Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Mude o que pode ser mudado

por Graziella Marraccini
Mude o que pode ser mudado
Publicado dia 05/08/2020 00:01:40 em Astrologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Vivemos num mundo em crise. Não há como negar. Assistimos diariamente na mídia notícias de atentados, atos terroristas, violência urbana, para não falar das catástrofes naturais e da miséria que assola algumas regiões do mundo. E por mais que o governo brasileiro tente mascarar os acontecimentos desviando a atenção dos cidadãos, nosso país também está sendo atingido pela crise mundial. Isso é um fato. Chega de euforia. Chegou o momento de encararmos a verdade.
No entanto, o Cosmo nos avisa: sopram ventos de mudança! As coisas estão mudando ao nosso redor, graças a movimentos pouco perceptíveis pelas massas, mas existem nos meios mais espiritualizados e esses movimentos podem criar um verdadeiro turbilhão que expandirá para sempre a Consciência Universal do nosso Planeta. Porém, existem pessoas insensíveis, não é? Pessoas que se agarram ao status quo e não querem mudar seus conceitos e seus valores. Mas esse não é o caso dos leitores do STUM que estão super conectados com essa energia positiva que os colaboradores do nosso portal procuram transmitir há anos, semana após semana!

Porém, dirão vocês, o que devo mudar, e como devo mudar? Como posso enfrentar toda essa turbulência senão através do autoconhecimento? A meu ver, precisamos ser pró-ativos, para que em vez de vítimas, sejamos co-autores dessa grande transformação.

No artigo da semana passada, iniciei uma reflexão sobre o trânsito que Saturno fará no signo de Escorpião, a partir do mês de outubro de 2012. Se Escorpião é o signo relacionado com a morte e se Saturno é o significador do Carma, não seria este o momento do tão anunciado "fim do mundo"? Eu acredito que o mundo não será mais o mesmo depois desse trânsito. Porém, a transformação será feita aos poucos. Aliás, ela já havia sido iniciada há alguns anos, primeiramente, quando Plutão ingressou em Capricórnio (signo regido por Saturno) em 2008, com o colapso do sistema econômico mundial em vigor, depois com o ingresso de Urano em Áries em 2010 conectando o planeta numa rede de informações imediatas capazes de criar sintomas de ansiedade e insegurança em todo mundo. E agora com o ingresso de Saturno em Escorpião, teremos o quadro completo: nunca mais a humanidade será a mesma! Esses fenômenos cíclicos acontecem desde a antiguidade, mas nunca a humanidade assistiu isso "em transmissão direta e ao vivo" a tamanha destruição!

Saturno ingressa no reino de Plutão e o fato desses dois planetas trocarem de lugar, (ou seja, entrarem um no território do outro) é chamado em Astrologia de mútua aspectação. Podemos dizer que um planeta vai examinar o que está sendo feito na casa do outro? Ou que eles, os planetas, irão se ajudar mutuamente para melhor arrumar a casa? Fazer faxina? Esse pode ser o efeito final. Apesar de que Plutão levará muito mais tempo na casa de Saturno e fará sair ainda muita m.... que andava escondida por debaixo dos panos! O mundo será obrigado a promover grandes transformações de modelos econômicos e sociais para eliminar a pobreza, a fome e a miséria que assolam o planeta Terra. Os modelos atuais da civilização ocidental estão desmoronando! Os modelos orientais, mais espiritualizados, virão pouco a pouco se integrar e se amalgamar, ajudando-nos a efetuar essas transformações. Devemos lembrar que Escorpião é o signo oposto a Touro e este tem relação com os bens materiais correspondendo à Casa II do zodíaco.

A meu ver, o ingresso de Saturno em Escorpião vai provocar uma enorme tomada de consciência do ser humano sobre os valores materiais versus espirituais. Se Saturno é o Senhor do Carma e representa tudo aquilo que consideramos com prudência e com responsabilidade, possivelmente promoverá uma tamanha onda de mortandade coletiva, (terremotos, cataclismos, destruição em massa, etc.) que seremos obrigados a encarar de frente o medo da morte. Os países 'tradicionais' como a Europa já estão enfrentando esse medo seja por causa de catástrofes naturais, seja por problemas monetários. Por isso, quando falo de morte, não entendo somente a morte física, a morte da matéria, mas a morte de tudo em que acreditamos, daquilo que valorizamos, ou seja, a morte do espírito! Precisamos modificar nossos valores e nossas crenças, porque o signo de Escorpião que corresponde à Casa VIII do zodíaco, é significador de morte, de controle, de poder e de sexo. Do sexo nasce a vida, a vida tem a morte como consequência e a transformação da matéria física dará liberdade ao espírito. Esse é o ciclo escorpiniano: a Fênix renascendo das cinzas!

A classe política conhece muito bem o poder de Plutão já que é deste poder que ele usa abusivamente quando ingressa naquele saco de víboras que são os três poderes governativos!
Mas, falando em víboras, muito me chamou a atenção o fato da exposição do mestre italiano Michelangelo Merisi, dito O Caravaggio ter chegado ao Brasil, saindo pela primeira vez da Itália, bem neste perturbado período de eleições, e quando o julgamento do mensalão enche nossos noticiários! Caravaggio (nascido em 29 de setembro de 1571) era libriano, mas tinha Saturno e Mercúrio em conjunção nos primeiros graus de Escorpião. Não é por acaso que a morte sempre esteve presente em seus pensamentos! Aquela forma dramática de pintar, em cores obscurecidas e traços definidos, e que revolucionou a pintura da época, tem tudo a ver com esse seu pensamento obsessivo com a morte. Aliás, seu histórico de vida também é bem violento e é cercado de episódios de morte, mas isso não vem ao caso. Na exposição, veio o famoso quadro La Medusa.

Ao observar essa dramática pintura na mostra do Caravaggio, atualmente no MASP de São Paulo, veio-me, subitamente, esse aspecto planetário "Saturno em Escorpião". Na pintura do São Gerolamo, existe um outro indício: a meditação do Santo sobre a morte, com uma caveira na mão. A Medusa, na mitologia grega, era um monstro (uma das irmãs Gorgones e a única a ser imortal). Segundo o Mito, Poseidon (Netuno) havia se apaixonado por ela quando era ainda muito jovem e bela. Ele a seduziu ou estuprou (não se sabe bem) no templo de Atena e esta, profundamente ofendida pelo fato, transformou a bela jovem numa horrenda criatura com mãos de bronze, corpo recoberto de escamas e com cabelos transformados em serpentes. Além disso, ela recebeu o poder de transformar em pedra (Saturno) todos aqueles que a olhassem diretamente nos olhos!Segundo a lenda, Perseu conseguiu lhe cortar a cabeça ao fazê-la mirar-se no seu escudo que ele havia lustrado até parecer um espelho. O horror desta visão foi retratado admiravelmente por Caravaggio. Se pensarmos no mito, podemos compreender o quanto nós, seres humanos, temos medo de encarar nossos horrores mais íntimos, aqueles instintos reprováveis que rechaçamos no mais profundo de nossa psique porque não são aceitos pela sociedade onde vivemos. Raiva, frustração, ódio, rancor, são o revés do amor, da satisfação, do perdão e da plenitude. A raiva nasce da frustração de não conseguir alcançar aquilo que desejamos profundamente.

Pois é, caros leitores e leitoras, é chegado o tempo de encarar nossos medos com mais responsabilidade! Não podemos mais ignorar que essa civilização que se diz evoluída e que pretendeu e pretende oferecer 'a felicidade' ao ser humano, falhou completamente! Não podemos mais ignorar que nossa sociedade que através da mídia estimula os jovens a comprar uma felicidade fácil e imediata, através dos bens de consumo desenfreado, não conseguiu a não ser gerar frustração, violência, ódio e raiva! Precisamos mudar os valores. Precisamos resgatar aquela tradição (Saturno) que nos ensinava o respeito ao trabalho, à honestidade, à família e que nos ensinava que precisamos ser responsáveis por nossos atos se desejarmos viver uma vida plena e feliz. A felicidade não pode ser comprada num shopping, empacotada com laços coloridos e com o cartão de crédito! E tampouco pode ser afastada de nossa mente com pílulas ou 'farinhas' milagrosas! Não, caros leitores, precisamos encarar a verdade, por mais que ela nos assuste. Os nossos medos precisam ser encarados de frente, com coragem e determinação.

Vocês sabem como termina a lenda da Medusa? Da cabeça dela, cortada por Perseu, nascem os dois filhos, Pégasus e Crisaore, que haviam sido gerados pelo estupro! Pégasus é o mais famoso dos cavalos alados, e nos lembra que podemos criar asas e voar quando enfrentamos com determinação nossos próprios medos! Crisaore, no entanto, era um gigante de índole ruim -invejoso da beleza de Pégasus- e com sua espada ele matou muitos homens. Portanto, caros leitores, temos escolhas a fazer. Com quem você quer parecer? Quer superar os medos e aprender a voar livre ou quer descarregar sua raiva e frustração causando estragos ao seu redor? Você escolhe!

E, finalmente, lembrem-se que todos os seus atos terão consequências! Segundo as Leis Herméticas (ou Leis da Sabedoria) e, em particular, a Sexta Lei (que fala da Causa e Efeito), tudo o que pensamos se traduz em ações e estas moldam nosso futuro, ou seja, a nossa vida! Pense bem e reflita em que área de sua vida você precisará fazer as maiores transformações nos próximos dois anos e meio. Prepare-se para agir com responsabilidade e não tenha medo pois somente quem age com coragem e determinação conseguirá superar esse momento de provação.

Lembro que se desejarem uma análise completa e personalizada de seu Mapa Astral com Previsões anuais, podem obter maiores informações no meu site pessoal: link
Caros leitores e leitoras, desejo-vos uma semana cheia de Luz, de Sabedoria e de Amor.

São Paulo, 19 de setembro de 2012



estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Leia Também

As sete leis da sabedoria - Parte 6




Sobre o autor
graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. grabnn Atende em seu consultório em SP com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa