auravide auravide

Quem é esta pessoa na minha vida?


Facebook   E-mail   Whatsapp

Você já se fez esta pergunta?
Já encontrou alguém pela primeira vez e ficou com a impressão que já conhecia esta pessoa?

Pois é, isso é mais comum do que imaginamos, já que encarnamos para resgatar nosso karma do passado e isso significa reencontrar pessoas e rever lições. Então, encontrar alguém, apaixonar-se à primeira vista não é coisa de maluco. Acontece, mesmo com pessoas racionais, lúcidas. E esse tipo de encontro não escolhe condição social, nem idade. Você pode estar casado e viver algo assim, pode ser muito jovem, ou se sentir mais velho, com filhos criados, quando de repente surge um amor. E como costuma acontecer em casos assim, as semelhanças, conversas, trocas de confidências fluem de uma forma incrível, parece que vocês se conheceram sempre. Às vezes, é tão forte a conexão, que você descobre que na mesma época que estudou numa determinada escola, aquela pessoa também pensou em estudar lá, descobre que ele ou ela era amigo do seu primo, que passava férias na mesma praia que você, e por aí seguem as coincidências, como se o destino estivesse sempre fazendo um complô para vocês se encontrarem.

Assim aconteceu com Julia, que encontrou Alfredo num curso da empresa e se apaixonou à primeira vista. Casada há quinze anos e tranqüila no casamento, surpreendeu-se traindo o marido e se entregando à relação com o novo namorado que também era casado.
Não preciso dizer que ambos estavam felizes, assustados e sem saber o que fazer. Como eram mais maduros, sabiam que a felicidade desse começo não iria durar para sempre porque o mundo objetivo é cheio de cobranças, regras e que outras pessoas envolvidas devem ser respeitadas. Mas como fugir desse amor?

Julia veio me procurar para saber se ele era um encontro de vidas passadas, porque tudo o que ela queria era ficar junto com ele, porém, já estava sofrendo muito, não dormia mais com o marido, pois não poderia trair o amante!
Chorou muito porque era uma pessoa honesta, mas o sentimento era mais forte do que as regras. Aliás, ela se sentia péssima quando pensava nisso, pois sempre criticou as pessoas que agiam assim. Já o seu namorado, pedia calma, dizia que as coisas iriam se ajeitar com o tempo, mas qual seria esse tempo? Anos, meses?
Expliquei que reencontros de vidas passadas acontecem, mas que não asseguram a felicidade, nem a correção das escolhas, pois o mundo atual exige atitudes e decisões aqui e agora. Claro que com ponderação, honestidade e bom senso. Mas o que define a felicidade é o que você pode e deve fazer na sua vida agora. E para agir com luz será preciso ter muito equilíbrio e coragem para se posicionar e assumir suas escolhas.

A sessão de Vidas Passadas mostrou que ela sempre se deixou conduzir pelas pessoas e relações. Numa vida como nobre, manteve um caso com um rapaz mais pobre, sem nunca assumir a relação, pois não queria desmanchar sua vida com o marido rico. Com isso, o moço foi se sentindo cada vez mais inferiorizado e triste. O tempo foi passando e mesmo depois da morte do marido que era mais velho, ela não assumiu o amor que sentia por aquele rapaz com medo do que as pessoas iriam pensar.

Expliquei que um dos desafios desta vida seria justamente assumir o que estava sentindo. Mas para tanto seria importante entender como estava o seu casamento, e entender por onde essa relação com Alfredo teria encontrado tanto espaço para acontecer. Porque se ela estivesse de fato bem casada, poderia até reconhecer essa pessoa, mas não se deixaria levar desta forma. O amor, a traição aconteceu por que a base do casamento estava já abalada. E infelizmente só percebemos o abalo, a falta de confiança, de amor, ou de cumplicidade quando aparece um outro alguém.

Julia confirmou tudo isso e disse que muitas vezes tinha pensado em se separar, mas ao mesmo tempo, sentia medo de continuar sua vida de forma independente. Inclusive, disse-me que não era uma questão financeira, ainda que soubesse que teria que se bancar. O problema era emocional, encarar a solidão.
Expliquei que mesmo que tudo desse certo com este novo amor, que ela teria que amadurecer vários pontos. Aliás, como acontece com todos nós, pois estamos aqui nessa jornada na Terra para aprender e evoluir. De preferência, encontrando um sentido feliz e construindo relações afetivas boas.

O que posso dizer a você, amigo leitor, que pode estar atravessando um momento semelhante, é que podemos, sim, viver reencontros de vidas passadas e que essas relações vêm cheias de emoções, mas que não há garantias de felicidade, pois é nesta vida atual que faremos escolhas que definirão um caminho mais triste ou mais feliz. De qualquer forma, vale tentar se conhecer melhor e investir na transformação de padrões negativos. Regressão de Vidas Passadas serve para mostrar as lições que deixamos incompletas para, finalmente, com atitudes mais sábias modificarmos os resultados de nossas ações.

Confira outros segredos acessando meu Blog: https://mariasilviaporlovas.blogspot.com/

Venha participar do seu
Grupo de Meditação Dinâmica que acontece todas as quartas-feiras no seu espaço em São Paulo. Venha ouvir pessoalmente as canalizações.

Texto revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 210


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Maria Silvia Orlovas   
Maria Silvia Orlovas é uma forte sensitiva que possui um dom muito especial de ver as vidas passadas das pessoas à sua volta e receber orientações dos seus mentores.
Me acompanhe no Twitter e Visite meu blog
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Vidas Passadas clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa