, com o tempo a pessoa perde a noção do certo e do errado. 

O espírito também é afetado, atingindo equilibrio somente através de futuras reencarnações com muitas dores e alucinações. 

Tive um paciente dependente de álcool que considerava seu consumo como "normal", "social" e apresentava as seguintes queixas: incapacidade de sentir emoções, dificuldade de ler, memória fraca, incapacidade de sonhar, pensamento empobrecido, impotência, fracassos na área sentimental, profissional e material. Dizia: "Eu não consigo evoluir". 

Na primeira vivência, foi um senhor feudal possuidor  de muitas terras e servos. Tinha uma vinha e era fabricado vinho para consumo próprio. 

Promovia quase diariamente festas regadas com muito vinho e mulheres. Não casou para poder namorar todas as mulheres. 

Um dia, uma mulher após ser usada e dispensada por ele rogou-lhe uma praga para que ficasse impotente. Ele de fato ficou impotente, passou a beber cada vez mais e morreu de uma doença venérea. 

Na segunda vivência, foi um padre no interior da França. Vivia ameaçando os fiéis com o fogo do inferno. Sentindo-se muito sozinho e culpado pelos pecados do seu povo, começou a beber diariamente até que morreu de cirrose. 

Na terceira vivência, foi um "cowboy"do oeste americano. Morava numa fazenda com o pai e a mãe.  Tinha criação de gado, cavalos e galinhas. O seu pai, porém, era alcóolatra, chegava em casa bêbado e agredia a esposa diariamente. O meu paciente também começou a beber para fugir dessa situação difícil.  Um dia não suportou mais as agressões  do pai e matou-o com um tiro na cabeça.  Continuou bebendo cada vez mais, vendeu tudo que tinha para comprar bebidas, virou mendigo e morreu durante uma crise de abstinência.

Texto revisado 
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 17


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Hee Jin Myung   
Médica psiquiatra e Terapeuta de hipnose Whatsapp (11)999584650.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Vidas Passadas clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa