auravide auravide

Época de transparecer e expandir


Facebook   E-mail   Whatsapp

"Uma vontade do sono no corpo, um desejo de não pensar na alma, e por cima de tudo uma transparência lúcida do entendimento retrospectivo". (Fernando Pessoa)

Desde tempos imemoriais, o homem queixa-se de suas dores da alma. Porém, não percebe que o seu sofrimento está associado a um padrão comportamental-emocional comprometido com as mais variadas formas de maledicência, que envolveram as suas escolhas durante as muitas reencarnações do espírito.
Mal percebe o homem, que o verbo "ocultar" o acompanha em sua existência, pois esconder, encobrir, disfarçar, sonegar, dissimular ou não revelar intenções, são características comportamentais de sua trajetória multimilenar.

Nas trevas, ao longo da história, ocultamos atos de violência explícita ou implícita. Nas sombras da inconsciência, dissimulamos o nosso egocentrismo, ao eleger o ego como início, meio e fim de nossas relações com o mundo que nos rodeia.

Nas sociedades que cultuam valores consumistas e competitivistas, padecemos da "síndrome do umbigo", ao privilegiarmos interesses que nos favoreçam.

Através do livre-arbítrio, ocultamos o mal que reside em nós mesmos, sem nos darmos conta que existem leis naturais que regem a vida inteligente no universo. São leis transparentes, como a Lei de Causa e Efeito, que cedo ou tarde, revela à luz da consciência aquilo que tentamos encobrir sobre si mesmos.

No entanto, mesmo sem percebermos, vivenciamos um momento planetário que estimula o homem a alterar o seu modelo comportamental-emocional atrelado ao sofrimento. Observamos esta tendência mundial a partir da realidade brasileira, onde começamos a transparecer, ou seja, a revelar verdades escondidas nos "porões" da corrupção e da ditadura militar. Fato novo que criará mecanismos fiscalizadores da atuação de políticos e governantes no contexto social do país.

Portanto, apenas queixar-se da vida não resolverá o problema individual ou coletivo, pois somos a síntese do que fomos durante as sucessivas reencarnações em massa da espécie humana. E nessa multimilenar caminhada do espírito imortal, cada indivíduo tem o seu papel no novo cenário de responsabilidades que a atual fase planetária passa a exigir de seu habitante.

Nesta direção, a Lei Natural da Vibração ou da Ressonância, é o foco a ser direcionado pelo ser inteligente que deseja alterar o padrão de sofrimento ao qual encontra-se atrelado, pois tudo o que existe está em constante vibração e movimento, nós somos receptores e emissores de vibração, tudo é energia em vibração. A ciência informa que ao nível subatômico, a matéria aparentemente sólida não existe como tal, o que existe é um gigantesco campo quântico de energia onde todos se relacionam com o todo, logo a aparente separação do mundo físico não existe do ponto de vista científico. Neste campo quântico em que existimos, atraímos a nós pessoas, coisas e fatos que estejam na mesma faixa vibratória que nós. Aquilo que emitimos, retorna a nós, o destino é a consequência direta das energias de cada um. Nada acontece por acaso.

No sentido figurado, o termo "transparência" é a particularidade do que não possui duplo sentido, que se apresenta com clareza, limpidez. Portanto, ser uma pessoa transparente é ser uma pessoa perspícua, que não apresenta opacidade nas suas atitudes, mas translucidez, brilho próprio na forma de agir consigo mesma, com o outrem e com o mundo a sua volta.

Em nível mundial, verdades ocultas começam a ser reveladas à luz da consciência, que deixa de ser meramente humana para conectar-se com o universo de uma forma expansiva e integradora.

A época de abrir-se para o desconhecido de si mesmo é agora, porque o processo de autodescoberta é lento para podermos assimilar as verdades que surgem durante o caminho. Neste iluminar de consciência, isto é, quando nos abrimos para a Fonte do Conhecimento, o universo "conspira" a nosso favor.

Há vários caminhos que levam ao autoconhecimento, a começar pelas psicoterapias que reconhecem a reencarnação em suas metodologias. No entanto, o mais importante de tudo, como orienta a Lei Universal da Vibração ou da Ressonância, é a dedicação dispensada a aumentar a nossa vibração através da meditação, oração, gratidão, perdão, bondade, pacificação interior e desapego. Desta forma, enviamos para o universo amor. Ele nos devolverá em forma de felicidade, prosperidade, saúde e paz.

Texto revisado


Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 34


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva (TRE), Psicoterapia Reencarnacionista e Terapia de Regressão, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose, e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Vidas Passadas clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa