auravide auravide

Quando o Karma nos faz crescer

por Maria Silvia Orlovas

Publicado dia 21/8/2008 em Vidas Passadas

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Recebi Graciete há um ano e quando ela retornou recentemente para mais uma consulta ainda me lembrava da sua história complicada de uma mulher dividida entre dois amores...

A vida tinha colocado Graciete numa situação bem difícil, pois ela vivia entre o amor que sentia por seus filhos e seu companheiro (que tinha se tornado um irmão) e um amante. Mas não vamos julgar essa mulher porque estamos fora da história. Ao contrário, vamos tentar entendê-la e ver o que há além das aparências. Porque é muito fácil dizer que ela deveria se centrar apenas na família ou ainda sugerir que ela assumisse seu novo amor e largar todo o restante para trás, mas nem sempre é assim que a vida acontece.

As coisas não são tão simples como se julgaria de fora. Graciete se casou por amor e viveu bem até que o marido foi se acomodando no trabalho e ela, ao contrário, foi crescendo profissionalmente, assumindo cargos com mais responsabilidades e cuidando de muitos compromissos. O marido desempregado ou se mantendo em subempregos foi assumindo em contrapartida os cuidados domésticos, o trato com seus pais já idosos e a rotina da administração da casa.

Quando ela conheceu Augusto, então gerente da empresa que ela trabalhava, não conseguiu opor-se à presença dele. Homem decidido, forte e sempre presente em sua vida profissional, ele foi chegando ao seu coração não sem muita resistência da parte dela. Aliás, como ela me confidenciou no começo, eles brigavam muito porque ela sempre batia de frente contra as idéias dele. Passado um curto espaço de tempo, depois que a esposa dele teve um filho, eles assumiram o que sentiam um pelo outro. O quarteto estava formado. Ela e o marido e seu amante e a esposa. Isso sem contar os filhos dos dois... Tudo uma grande complicação...

Anos se passaram e Graciete pensava que a sua vida estava solucionada neste terreno pedregoso e confuso. Quando me procurou pela primeira vez já não sofria mais por causa da situação, pelo menos achava que não sofria... Falava abertamente da culpa, do descaso do marido em arrumar um emprego, das responsabilidades com os filhos e com os netos e do desencanto em relação ao seu amante.

O que para ela não parecia sofrimento vibrava como dor, desencanto e amargura. E foi o que apareceu na sessão de Vidas Passadas. Várias vidas de aprisionamentos. Algumas situações de escravidão e outras de puro desencontro e falta de amor próprio. Algo que ela não imaginava que enfrentava nessa vida, tão acostumada a fazer concessões deixou de ver o que de fato trazia força e luz para sua vida.

Amigo leitor, isso acontece freqüentemente com as pessoas. Nos acostumamos com o sofrimento, com o caminho sem luz, sem amor, sem apoio e num certo estágio da vida deixamos de lutar para mudar, para acreditar em algo melhor.
Era justamente a situação que minha cliente enfrentava. Ela achava que não tinha mais nada a esperar da vida e assim tudo ficava estagnado. Quando abrimos sua energia e mudamos a vibração, ela ganhou nova vida e começou a se questionar sobre sua relação e sua vida, suas escolhas porque ficar ou não desta forma, ainda que estagnada, é uma escolha...

Graciette não me contou, mas quando chegou para a segunda consulta tinha terminado seu relacionamento com o amante porque eles haviam perdido o elo do amor e o que sobrava era sexo, costume de ficar juntos e nada mais. E tendo recobrado sua auto-estima, ela percebeu que ainda estava viva e que podia esperar algo mais das pessoas e da vida. Assim, uma grande mudança foi feita de dentro para fora.
Como Graciette ficara eu não sei, porque depende de um amadurecimento em suas escolhas atuais.

Temos que lembrar que todos os dias podemos escolher o que pensar, como agir, como ver a vida... Todos os dias temos a chance de mudar nossos rumos. Se não podemos fazer escolhas externas que façamos em nossa mente e coração.

A sessão de Vidas Passadas não engloba apenas o passado, mas ajuda a reconhecer padrões de comportamento que impedem a evolução. Assim, quando a energia é liberada existe uma cura profunda.
Lembre-se sempre que você vale a pena...

Confira os ensinamentos e meditações curativas que Maria Silvia ensina participando de um dos seus grupos.
Venha participar do seu Grupo de Meditação Dinâmica que acontece todas as quartas feiras no seu espaço em São Paulo. Venha ouvir pessoalmente as canalizações.

Texto revisado por: Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 211

foto-autor
Sobre o Autor: Maria Silvia Orlovas   
Maria Silvia Orlovas é uma forte sensitiva que possui um dom muito especial de ver as vidas passadas das pessoas à sua volta e receber orientações dos seus mentores.
Me acompanhe no Twitter e Visite meu blog
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Qual é a sua ambição?
artigo Porque estamos novamente falando da Era de Aquário?
artigo O Universo num Corpo Humano
artigo A noite escura, de são joão da cruz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa