Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

É tempo de depurar o espírito!

por Flávio Bastos
É tempo de depurar o espírito!

Publicado dia 10/3/2011 em Vidas Passadas

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


"A calma na luta é sempre um sinal de força e de confiança; a violência, ao contrário, denota fraqueza e dúvida de si mesmo". (Allan Kardec)

A maldade, maledicência, perversidade ou crueldade são palavras que contêm em maior ou menor grau, a essência do que elas significam para o homem, ou seja, o mal observado como uma característica que acompanha o ser inteligente desde o momento em que ele começou a fazer uso do livre arbítrio sobre a face da Terra.

Essa condição espiritual, que não é obra de nenhuma entidade "demoníaca", mas energia gerada pelas nossas escolhas através dos milênios, faz do ser humano, uma criatura que carrega consigo o traço da maldade em, praticamente, todas as suas reencarnações.

O mal que foi se aperfeiçoando com o surgimento do poder como forma de competitividade e disputa de interesses entre indivíduos, tornou-se, com o passar dos séculos, o estopim de inúmeras guerras espalhadas pelo planeta.

A maldade, portanto, foi se sofisticando, aprimorando. Atualmente está na política, na internet, no jogo de interesses inescrupulosos e em todo lugar onde o homem estiver. Relacionado nos dez mandamentos da Igreja, na medicina em forma de psicopatologias estruturais, e na justiça do homem que julga o próprio homem, o mal espalha-se como pandemia pela humanidade, deixando para trás o seu rastro de destruição, dor e sofrimento.

Por esse motivo, as doenças e a infelicidade tornam-se a colheita maldita daquilo que semeamos pelo uso do livre-arbítrio. E dessa forma, carregamos conosco há muito tempo o traço da maldade, que invariavelmente, manifesta-se ao longo das jornadas cármicas do espírito imortal.

Contudo, é no alvorecer do milênio em curso, que o ser inteligente tem a oportunidade de retratar-se com o seu passado através da gradual depuração do mal que reside em si mesmo. E na atual fase de transição vibratória do planeta, o autoconhecimento de nível avançado surge como real opção através das psicoterapias que lidam com a natureza interdimensional do indivíduo, ou por intermédio das religiões reencarnacionistas que utilizam o instrumento da razão como meio de estimular o indivíduo à reforma moral através do despertar de valores espirituais.

Em pleno século 21, vivenciamos uma fase planetária em que a consciência humana expande-se para horizontes nunca antes imaginados ou visualizados. Muitos espíritos que reencarnam na Terra, chegam com missões de estimular entre nós o autodescobrimento como forma de libertação do amor ainda aprisionado pelas nossas inferioridades.

O momento é de alerta, pois não devemos caminhar na contra-mão da história. O mal, lentamente, começa a ser erradicado da espécie humana. Insistir no que foi é um erro, porque o que foi jamais será. Estamos, a partir deste século, em busca de um novo modelo. Modelo baseado em valores transparentes e reais que promovam o progresso espiritual da humanidade.

Em recente mensagem recebida pelo médium Divaldo Pereira Franco, durante o último Congresso Espírita do Brasil, o espírito Bezerra de Menezes foi bem claro em relação às mudanças que estão ocorrendo no planeta: "Estamos agora em um novo período. Estes dias assinalam uma data muito especial, a data da mudança do mundo de provas e expiações para mundo de regeneração". E em relação ao término de uma fase da humanidade onde o mal predominou, o Dr. Bezerra registra: "A grande noite que se abatia sobre a Terra, lentamente cede lugar ao amanhecer de bençãos. Retroceder não é mais possível..."

E, ao promover o instrumento do amor como forma de depurar o mal que existe em cada indivíduo, Bezerra de Menezes conclui a sua mensagem de otimismo, mas, acima de tudo, de conclamação ao compromisso de todos por um mundo melhor: "Iniciada a grande transição, chegaremos ao clímax e na razão direta em que o planeta experimenta as suas mudanças físicas e geológicas, as mudanças morais serão inadiáveis. Que seja o nosso escudo o amor, as nossas ferramentas o amor, e a nossa vida um hino de amor".

flaviobastos

Texto revisado
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

auravide auravide
Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 45

Sobre o Autor: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo

auravide auravide

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa