Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide
Home > Vidas Passadas
Não nasci para ser a Outra...

Não nasci para ser a Outra...

por Maria Silvia Orlovas
Facebook   E-mail   Whatsapp


Traição é um tema por demais complexo para abordarmos com o objetivo de entendimento e elevação espiritual, porque traição é sempre errado, é sempre um tabu e uma dor muito grande para todos os envolvidos. Na traição, sempre existe uma vítima e um algoz, alguém que ficou de bobo na história e de alguém que supostamente agiu com más intenções. Mas é assim mesmo que a vida funciona?
Existe sempre alguém de má intenção numa traição ou as coisas às vezes acontecem fugindo de nosso controle indo, inclusive, contra tudo aquilo em que acreditamos?

Na meia idade, tendo vivido muitas experiências emocionais e tendo ouvido muitos relatos de pessoas sofridas em seus relacionamentos, acho que posso dizer que nem sempre as coisas são como desejamos e que muitas vezes numa situação de traição não devemos julgar os fatos com crueldade, como se nunca bebêssemos daquele veneno porque a vida está aí rolando cheia de oportunidades de aprendizado e muitas vezes, quando menos esperamos, uma situação inusitada nos toma sem avisos...

Brinco sempre com meus clientes dizendo que o “gato precisa subir no telhado” para não assustar as pessoas quando tomamos uma decisão. Até para acontecer um novo encontro amoroso precisamos compreender claramente dentro de nós que não estamos bem, que a vida não segue como gostaríamos porque muitas relações seguem um rumo caótico sem que nenhum dos parceiros tenha coragem de colocar isso para o outro. Então, quando rola um novo amor, tudo despenca como uma grande traição, mas toda a cena de horror já estava acontecendo antes. Com certeza, já faltava compreensão, afeto, delicadeza no trato do dia-a-dia e diálogo. As coisas não acontecem na nossa vida ao acaso.

O acaso não existe. Quando alguém abre o campo e recebe a energia de um outro alguém, havia um buraco no relacionamento. Senão você percebe os olhares, as intenções dessa outra pessoa e, naturalmente, coloca um limite vibrando: estou comprometida... E mesmo que a vibração seja forte, você resiste e até coloca em pratos limpos sua situação e sua intenção; mas, se o balanço é intenso, a presença do outro, avassaladora, o sentimento de paixão irresistível, fazendo todas as células do seu ser vibrarem diferente, o gato já caiu do telhado... E sem aviso.

Laura me procurou querendo entender quem era Roberto em sua vida passada já que, casada há 6 anos, sem nunca olhar para o lado quando conheceu o moço em seu ambiente de trabalho, sentiu o chão tremer. Em lágrimas, ela me dizia: “Não nasci para ser a outra, tenho dois filhos lindos, meu casamento não vai muito bem, mas meu marido é uma pessoa boa. Não sei o que fazer...”
Ela era uma moça de princípios, e nunca imaginou que algo assim pudesse acontecer em sua vida, por isso chegou até a mim se culpando por tudo. Sentia raiva de si mesma. No entanto, não conseguia dizer não aos encontros com o colega que, por uma ação inesperada do destino, foi transferido para outra cidade. Seus sentimentos eram de culpa, de autopunição. Laura se sentia um lixo porque sempre julgou muito mal quem trai... O que é muito comum em todos os grupos. Julgar o traidor parece que é um tipo de defesa aos bons hábitos e bons costumes que pautam a vida em sociedade. E tudo isso funciona até que aconteça com você...

Quando você está traindo percebe que não é que você deseja, você de fato não nasceu para ser a outra, mas está sendo... e dai???í
O que fazer com esses sentimentos? O que fazer com essas emoções?
Acho que o primeiro passo é pensar no todo. Não se deixar levar pelo desespero, nem pela culpa que costuma ser enorme. Pare. Olhe para a sua vida e tente entender o que você quer. Se você está num outro relacionamento e apareceu uma nova pessoa pense se quer continuar casada... E, é claro, procure ajuda. Pense numa terapia porque você não precisa estar ruim do juízo para se tratar. Cuidar das emoções, trabalhar sua compreensão emocional e espiritual da vida é fundamental para qualquer pessoa e, muitas vezes, um fato como esse é o caminho de um grande despertar. Um verdadeiro crescimento... Mas não é fácil.
Não é porque você está errando que se tornou uma pecadora, ou um pecador. Você é um ser de luz, apesar disso, e se está querendo de verdade mudar sua vida, as oportunidades surgirão.

Minha cliente descobriu que em Vidas Passadas havia sido traída pelo marido e, quando descobriu a outra moça grávida, fez tudo para que aquela pessoa ficasse na sarjeta e, é claro, que nunca mais foi feliz no casamento. Nesta vida, ela veio com o desafio de passar por uma situação semelhante para aprender a não ser tão cruel no julgamento. Depois, Laura me contou que foi uma terrível quebra de ego o fato dela se sujeitar a uma situação que, em sua vida inteira, ela criticou.

A parte mais importante desta história foi a tomada de consciência, quando Laura resolveu ser honesta consigo mesma, perdoar-se e começar um caminho de cura entendendo o que de fato era importante em sua vida e o que era preciso mudar...
Confira os ensinamentos e meditações curativas que Maria Silvia ensina participando de um dos seus grupos.
Venha participar do seu
Grupo de Meditação Dinâmica que acontece todas as quartas-feiras no seu espaço em São Paulo. Venha ouvir pessoalmente as canalizações. 


Texto revisado por: Cris

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 333
Atualizado em 08/07/2009

Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo

auravide auravide

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa