Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

Coincidência

Coincidência Publicado dia 10/13/2006 11:47:14 AM em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Já faz tempo... Aprendi que as pessoas não chegam até nós sem que haja uma forte razão. Nada nesta vida acontece sem que nós tenhamos atraído. Nossas perdas foram por nós construídas e, igualmente, as nossas vitórias. Não é coisa de Deus, de Jesus, de Buda, de Maomé, de nossa religião, ou mesmo do acaso. Somos os únicos que construímos a nossa evolução.

É assim com as pessoas que vêm até nós. Foram, como um ímã, atraídas, por pensamentos, palavras e atitudes. A maior força é, sem qualquer duvida, uma promessa. Se não acontecer nesta vida, certamente vai acontecer em outra, mas de uma coisa é preciso ter absoluta consciência:
Vai acontecer.

Nossos pensamentos são outra forte força de atração.
O vínculo de uma promessa não se desfaz se só uma das partes quiser. Ambas precisam participar da quebra. Nunca é unilateral... Tem que haver “cumplicidade”; ambos precisam participar deste ponto final, na solução, no término da promessa.
Assim são as coincidências de nossos encontros com seres humanos. Sempre há uma razão. Pode ser só por isso, uma razão, ou até por um período, um tempo de vida. E alguns encontros são karmas que exigem toda uma existência carnal para serem quebrados.

Se a pessoa foi embora, deixou a relação e você não consegue esquecer... é o começo do retorno, do futuro novo encontro. Nosso pensamento é mais forte do que a nossa razão, mais intenso que nosso controle emocional quando sentimos a sensação de perda. Depois não adianta achar que isso é coincidência. Não, não é... o Universo sempre conspira a nosso favor, pelo bem ou pelo mal. Plantou, colheu...

É importante que o término de qualquer relação aconteça sem que se mantenham vínculos. E, atenção, os piores vínculos são aqueles que a mente conserva.
Não consegue esquecer?
Faça alguma coisa. Tome uma atitude.
Qual? Aquela que o seu coração recomendar...

Ficar magoado... só quem perde somos nós mesmos. Sentiu saudades? Ligue.
O importante, portanto, é descobrirmos o motivo do encontro. É nossa opção ficarmos acreditarmos em coincidência ou entendermos a realidade do reencontro.

Sei que nos veremos.
Beijo na alma


por Saul Brandalise Jr.


Obrigado por votar

O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe

         

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Consulte grátis

Mapa Astral   Tarot   Numerologia  


Sobre o autor
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
Uma viagem sem volta...
O que te motiva a agir?






Energia do Dia
52 - KEN - A QUIETUDE
A parada faz parte do caminho. Afaste-se da tensão e acalme-se. Só então será possível retomar a ação.
Consulte o I-ching

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa