Home > Autoconhecimento
Precisamos de apoio

Precisamos de apoio

por Maria Silvia Orlovas

Todos precisamos de apoio, necessitamos das pessoas, do sorriso do filho, da presença do amigo, do suspiro do amante. Não vivemos sem as pessoas ou suas respostas à nossa presença ou atitude. O tempo todo interagimos com nossos semelhantes. Às vezes, com mais luz e acerto e, em outras circunstâncias, de forma triste e truncada. Não apenas nas palavras, mas principalmente na energia. Quando estamos confiantes, acreditando na vida, normalmente as pessoas e as situações que atraímos são boas. E, ao contrário, quando temos sentimentos negativos sobre nós mesmos e sofremos com a vida acabamos sintonizando com uma energia mal qualificada.

Recebi Ana Paula exatamente com este entrave na expressão de suas intenções e na percepção daquilo que as pessoas estavam oferecendo a ela. Esta moça se sentia traída e maltratada pela vida.

Ana Paula buscava ser auto-suficiente para não sofrer mais com decepções, mas é claro que não estava conseguindo se manter isolada. Estava triste, sem um parceiro há alguns anos, trabalhando muito, mas sem se sentir recompensada, estava à beira de uma depressão. Como já não era uma criança, sabia o que se passava consigo mesma e estava procurando Terapia de Vidas Passadas porque já havia esgotado as tentativas.

Aliás, muita gente me procura como uma última esperança, como se de fato tivessem feito o impossível. Cada caso é um caso, mas normalmente as pessoas tentaram mas não persistiram o suficiente. Sei o quanto é difícil encarar uma mudança profunda na condução da vida. É preciso muita paciência... E o que fazer quando nossas intenções de mudança não dão certo? Sucumbir?

Manter o otimismo é fundamental para a cura de qualquer doença ou sofrimento.

Em Vidas Passadas, apareceu uma situação em que minha cliente tinha se casado com um rapaz de uma origem mais nobre. Formado em Portugal, ele freqüentava a corte da época, enquanto a família dela era mais simples, dona de terras, no entanto, sem dotes culturais. Ela se apaixonou, porém, sentia-se diminuída quando estava na companhia do marido porque não se sentia à altura dele e seus familiares...
Durante um tempo, foram felizes, mas o rapaz era ambicioso e desejava fazer contatos com pessoas ricas em busca de novas oportunidades de relacionamentos e negócios. E nesta empreitada social e comercial conheceu um político rico. A filha deste homem se apaixonou pelo moço ambicioso que não pensou duas vezes em trocar minha cliente pela nova pretendente e nada adiantou ela implorar para que ele tivesse uma conduta honesta, ética, pois a possibilidade de ganhar dinheiro falou mais alto. Eles se separaram e com as influências políticas ele conseguiu anular o casamento para ficar livre e se casar com a outra. Assim, arrasada, acabou adoecendo e morrendo com muita dor no coração.

Claro que ela foi vitima de uma atitude infeliz, de escolhas erradas do companheiro e, com certeza, em algum momento, fez por merecer ser tratada com descaso. Mas não se justifica carregar isso como um peso vida após vida como um fardo.
Terminada a parte mediúnica do nosso encontro, fomos conversar e percebi o quanto esta moça era dura, fechada em suas crenças e cobradora de si mesma. Ela queria fazer tudo o mais perfeito possível para se proteger de possíveis enganos e esperava atitudes igualmente corretas das pessoas. O que não acontecia...
Por outro lado, o sentimento de menos-valia era tão intenso dentro dela que, em suas relações, colocava-se sempre na defensiva. O que significa que estava atraindo o combate. Antes mesmo do marido desta vida falar ou fazer alguma coisa, ela já estava pronta para defender sua opinião e deixar claros seus limites. Mas será que propositadamente ele queria brigar ou falar coisas ruins? Será que ele também não se sentia intimidado pela postura da esposa? Será que ele não desejava uma companheira mais leve?

O fato é que as impressões de Vidas Passadas e as condições complicadas do seu nascimento nesta vida moldaram um comportamento irritante em Ana Paula que estava afastando as pessoas. Tudo era complicado para ela. As pessoas a atacavam e ela se defendia... Não tinha uma harmonia interior. Mesmo nas coisas simples, ela vibrava complicações.
Trabalhei com ela uma meditação de limpeza de padrões e abertura para o novo. E pedi que ela retornasse, pois ficou claro que ela teria que investir melhor no autoconhecimento para descobrir dentro de si mesma uma energia mais doce e passar a vibrar isso para o mundo à sua volta.

Ela não estava se apoiando, dando força interiormente a si mesma, nem compartilhava de uma atenção adequada com as pessoas a sua volta. Ela se protegia e se mantinha fechada. Apoio é saber ouvir o outro, saber se colocar, dar opiniões sem ofender, respeitar o tempo das pessoas. E quando nos amparamos emocionalmente, sabemos amar mesmo nos momentos em que não nos sentimos totalmente amados. Quando nos apoiamos, sabemos com bom senso esperar o tempo das pessoas e com esse tipo de atitude lúcida e amorosa, muitos relacionamentos se salvam...

O apoio é fundamental.

Confira os ensinamentos e meditações curativas que Maria Silvia ensina participando de um dos seus grupos.
Venha participar do seu
Grupo de Meditação Dinâmica que acontece todas as quartas-feiras no seu espaço em São Paulo. Venha ouvir pessoalmente as canalizações.

Texto revisado por: Cris

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 188 Atualizado em 04/02/2009

Autor: Maria Silvia Orlovas   
Maria Silvia Orlovas é uma forte sensitiva que possui um dom muito especial de ver as vidas passadas das pessoas à sua volta e receber orientações dos seus mentores. 
E-mail: morlovas@terra.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
Falando do todo - O primeiro amor de tudo!
Encontrando a paz no meio do caos
Amar faz bem!
Não espere condições melhores, comece ago
Isto também passará!
Quero ser uma pessoa melhor

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.



Energias para Hoje
quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

energia
I-Ching: 25 – WU WANG – INOCÊNCIA
Seguir a própria consciência e deixar-se guiar pelas coisas simples e naturais, o tornará livre de dúvidas e enganos. Busque apenas o que é justo e correto.


energia
Runas: Laguz
Deixe fluir sua química, raciocínio rápido.


11
Numerologia: Intuição
Permita-se hoje momentos calmos para que a intuição possa funcionar sem obstáculos. A contemplação calma e silenciosa do potencial criativo interior ajudará a produzir idéias e soluções para os problemas cotidianos.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa