Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 

10 Passos para você se tornar seu Mestre - Parte 5

Publicado dia 4/8/2020 11:34:52 AM em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura

Praticando exercícios com imagens mentais para se libertar dos opressores.

No primeiro passo você aprendeu que crenças criam experiências.
No segundo entendeu que há uma conexão inseparável entre corpo, mente e espírito.
No terceiro tomou conhecimento que a desabituação é uma forma de quebrar uma crença.
No quarto passo pedi que você visse sempre primeiro o que é bom em tudo que lhe acontece.

No quinto passo vamos falar sobre a liberdade. E, para começar, gostaria de afirmar que liberdade a gente só consegue sentir, viver e transmitir se estiver pacificado com as regras sagradas da convivência humana.
E quais são estas regras?

As 10 primeiras estão escritas nos 10 mandamentos. Gostaria de deixar aqui registrado o entendimento sobre os 10 mandamentos de acordo com o Dr. Gerald Epstein:


- O 1º diz "Não terás outros deuses". Isso, na minha ótica, é um conselho para que a gente não idolatre nada nem ninguém, além da força do Espírito que tudo sabe e tudo vê e que está refletida, como num espelho, em cada um de nós.

- O 2º: "Não farás para ti imagem de escultura nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra". Para mim, há aqui uma sugestão de que não devemos projetar imagens de poder na nossa mente. Isso nos torna escravos de idéias,de pessoas, de situações formando no nosso mundo holográfico crenças que depois nos transformam em escravos daquelas idéias que criamos para nós ou que deixamos que outros criem.

- O 3º mandamento fala sobre não adorar ou cultuar estas imagens porque: "Eu sou o Senhor teu Deus, Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem, mas faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos". Com isso, penso que devemos aprender a não desafiar a força deste Espírito que tudo sabe e tudo vê e que acima de tudo é justo. Tão justo que poderá continuar atuando em nossa linhagem até a quarta geração. Com isso, retiramos todo o poder das mãos dos seres humanos impedindo assim que um meu semelhante interfira no meu destino. Passo então a viver de forma pura e verdadeira almejando ser contemplado com o Bem maior.
Ao experimentar a vastidão deste sentimento de entrega ao bem e ao justo cessa totalmente a escravidão.
Os 10 mandamentos aconselham também que nenhuma ação seja tomada em nome de Deus. Você já percebeu quantas guerras acontecem hoje no mundo em nome Dele? Quantos políticos desviam o curso da humanidade em nome Dele?

- O 4º pede que o dia de sábado seja lembrado e santificado. E isso me remete aos grandes centros econômicos que trabalham 24 horas sobre 24 horas não dando aos empregados um dia sequer de descanso. A ganância desmedida, o desejo do poder material aumentando cada dia mais. Com isso, todo nosso sistema sofre. As famílias que vêem seus provedores serem roubados do convívio pelo empregador ganancioso que quer cada dia mais e mais. A mente que se esgota enviando ao corpo físico um sem número de sinais de doença e desconfortos.

- O 5º diz "Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor, teu Deus, te dá". Este mandamento parece ser o mais claro que todos. Sendo a família a base de tudo, como podem filhos e pais estarem brigados ou distantes emocionalmente se um é a continuação do outro. Como poderei praticar a convivência pacífica no mundo aqui fora se no meu mundo particular e íntimo eu não pratico. A base da paz no mundo está nesta convivência, neste ensinamento de tolerância, respeito e compaixão que devemos passar não apenas verbalmente, mas demonstrar com nossos pensamentos, atos e ações no dia-a-dia com nossa pequena família de sangue e com nossa grande família cósmica.

- O 6º mandamento diz "Não matarás". E isso, para mim, quer dizer literalmente: não tire a vida do outro, mas também, não mate um casamento triangulando a relação; não mate a esperança de um filho afirmando que ele é incapaz, não mate uma nação deixando que seu povo passe fome e viva na ignorância, não mate a esperança de uma vida que nasce sem recursos de sobrevivência, não mate o orgulho de uma raça porque ela é diferente da sua...

- O 7º mandamento decreta "Não adulterarás" e isso para mim é muito mais do que trair o marido ou a mulher. Para mim a fofoca é uma forma de adulterar a verdade; a inveja é uma forma de adultério porque quero para mim o que é do outro. Experimentar todas as técnicas de cura é outra forma de adulterar energias. Procure no dicionário os sinônimos da palavra "adulterar": falsificar, corromper.... Vai ver o quanto este mandamento enlaça.

- O 8º diz "Não dirás falso testemunho contra teu próximo". Eu não vou comentar este mandamento porque estarei, provavelmente, incorrendo num erro, violando este mandamento.

- O 9º mandamento afirma "Não furtarás". Entendo isso desde furtar um parafuso como furtar o tempo do outro, os sentimentos, as verdades, as idéias e os ideais, as horas indevidas de trabalho, a inocência, a honra, a dignidade, o corpo físico, a liberdade sobre todos os seus aspectos.
No último mandamento "não cobiçaras a casa do teu próximo. Não cobiçaras a mulher do teu próximo e nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma que pertença ao teu próximo". E eu acrescentaria: nem o território que lhes pertence, nem os filhos que eles criaram com amor profundo e que agora vêm partir para guerra; nem as horas de sono das crianças; nem seu estudo, sua alimentação, seu tempo de pureza e inocência. Nem o direito de cada ser ter ar puro, água e terra limpa e saudável...

Seguindo estes 10 mandamentos, com certeza, você terá motivos de sobra para se sentir completamente livre.
E, se ainda for preciso, fica aqui um exercício para você fazer por sete dias, sempre ao acordar e antes de deitar.
Sentado, mãos apoiadas nas pernas, olhos fechados, respire lentamente três vezes e leve sua atenção para a intenção deste exercício que vai durar apenas alguns segundos.

Exercício da liberdade

E veja, sinta, perceba, imagine que tem doze braços ao redor do seu corpo e que cada braço está atado a uma violação dos mandamentos: idolatria, desrespeito ao seu corpo e sentimentos, poder mundano, ganância, desrespeito e desamor ao próximo, todas as formas de abuso, adultério, furto, inveja, fofoca, falta de compaixão, julgamento. Perceba que ao ter seus 12 braços amarrados puxando você para um lado e para outro você está sem condições de ser livre para agir. Respire uma vez e sinta a presença do seu Grande Ser que tudo sabe e tudo vê e deixe que Ele, agora, solte os seus doze braços. Agradeça este Guia, saia correndo deste lugar e encontre a estrada da liberdade: ela é aberta e reta e leva você até o horizonte onde um sol poderoso espera pelo seu abraço. Abrace o sol com seus doze braços e sinta que venceu. Então, respire a liberdade e abra os olhos.



Participe do Fórum sobre os '10 Passos' clicando aqui.

por Izabel Telles

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Leia Também

10 passos para você se tornar seu mestre - Parte 4

10 passos para você se tornar seu mestre - Parte 6


Obrigado por votar
starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura

Sobre o autor
izabel
Izabel Telles é terapeuta holística e sensitiva formada pelo American Institute for Mental Imagery de Nova Iorque. Tem três livros publicados: "O outro lado da alma", pela Axis Mundi, "Feche os olhos e veja" e "O livro das transformações" pela Editora Agora.
Visite meu blog.
Email:
Visite o Site do Autor





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa