auravide auravide

Quanto maior a expectativa, maior a decepção

Publicado por Maria Isabel Carapinha em Corpo e Mente

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Final de ano chegando... e o balanço do que vivemos e de como as nossas vidas se encontram é inevitável.
Tempo de angústias e insatisfações para uns e de alegria e comemorações para outros, mas nunca se perde a esperança de tudo ser melhor do que já foi. A esperança dá sabor à existência e condiciona os nossos rumos, mas as expectativas exageradas, que se baseiam em fantasias ou sonhos infundados, podem nos trazer sérias consequências.
O amor incondicional, que nada espera em troca e que tudo supera, é a melhor forma de conduzir a nossa vida. Quando nada esperamos, o que vem em nossa direção se transforma em alegria e felicidade. As expectativas exageradas usualmente nos levam à cegueira frente à realidade dos fatos.

É dentro de nós que os relacionamentos começam.
Depois de ter absoluta certeza que o amor venha a fazer parte de sua vida, é muito importante que mudanças significativas se realizem dentro de você; pois para viver o amor é preciso abandonar ambições impossíveis e aprender a ser simples.

Como consequência de processos traumáticos vividos na infância, adolescência ou até mesmo durante nossa vida adulta, temos receio de repetir histórias dolorosas e, por vezes, sem razão nenhuma, entregamos o poder de nossa vida a outra pessoa, outorgando-lhe o poder de nos fazer felizes ou infelizes. A melhor forma de fazer com que isso não venha a acontecer é se entregar por inteiro num aprendizado mútuo, de caminhos que um dia se cruzaram e que hoje passam a ser um só.
Existem duas armadilhas que podem influenciar o processo do amor entre duas pessoas. A primeira é a valorização exagerada do outro; a segunda é a nosso próprio auto-rebaixamento. Nesses dois casos, o processo de rejeição que vivenciamos é enorme e a consequência natural será o afastamento do outro.

Viver um amor verdadeiro e intenso significa ter pensamentos e sentimentos majestosos e positivos, e é preciso ter sabedoria e cuidado com as armadilhas das expectativas exageradas. A necessidade que temos que o outro nos ame, da maneira como imaginamos que deveria ser, faz com que nos decepcionemos rapidamente. O outro irá lhe amar da forma como ele sabe demonstrar o amor... e somente poderá lhe oferecer o que tiver dentro dele e não o que suas expectativas um dia almejaram.
O tempero de uma relação intensa está na admiração que temos pela pessoa que está ao nosso lado.
Cuidar de nossa própria energia em um processo de entrega e realização afetiva é de suma importância, pois quando estamos em perfeito equilíbrio energético atraímos alguém para nossa vida com a mesma energia que emanamos e, portanto, será alguém em perfeito equilíbrio também e a construção de um caminho sólido a dois poderá concretizar-se.

A radiestesia nos ensina a equilibrar nossa vida de forma que todas as frequências energéticas que nos caracterizam pulsem a nosso favor! Se nos seus questionamentos de final de ano existiu alguma tendência a críticas em algum setor de sua vida, observe em que momento V. atraiu essa situação e tenha absoluta certeza que sua energia de então estava de acordo com a situação que V. atraiu para sua vida.
Se agora, nesse momento, escolheu por uma vida mais harmoniosa e feliz, tenha certeza que o equilíbrio energético será o primeiro passo para que tudo mude em sua vida e a radiestesia faz isso através de um instrumento de grande auxílio: a mesa radiônica.

Lembro-me nitidamente de um atendimento que fiz no começo deste ano que passou, de uma moça que sofrera uma enorme decepção no primeiro dia do ano. Ela namorava um rapaz fazia uns nove anos, tempo demais, a meu ver, para que não tivesse ocorrido uma concretização de vida a dois, mas sempre me cabe manter um respeitoso silêncio nestes casos.
Ela me descreveu toda a situação que estava vivendo com ele e as muitas vezes em que ele a havia colocado em segundo plano, mas ela não ligava, pois achava sempre que ele tinha motivos aceitáveis para isso; enfim, não enxergava a situação como realmente era e suas expectativas exageradas a cegavam. As desculpas para colocá-la como segunda opção eram inúmeras: desde problemas pessoais, financeiros, crises existenciais, depressões... Ela tudo aceitava e a tudo se moldava, esperando pelo dia em que tudo ficasse diferente, algo que nunca veio a acontecer.
No final do ano anterior, ele dissera a ela que queria ficar sozinho, colocar suas idéias em ordem e traçar objetivos para o ano seguinte; seria algo como um retiro espiritual, rumo a novos projetos e concretizações que nesse caso a incluíam; ele iria sozinho para uma praia no litoral norte do Estado onde tinha uma casa... e, assim, foi viajar na certeza de que ela mais uma vez aceitaria isso. A moça, por não enxergar -como sempre-, a real situação, não percebendo que mais uma vez estava sendo rejeitada, decidiu respeitar o silêncio da virada do ano, mas no dia de ano novo, decidiu ir até a praia e fazer uma grande surpresa ao namorado, com um almoço delicioso e mais alguns outros agrados.
Qual não foi a sua surpresa... quando chegou lá ele estava com outra pessoa.
Quando ela me procurou, a dor era tão intensa que achava que fosse morrer, sendo que jamais pensara que isso um dia pudesse acontecer; deixei-a falar, falar, falar e então lhe disse: vamos tratar de você, temos que achar o bloqueio original que permitiu atrair para sua vida essa situação, bem como a constante rejeição ocorrida sistematicamente durante todo esse tempo.
Através da mesa radiônica, depois de realizar o completo equilíbrio de suas frequências energéticas, fizemos a identificação do bloqueio, detectando algo ocorrido quando ela tinha cinco anos de idade.
Ela de pronto me disse que nessa época seu pai saíra de casa para viver com outra mulher e a mãe atribuíra a ela a culpa desse fato, sempre repetindo que a separação ocorrera por causa dela, pois ela tomava todo o tempo dela com o pai... e a rejeição da própria mãe por ela se iniciou nesse período, instalando-se nesse momento em sua vida.

Fizemos, então, o desbloqueio dessa energia profundamente enraizada e, hoje, passado um ano da consulta, ela está indo passar o final de ano em Cancun com uma pessoa maravilhosa que a ama intensamente e que a inclui em todos os seus planos.
Cuidar de nossa energia faz com que enxerguemos com muito mais clareza as situações exatamente como elas são!
Desejo um Feliz 2011 a todos!!!




Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


Sobre o autor
isa
Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas.
Trabalha também com a mesa radiônica fazendo atendimentos em seu consultório ou à distância.
Visite meu Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook
Email: isabelc@uol.com.br
Visite o Site do Autor




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa