auravide auravide

Como faço para melhorar o meu relacionamento?


Essa é uma pergunta bem frequente no meu consultório. De fato as pessoas não me procuram somente para obter informações sobre assuntos financeiros, profissionais ou por autoconhecimento e saber mais sobre sua missão e evolução espiritual. Um tema persistente e comum a todas as pessoas é aquele dos relacionamentos pessoais.
Como dizia Jean Paul Sartre, filosofo francês, "O inferno são os outros"! Mas será isso verdade?

O ser humano não pode viver sozinho, isolado do mundo exterior. O ser humano é um ser social e sociável. Pelo menos assim deveria ser. Ele nasce de uma mãe com a qual estabelece os primeiros laços emocionais que o influenciarão durante toda a sua vida. Em seguida, nos primeiros anos de vida que são notoriamente os mais importantes para programar nossos sentimentos e nossas emoções, irá aprender a desenvolver relacionamentos saudáveis com o mundo exterior e com os outros seres humanos. Em Astrologia, é o nosso satélite o responsável por essa programação emocional e, em Astrologia Cabalística, consideramos a Lua como a "formadora do Ego", da nossa autoimagem, de nosso padrão de respostas emocionais. Examinando a posição da Lua, o signo onde ela se encontra, a Casa Astrológica onde ela se manifesta, os aspectos que ela forma com os outros planetas do Mapa Natal, o astrólogo forma um quadro emocional do seu cliente e pode orientá-lo para ajudá-lo a reconhecer e eliminar todas aquelas "emoções tóxicas" que impedem a sua felicidade.

Eu considero "emoções tóxicas" aquelas que são originárias do medo e que impedem um relacionamento harmonioso com os nossos semelhantes ou mesmo com os animais ou vegetais, ou seja, com o mundo exterior. Os efeitos colaterais do medo promovem atos de autossabotagem que impedem a felicidade e a realização pessoal. Voltamos, então, aos primeiros anos de vida, ao nosso relacionamento com nossa mãe, ou na falta dessa, com aquele ambiente familiar onde o bebê é acolhido ao nascer. O medo de não ser amado é o primeiro veneno que o pequeno ser humano ingere, e isso depende da acolhida recebida.

Todos nós queremos ser amados, nutridos, afagados e acolhidos! Nessa fase da primeira infância, que vai de zero até os sete anos, momentos da primeira quadratura da Lua com ela, mesmo em seu movimento imaginário sobre o mapa, criamos os mecanismos de defesa necessários para esconder nossos instintos básicos negativos que, a nosso ver, podem impedir essa acolhida. Queremos nos inserir dentro do núcleo familiar. Depois queremos ser inseridos dentro do núcleo escolar, e posteriormente do social, fazendo parte do grupo como acontece na adolescência, quando desejamos nos identificar com um grupo de amigos para ser acolhidos. É o sentimento de "pertencimento" que afasta nosso medo e espanta a solidão! Sentimo-nos amados.

Para que esse pertencimento aconteça, procuramos esconder nossos defeitos, nossas imperfeições e nossa vulnerabilidade. A família nos pede provas para que possamos ser amados e aceitos. Precisamos ser "bonzinhos", comportar-nos bem na escola, aprender e passar de ano, não envergonhar nossos pais com atitudes antissociais etc.. Muitos grupos de adolescentes, e mesmo de adultos, pedem-nos uma prova de coragem para o ingresso no grupo. Começamos então a aprender que, se queremos ser aceitos, devemos esconder nosso lado sombra, nosso lado inaceitável pela sociedade. E, então, surgem os monstros chamados "medos"! Eu parto da premissa que o condicionamento social muda para cada um de nós pois depende da família onde nascemos, da condição econômica, social e cultural, do nível de escolaridade e também das experiências vividas enquanto crescemos. Portanto, nem todos nós desenvolvemos os mesmos medos. Porém, existem alguns medos comuns, como aquele da pobreza ou o medo de não conseguir um parceiro amoroso que nos faça felizes, por exemplo. Citando Debbi Ford, autora de vários livros de autoajuda, saliento que "o medo é o ingrediente ativo que arma as nossas emoções, antes saudáveis, com um poder explosivo que acaba inevitavelmente levando à autodestruição"! A autodestruição pode ser exterior, quando é manifestada na raiva e na violência, ou interior, quando é manifestada em atos de autossabotagem. Acrescento que nossos medos precisam ser identificados e aceitos para encontrarem formas saudáveis de serem expressas e digeridas.

É por causa desse nosso medo de não ser aceitos que temos tanta dificuldade em construir relacionamentos saudáveis e duradouros! De forma a poder eliminar completamente as emoções tóxicas que solapam nossos relacionamentos pessoais, sejam eles profissionais, familiares ou amorosos, devemos primeiramente obter uma percepção consciente das causas que estão por trás da raiva, da tristeza, da mágoa, da falta de estima, da sensação de fracasso pessoal. Portanto, a primeira coisa que devemos fazer é nos conhecer e para que façamos isso podemos utilizar a Astrologia. Nenhuma outra ferramenta é tão eficiente e rápida no autoconhecimento! O Mapa astral fornece uma imagem exata de nossa personalidade e desvenda todos os mistérios de nossa natureza emocional. Além do autoconhecimento, podemos obter um alívio imediato com a EFT* - Técnica de Libertação Emocional - que nos ensina a eliminar os medos que impedem a nossa felicidade. Essa técnica baseada na acupuntura chinesa e também chamada de "acupuntura sem agulhas", detecta as emoções tóxicas e as elimina, uma por uma, e de forma definitiva. Por último e para um alívio imediato (especialmente se alguma doença ou energia negativa exterior já se instalou na sua vida) pode ser usada a Mesa Radiônica que tem como base a Radiestesia e usa a geometria sagrada para formar "astrosomas" libertadores com a ajuda do plano divino.

Então, caro leitor, você também pode melhorar seu relacionamento amoroso e obter relacionamentos sociais e profissionais saudáveis se eliminar essas emoções tóxicas de sua vida! Aproveite essa energia do signo de Libra ou Balança, signo regido por Vênus, para conseguir amor, harmonia, afeto e felicidade em seus relacionamentos!

Pesquise as Promoções de atendimento no SOMOSTODOSUM! Para obter mais informações sobre minhas consultas entre em contato por email [email protected] ou pelo telefone no 11-3876-6127 (horário comercial). Me siga também no Facebook em Graziella Somaschini Marraccini. Você pode me enviar seus comentários, vou adorar receber!


Que a Luz do Criador desça sobre nosso planeta para que reine a Harmonia, a Tolerância, a Paz e o Amor! Rezem pela Paz mundial. Uma boa semana a todos!

São Paulo, 8 de outubro de 2014


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. Conheça meus serviços on-line
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Astrologia clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa