auravide auravide

Você disse `eu te amo´ hoje?


Acredito piamente que o maior problema do ser humano é a falta de amor. Cada vez me convenço mais que sem amor não podemos viver e precisamos recebê-lo e doá-lo para sermos felizes. Falei ‘doá-lo’ sim, porque quando damos algo sempre estamos subentendendo que queremos também algo em troca e, em matéria de amor, não podemos fazer esse tipo de cálculo! Não damos mas doamos.

Eu era muito jovem, recém casada, e nem havia engravidado ainda, mas já lia artigos sobre crianças nas revistas femininas. Uma vez li uma reportagem em que um psicólogo explicava que a Nestlé da Suíça, para fazer uma experiência, havia montado uma lindíssima creche com instalações de primeira, enfermeiras especializadas, pediatras e nutricionistas e onde o seu leite em pó estaria sendo administrado aos bebês carentes ou abandonados. Ao mesmo tempo, o mesmo leite, seria doado a mães carentes – e que não podiam alimentar seus filhos com leite materno, para que o usassem na alimentação de seus bebês em suas casas. Naquela época era ‘moda’ não dar o peito para os filhos (que loucura!). Bem, no final da pesquisa, após meses de observações, percebeu-se que os bebês mais bonitos e mais saudáveis, aqueles que haviam ganho mais peso, não eram aqueles que haviam sido criados no ambiente esterilizado e impecável da nursery da Nestlé, mas aqueles que haviam sido alimentados, mesmo em mamadeiras, mas no colo da mãe! O amor os havia alimentado.

Quando uma criança nasce ela deve ser alimentada com o leite materno, ou em casos excepcionais com leite industrializado ou outro substituto, mas principalmente ela deve ser alimentada com o amor incondicional para crescer feliz e saudável. Então, porque à medida que crescemos somos tão pão duros em matéria de doar amor? Vejam bem, não estou falando de amor no sentido físico da paixão, da atração, do sexo. Estou falando do amor puro, do amor universal, aquele que brota espontaneamente do coração e jorra sem controle, somente para extravasar, somente pelo prazer de se doar! Porque, sempre que pensamos em doar algo, pensamos também em receber algo em troca, pensamos também se essa pessoa merece nosso amor, fazemos cálculos e mais cálculos como se nosso amor fosse mercadoria. E então estragamos tudo. Deus não é assim, e, graças a ele, muitas pessoas que eu conheço também não são assim e é a eles que eu digo EU TE AMO!

Sempre que me deparo com esse tipo de amor puro e incondicional eu me emociono. Pessoas que mal conheço me escreveram expressando palavras de solidariedade pela minha dor, amigos me ligaram para perguntar como eu estava me sentindo e oferecer palavras de carinho, outros, mesmo apenas conhecidos, apareceram até pessoalmente para me dar um abraço de conforto! E eu me senti amada, muito amada e agradeci Deus por todo esse amor que recebi. Por essa razão hoje agradeço vocês e digo, sinceramente, que me sinto muito feliz em poder fazer parte dessa maravilhosa comunidade que é o STUM e de possuir tantos amigos a quem posso dizer EU TE AMO.

Procuro continuar dando todos os dias um pouco do meu amor a vocês, meus leitores, através de meus artigos e através do horóscopo e das orientações que escrevo sempre, semanalmente, mesmo nos piores momentos de minha vida, e mesmo quando não sinto vontade de fazê-lo. E o faço por vocês, como um ato de amor, pois eu sei que muitos estarão esperando esses artigos juntamente com o boletim da semana do STUM. Eu expresso simplesmente minhas reflexões sobre os fatos da vida, sob minha ótica pessoal, com a formação de uma consultora em astrologia, e procuro orientar vocês, caros internautas, indicando quais as influências positivas ou negativas que eventualmente estariam agindo em suas vidas. Faço o melhor possível, creiam-me, e o faço com amor e isso me gratifica. Meu trabalho no consultório precisa ser remunerado, e isso me parece justo, mas todos os dias respondo inúmeros e-mails onde ofereço gratuitamente conselhos e palavras de apoio, orientando e confortando as pessoas que me escrevem. Como os outros colaboradores do STUM, também torno conhecido o meu trabalho e viso também o meu sustento, porém, creiam-me que é sobretudo com o coração cheio de amor que eu sento no computador todas as segundas feiras, buscando inspiração nos astros para escrever!

Então, essa semana, quero simplesmente perguntar a vocês: Já disseram “eu te amo” a alguém hoje? Já disseram a seu filho ou filha, seu pai ou mãe, seu irmão ou amigo? Já disseram ao seu vizinho, aquele que bate sempre à sua porta pedindo socorro? Então digam! E não esperem, pois este é o momento de semear amor!

O Sol ingressa em Escorpião no dia 23 de outubro, e, apesar deste signo não ser propriamente ligado ao amor, ao pronunciar essas palavras “eu te amo” estaremos efetuando uma grande transformação em nossa vida. É claro que o signo de Libra - que possui como regente Vênus - seria mais apropriado para a palavra “amor”. Mas Escorpião é intenso e forte e nos permite efetuar um verdadeiro renascimento em nossas vidas para transformar o ódio em amor, a indiferença em amor, o desprazer, em amor! Escorpião é o signo da roda do eterno renascimento! Então, aqueles que não têm o hábito de dizer essas pequenas palavras mágicas “eu te amo” podem começar a fazê-lo a partir de agora. Todos os dias. Escolha uma pessoa próxima, escolha um amigo, escolha seu bichinho de estimação, não importa quem, mas digam, pelo menos uma vez por dia “eu te amo” de maneira sincera! Vocês verão os milagres que estas pequenas palavras podem fazer acontecer: parece que o Sol brilha mais forte, o céu fica mais azul, o verde das arvores fica mais intenso quando abrimos nosso coração ao amor. Sabem por quê? Porque a LUZ divina desce sobre as coisas que amamos e as torna mais belas, conseqüentemente, nós também nos tornamos mais belos aos olhos de Deus.

Porém, devo reconhecer que é muito difícil sentir amor por todos aqueles que nos rodeiam. Afinal, não somos santos, dirão vocês! Pois é, mas é muito fácil amar aqueles que nos amam e é muito difícil amar aqueles que nos maltratam, que nos odeiam, que nos atrapalham a vida. Mas é desse amor que Deus é feito. Ele nos ama a todos indistintamente, mesmo quando erramos, quando nos desanimamos, quando damos com os burros n’água, quando nos afastamos dele, Ele nos inunda com sua Luz para nos ajudar a levantar e a nos transformar.

Se pudermos dar uma palavrinha de amor e de apoio para uma pessoa que nem ao menos nos é simpática, se pudermos pegar o telefone para fazer as pazes com aquele com quem nem queremos mais falar, creiam, sentiremos um grande alivio no coração e nos sentiremos preenchidos com a Luz divina. A sensação é maravilhosa e ela nos servirá para começar a fazer a grande transformação de que precisamos em nossa vida. Aproveitem o fluxo energético do Sol em ESCORPIÃO e peçam a ajuda do Gênio Cabalístico de nº 30, OMAEL para efetuar essa transformação. O salmo para oração é o de nº 70.



O versículo 6 deste salmo diz: ”Já no ventre materno me apoiava em ti; no seio materno tu me sustentavas: Sempre confiei em TI”. Não é lindo? O amor divino nos alimentava no ventre materno! Este nome divino forma uma ponte entre nós, o amor de DEUS e todas as suas criaturas.

Uma boa semana a todos!
São Paulo, 16 de outubro de 2007



estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1




graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. grabnn Atende em seu consultório em SP com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa