auravide auravide

Submissão

Publicado por Saul Brandalise Jr. em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Quando escrevi sobre desapego e também sobre a força do apego, imediatamente me veio a intuição de escrever sobre uma postura terrível que nos faz estacionar em nossa evolução. Submissão seria o tema.
Muitas pessoas confundem a submissão com excessiva educação. Com uma postura cordata em qualquer sentido.

Primeiro vamos entender e prestar bem atenção ao sentido da palavra:
SUBMISSÃO significa estar disposto a fazer a vontade de outra pessoa, mesmo que esta vontade vá contra os nossos próprios desejos e interesses. Ser submisso exige muita humildade, pois significa reconhecer a autoridade de outra pessoa. A etimologia da palavra -seu sentido ORIGINAL- é "estar abaixo da missão" de outra pessoa. Mas vale lembrar que não se pode confundir ETIMOLOGIA com SIGNIFICADO, sob pena de acharmos que um PEDÓFILO é um "amigo das crianças". Assim, em escritos ANTIGOS (como a Bíblia, por exemplo) "submisso" significará "debaixo da missão", pois esse era seu sentido naquela época. Hoje o significado é outro, e tem a ver apenas com obediência inquestionável.

Por outro lado, quem aceita a submissão pode estar sendo humilhado, pode ser um derrotado que já perdeu a vontade de viver, ou até mesmo pessoa que se acomoda e vive em uma posição inferior. Desempenha o seu dia a dia fazendo exatamente o que o outro quer sem questionar ou reclamar. Alguns estão tão acostumados a serem serviçais que tudo executam e até de maneira dócil.
Alguns casamentos acabam por isso. Um dos parceiros não se posiciona, se torna submisso e quando acha que está na hora de “gritar independência” a relação acaba. Portanto, na vida real, ser submisso é não ter opinião própria, ou ainda, ter, mas não se posicionar frente a ela. Ter medo das consequências em cima de sua postura.

Quantas coisas gostaríamos de realizar, de fazer, mas não iniciamos por submissão, por medo ou mesmo por estarmos nos acostumando ao conceito que a vida é coisa de um ser superior que tudo domina, julga e que as coisas acontecem como ele quer. A nós caberia sermos submissos e aceitar que tudo seja da forma e maneira que ele determina. EQUIVOCO.
O processo de evolução de um ser humano exige que ele passe por todo o Zodíaco e que em cada signo aprenda as características inerentes a ele. Portanto, a submissão é o maior entrave desta evolução. É o mesmo, exemplificando, que repetir o ano em uma cara faculdade de medicina, por parte de um aluno cuja família luta muito para mantê-lo na Universidade. Um verdadeiro desperdício, portanto. Cada dia precisa ser encarado como um PRESENTE. Por isso o momento atual se chama presente.

É preciso lutar, decidir se superar a cada novo dia. Fazer com que hoje sejamos melhores que ontem e piores do que amanhã. Este é o caminho da evolução e a única maneira para conseguirmos superar os obstáculos da terra, que é conhecida como o ÚTERO DO UNIVERSO. Aqui nascemos em todos os signos. Aqui evoluímos de Áries a Peixes e desta maneira nos preparamos para a grande jornada na busca de nossa LUZ própria.

Somos DEUSES em desenvolvimento. Senhores de nossos destinos e donos de nossas verdades. Possuímos todos o mesmo potencial. Todos poderemos atingir a plenitude, mas para que isso aconteça precisamos abandonar qualquer tipo de submissão.
As pessoas que nos acompanham em uma encarnação não necessariamente serão nossos parceiros em outra. Portanto, eles representam nossos testes. Precisamos saber conviver com eles e com os problemas que causam em nossas vidas. Assim, em cada vida estaremos aprendendo o que precisamos aprender. Ninguém tem dor maior do que consegue suportar. Ninguém tem mais do que precisa para chegar à sua evolução.

Quem muito tem em uma vida pouco poderá ter em outra. Para tanto basta não saber usar, não saber conseguir. O método de como supero meus obstáculos tem que ser correto. Não posso crescer com o sofrimento do outro. É muito verdadeiro que os recursos de nossa próxima encarnação nós estamos semeando agora.
É com nossas atitudes que determinamos o nosso futuro. Temos o Livre-Arbítrio e com ele a possibilidade de mudarmos as nossas colheitas neste exato momento. Ficar submisso, portanto, é interromper esta colheita, este aprendizado.
Quantas coisas gostaríamos de realizar, mas muitas vezes nos posicionamos, submissos, à sociedade, à família, a um chefe ignorante, a uma religião, ao meio em que vivemos.
Todas as pessoas permitem tornar-se submissas. É mais fácil ser assim do que lutar. Para ser submisso basta perder o amor-próprio e achar que um deus quer assim. Ao contrário, para evoluir é preciso lutar, vencer-se, fazer as coisas de maneira correta e derrotar o nosso maior inimigo: Nós mesmos.
Hoje sou submisso a duas coisas, minha consciência e meu travesseiro. Minha consciência sou eu, com meus valores. Meu travesseiro é o meu descanso. Feliz daquele que consegue deitar e dormir... Este é o maior sinal de consciência tranqüila e... zero de submissão.
Sei que nos veremos.

Beijo na alma


Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


Sobre o autor
saul
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa