auravide auravide

Onde você quer chegar?


Facebook   E-mail   Whatsapp

Na semana passada, recebi uma orientação espiritual que deveríamos fazer, nos grupos, muitos exercícios para o perdão porque nossa humanidade está presa aos desafetos, e o sofrimento causado por esta falta de amor tem mantido a energia planetária pesada. Acho que você concorda que somos nós que criamos, poluímos e amamos o mundo à nossa volta. Como os Mestres ensinam, não somos vítimas do destino, nem mesmo dos nossos romances mal-sucedidos.
Claro que não controlamos as escolhas e atitudes das pessoas, mas podemos escolher como reagir ao que recebemos.

Algo me fez pensar ainda mais na importância das nossas reações, no dia em que trabalhávamos o perdão em Alpha Lux, quando atendi uma pessoa que tinha sofrido uma agressão física. Uma moça linda, inteligente, que tinha apanhado do namorado! Pois é, um absurdo, mas um absurdo real, bem próximo de mim.
Parecia que os mentores queriam me dar argumentos reais sobre a importância da não violência. E foi triste perceber tantos talentos naquela pessoa sem rumo. Ela era forte, racional e guerreira, mas todos esses atributos não estavam trazendo vitorias e, sim, desafios constantes. Conversamos sobre sua conduta, nesta e em outras vidas, sempre se defendendo, e ao mesmo tempo se sentindo vítima, querendo ser protegida, compreendida e amada. Fácil de encontrar identificação. Não é?

Quantos de nós buscam o amor, o entendimento e aceitação?
Mas mesmo querendo ser entendidos, precisamos observar quais as nossas intenções quando começamos uma discussão ou uma briga. Antes de bater boca, precisamos ter muito claro na mente qual nosso objetivo, porque percebo que muita gente se perde brigando. Alguns relembram o passado e dão um peso enorme a uma situação boba do presente quando fazem esse somatório. Outros descontam no parceiro desgastes em outras áreas da vida. Outros ainda querem apenas se defender, não escutam o outro, não se abrem, não param de falar porque querem ter a resposta final. E no final de tudo isso, o que sobra são confusões, mágoas, raiva e mais briga. Ninguém vence, ninguém pede perdão, ninguém é acolhido. Depois vem o arrependimento, a dor, a separação. Então por que continuarmos agindo assim?

Acho que no exercício do perdão precisamos nos silenciar mais, ouvir mais, julgar menos, e nos colocar no lugar do outro e ao mesmo tempo saber nos amar esperando menos das pessoas.
Menos expectativas, menos frustrações. Todos nós podemos ter uma conduta mais madura e inteligente. Pois muitos comportamentos são viciosos, mas podemos mudar.

Se você não tiver bem claro em sua mente onde quer chegar numa conversa, nem comece, pois a chance de dar errado é enorme. Guarde silêncio enquanto pensa, enquanto decide como agir. Observe o outro, pense o que move você nessa relação. Pode ser que você perceba que antes de perdoar do fundo da alma, precisará se afastar, pois ficar longe, sair da provocação ajuda a trazer clareza para analisar os fatos. Antes do perdão vem um mergulho interno, uma força de amor por si mesmo que é imprescindível para olhar o mundo à nossa volta com mais luz e consciência.
Para você perdoar o outro, será preciso amar a si mesmo, se compreender e se bastar, pois o outro faz parte do cenário da vida onde o artista principal é você.

Confira os ensinamentos e meditações curativas que Maria Silvia ensina participando de um dos seus grupos. Venha participar do seu Grupo de Meditação Dinâmica que acontece todas as quartas-feiras, no seu espaço em São Paulo. Venha ouvir pessoalmente as canalizações.
Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 354


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Maria Silvia Orlovas   
Maria Silvia Orlovas é uma forte sensitiva que possui um dom muito especial de ver as vidas passadas das pessoas à sua volta e receber orientações dos seus mentores.
Me acompanhe no Twitter e Visite meu blog
E-mail: msorlovas@gmail.com | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Vidas Passadas clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa