auravide auravide

A Estrela de seis pontas


ECLIPSE LUNAR DE 8 DE NOVEMBRO DE 2003 - 22:13 Hora Legal de Brasília.

Os Eclipses são fenômenos que se repetem a cada seis meses por causa da rotação do Sol, da Terra e da Lua e se intercalam: uma eclipse acontece porque a sombra da Terra é projetada sobre a Lua e a outra porque a Lua se interpõe entre a Terra e o Sol. Os eclipses desde sempre causaram espanto e maravilhas nos seres humanos, e mais ainda naqueles que por sua natureza mais contemplativa estão sempre conectados com o macrocosmo e procuram se conectar com aquele grande livro aberto que Deus colocou sobre nossa cabeça. Lembrando da Lei Hermética: “O que está embaixo é como o que está em cima, o que está em cima é como o que está em baixo”, o Microcosmo e o Microcosmo são idênticos em natureza mesmo se diferentes na manifestação. A observação dos fenômenos celestes não pode não ser conectada com os acontecimentos sobre a Terra.

O Eclipse do próximo dia 8 de novembro acontece no Eixo Touro/Escorpião, ou seja, o Sol encontra-se no signo de Escorpião e a Lua no signo de Touro. Isso coloca o foco na necessidade de transformarmos as formas com as quais nos apegamos às coisas e, para obter segurança, tentamos manipulá-las e controla-las.

Quando olhamos o céu como Cosmo-analistas, podemos fazer muitas analogias que nos são úteis e nos ajudam em nossa evolução espiritual.

No dia 8 de Novembro acontece um fenômeno raríssimo que fará com que, no momento do eclipse, além da oposição do Sol e da Lua irão se conectar automaticamente mais quatro planetas: Saturno, Marte, Júpiter e o Quiron (Obs: este não é um planeta mas deve ser considerado como tal por formar a conexão de uma das Pontas da Estrela à qual nos referimos. Para saber mais sobre o Quiron veja o texto no nosso site – link no final deste artigo).

Os planetas envolvidos nesse fenômeno são todos Planetas Pessoais, ou seja, não estão envolvidos nessa Grande Estrela os planetas exteriores: Urano, Netuno e Plutão. Isso nos dá uma grande chance de trabalharmos essa energia como indivíduos, seja no micro que no macro, cada um na sua própria individualidade. A energia irá nos beneficiar como pessoas e como grupos ou como nação.

Quando se considera o Quiron com toda a simbologia analógica a ele relacionada, os dois Grandes Trígonos se entrelaçam formando a Estrela de Davi, ou Selo de Salomão, Grande Estrela de Seis pontas, ligando entre si dois elementos da natureza: a Água e a Terra.

O Trígono da ÁGUA é o trígono receptivo, que se abre para cima como uma taça para receber o orvalho celeste; o trígono da TERRA é um trígono receptivo no sentido de guardar e dar abrigo ao orvalho recebido para que ele alimente as sementes e as fertilize. Os dois elementos são tidos como FERTEIS pela astrologia. De uma certa forma são dois elementos de receptividade e retenção o que nos obriga a pensarmos de que forma nós trabalhamos individualmente essas duas características na nossa própria personalidade.

Vejamos as posições dos planetas:

Sol = 16º de Escorpião = Elemento Água
Lua = 16º de Touro = Elemento Terra – conjunta ao Nó Lunar R ou Cauda do Dragão.
Marte = 10º 34 de Peixes = Elemento Água = A órbita considerada com a Lua é de 6º.
Júpiter = 14º de Virgem = Elemento Terra
Saturno = 13º de Câncer = Elemento Água
Quiron = 14º de Capricórnio – conjunto com a Roda da Fortuna

O Sol se opõe à Lua e forma um trígono com Saturno e Marte e um sextil com o Quiron e com Júpiter.
Marte se opõe à Júpiter e forma um trígono com o Sol e Saturno e um sextil com o Quiron e com a Lua.
Saturno se opõe ao Quiron e forma um trígono com o Sol e Marte e um sextil com Júpiter e com a Lua.
Cinco planetas são masculinos e a Lua feminina.

Podemos ver que, além dos dois grandes trígonos teremos também duas grandes oposições: do Sol e da Lua, de Marte e Júpiter.

O Sol e a Lua são chamados de Luminares, ou seja “doadores de Luz”. Do Sol emana a Luz direta, da Lua a Luz refletida. Mostram a dualidade dentro da personalidade do ser humano, o animus e a anima. Marte e Júpiter são planetas de ação e sua oposição nos indica a necessidade de considerarmos nossos impulsos instintivos sob a ótica da ética e da moral.
Marte termina a conquista do caminho que perdeu durante a sua retrogradação (a 10º-7 de Peixes), abrindo o espaço para uma nova caminhada, um novo impulso e uma nova ação.

Mercúrio (apesar de não envolvido no aspecto) muda de grau enquanto acontece o eclipse, o que demanda uma especial atenção de nossa mente e uma necessidade de buscar a comunicação entre as pessoas. Mas isso pode nos indicar também que não devemos raciocinar, mas sim “sentir”, deixar falar nossa intuição ou mente superior.

Outras considerações sobre esse fenômeno excepcional:
O Sol está em conjunção com a Estrela fixa ACRUX da Constelação Alpha-Crux (ou Cruzeiro do Sul) que tem analogia com o planeta Júpiter
A Lua está em conjunção com Hamal e Menkar, duas Estrelas fixas da constelação de Touro. Hamal tem a energia de Saturno/Marte e Menkar tem a energia de Vênus.
Marte está em conjunção com a Estrela Archenar da Constelação de Peixes e tem analogia com a energia de Júpiter.
Júpiter está em conjunção com Denebola, da constelação de Virgem, estrela com energia de Saturno/Vênus.
Saturno está em conjunção com a Estrela Sírius, da Constelação Alfa-Grande Cão, e tem analogia com Júpiter/Marte.
Quiron está em conjunção com a estrela Vega, da Constelação Alfa-Lira, e tem analogia com Vênus/Mercúrio.

Cada um desses Planetas possui energias próprias, qualidades e defeitos que podem e devem ser analisadas detalhadamente. Para conhecer as analogias de cada Planeta veja no site os artigos sobre os Planetas.

Sabemos que a Estrela de Seis Pontas possui um significado místico muito profundo que se perde para trás nos tempos, e não é especificamente ligada a nenhuma religião. Pitágoras usava esse símbolo como sendo o símbolo da Grande Harmonia. Apesar de nos termos familiarizado com ela porque ela é o símbolo do judaísmo, suas fontes são muito mais remotas, já que desde a época dos Egípcios existem desenhos similares. Pitágoras, o grande iniciático Grego, também considerava esse símbolo para figurar o entrelaçamento das forças masculinas e femininas.Vemos então que está se delineando no Céu, nesse dia excepcional, uma grande Concordância Harmônica que nos abre uma oportunidade ímpar de entrar nessa grande energia através desse portal que irá se abrir no momento em que a Lua irá desaparecer para entrar na sombra da Terra. Neste piscar de olhos, a Terra abre seu ventre para as energias planetárias e ingressa numa nova Era de energias cósmicas e evolutivas.

Esse acontecimento nos oferece uma oportunidade excepcional e incomparável para que possamos fazer uma grande corrente de energia para entrar nessa corrente que indica a abertura de um Portal Cósmico capaz de ajudar a Terra em seu caminho de Evolução.

No Calendário Maia o Eclipse está indicado como sendo um realinhamento necessário para a humanidade em seu ciclo natural de experimentação evolutiva. Assim estaremos tentando modificar o curso do ciclo que está nos levando, segundo os Maias, a nos estatelarmos contra o muro da necrosfera em 2012 se nada for feito para modificar o curso das ações da humanidade.

Na astrologia tradicional podemos usar simplesmente a analogia que nos foi ensinada por Hermes Trismegisto e assim nos alinharemos, juntamente com milhares de grupos e outros seres humanos ao redor da Terra, numa comunhão única e ímpar de direcionamento planetário. Analisando o significado de cada planeta em seu Mapa Natal e procurando compreender como cada uma dessas energias estará agindo sobre você, você já estará fazendo um grande passo para frente no caminho de sua evolução espiritual.

As pessoas que estão conscientes dessa energia de mudança que nos abrirá um grande Portal Cósmico estarão se reunindo em grupos, ao redor do mundo para efetuar peregrinações e cerimônias que os sintonizarão como UM ÙNICO SER, no intuito de elevar o espírito da humanidade e despertar a consciência de todos. As cerimônias simultâneas formarão uma grande corrente energética que será capaz de modificar o rumo da humanidade. Precisamos acreditar nisso com todas as nossas forças!!!

O pessoal do Somostodosum irá preparar um Grande Ritual ao qual todos poderão participar. Estaremos nos reunindo no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, no dia 8 de novembro de 2003, à partir das 20 horas, tendo como ponto de encontro o espaço embaixo da marquise.

Venham e tragam incenso, flores, e frutas. Participem conosco dessa grande comunhão espiritual.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


Leia Também

O Quiron


graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. Conheça meus serviços on-line
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Astrologia clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa